Resident Evil 2 revitalizou o horror com uma onda de remakes sem igual

A indústria dos videogames evolui e segue tendências. E às vezes coisas que amamos param de ser publicadas, enquanto outras viram verdadeiras modas. Lembram de como Minecraft fez surgir inúmeros jogos de modelar o mundo? Ou como PUBG empurrou a moda dos Battle Royales? Mas o contrário também acontece e de vez em quando um gênero tem sumiço brusco. E assim foi com o horror em jogos Triplo A, que acabou sendo um gênero abraçado por indies, bom, ao menos até Resident Evil 2 mostrar sua força com um remake.

A era de ouro do terror nos videogames aconteceu na segunda metade dos anos 90, com Resident Evil 1, que deu aquele empurrão pra várias outras obras como Silent Hill, Galerians, Dino Crisis e até algumas que já existiam, mas receberam mais destaque, como Alone in the Dark e  Clock Tower. Porém a evolução da indústria acabou fazendo os títulos sumirem ou irem para o lado da ação.
E claro, os próprios fãs começaram a fazer suas próprias homenagens. Notando isso, a Capcom cancelou projetos de fãs para Resident Evil 2 e ela mesma resolveu fazer. A coisa foi uma aposta para ver como o mercado reagia. E foi um verdadeiro sucesso monstruoso, tanto pela qualidade em atualizar algo, apresentando uma jogabilidade mais moderna, com o bom gosto em modificar coisas, mas ao invés de deformar completamente a coisa, aprimorar.

Além disso abrir as portas para a própria Capcom continuar fazendo remakes da saga, também despertou a empolgação do mercado pelo horror, fazendo remakes, sequências e continuações espirituais. Decisões inusitadas como a Konami anunciando um remake de Silent Hill 2 e finalmente vermos um remake do primeiro Alone in the Dark animou muita gente.
Isso sem contar com a vinda de jogos extremamente semelhantes, como o remake de Dead Space 1 ao mesmo tempo que o criador do jogo original trabalhava em sua sequência espiritual que facilmente se confunde com o mesmo universo, o atmosférico The Callisto Protocol, que começou como um mero spin-off de PUBG e virou algo gigante.

E claro que a comunidade se sentiu grata com o retorno, especialmente porque abriu um leque grande para todos os gostos, indo desde coisas mais voltadas para o sobrenatural, até as focadas na ficção científica. E você, ficou empolgado com a onda que Resident Evil 2 despertou? Atualmente dá pra pegar uma key da steam ainda mais barato na Green Man Gaming, confira:

KEY DA STEAM DE RESIDENT EVIL 2 NA GMG BARATINHA

 KEY DA STEAM DE RESIDENT EVIL 3 NA GMG BARATINHA

(DICA: Fica de olho nos CUPONS DE DESCONTO que costumam aparecer na página inicial da GMG frequentemente! O preço cai muito!) 

Postar um comentário

0 Comentários