Motivo de "A Casa do Dragão" ter a mesma música de abertura de "Game of Thrones"

Uma coisa que conseguiu marcar bastante a série Game of Thrones, foi a sua abertura. No entanto, com a vinda do spin-off "House of the Dragon", uma série de reclamações foram feitas pelos fãs ao utilizarem novamente a mesma música. Mas claro que isso não aconteceu por acaso, e quem se manifestou para explicar, foi o próprio compositor, Ramin Djawadi, que decidiu explicar.

Assumo que eu estava no grupo dos que odiaram isso. O motivo é que se esforçaram tanto para fazer outra série, com outra fotografia, apresentando centenas de anos antes na história, e eu esperava mesmo uma personalidade própria. Mas achei não apenas ruim a mesma música, mas também a abertura por completo, que me pareceu pouquíssima criativa.

Em Guerra dos Tronos tivemos aquela ideia maravilhosa de fazer um tipo de maquete mecânica do universo de Westeros, com modificações que iam acontecendo em cada episódio dependendo do que era apresentado. E a música incrível tinha um toque todo próprio que fez a coisa naturalmente ter uma personalidade própria.

Por outro lado, "A Casa do Dragão", apesar de também ter toda uma simbologia, me pareceu pouco criativa, com aquele sangue correndo por um verdadeiro labirinto em ambientes nada marcantes igual à série anterior, já que é tudo praticamente igual. E a música de Game of Thrones junto pareceu ser tipo "A preguiça já foi demais pra fazer isso e ainda vamos ter que criar uma música nova? Ah... Só recicla essa bagaça, vai!", e tacaram. Mas segundo o compositor, Ramin Djawadi,o motivo foi:

“Sempre olhamos [a abertura original de Game of Thrones] como um tema abrangente que conecta todos os personagens, suas jornadas e as aventuras deste universo. Por isso, achamos que seria apropriado conectá-lo ao tema principal [de A Casa do Dragão]”

E aí, acharam a desculpa boa? Infelizmente assumo que não me convenceu muito... Afinal isso não era pra ser a nona temporada de Game of Thrones, e reciclando a trilha sonora, é o que me pareceu. Tem algumas obras que acho que cairiam bem de forma fantástica se fizessem isso. Por exemplo Berserk de 2016, eu acho que seria de arrepiar se eles tivessem utilizado a abertura de Berserk de 1997, mas o motivo é que é a continuação direta da história, então despertaria um ar nostálgico incrível de algo tão antigo que tinha voltado.

E inclusive eu sinto que foi esse o verdadeiro motivo de terem usado a música de novo, tentar despertar esse lado nostálgico de Game of Thrones em alguns fãs. Imagino que tenham conseguido com alguns, mas pelas reclamações, vejo que boa parte não sentiu nada nostálgico nisso, mas sim algo preguiçoso e desanimador, já que se a abertura de GOT era tão boa, como seria a nova? Bom... A sensação foi de que praticamente não tem nova!

Entendo que existe um charme na coisa ser ainda mais minimalista, mas nesse caso não conseguiu me conquistar, infelizmente... E vocês, o que acharam? Ficaram felizes com o resultado final da abertura e de terem reutilizado o que já tinham no banco de dados? Ou ficaram no time dos que não se sentiram muito felizes com o que a HBO entregou para a adaptação do livro Sangue e Fogo de George R.R. Martin?

Postar um comentário

0 Comentários