O jogo adulto que deu um susto nos usuários Nintendo eShop

Todo mundo sabe que a Nintendo tenta manter essa imagem de empresa família e vez ou outra aparece alguma coisa que indica que ela não gosta de vilência, sensualidade ou qualquer coisa que não seja family friendly. Apesar de tudo, vez ou outra deparamos com coisas completamente contrárias, como o lançamento exclusivo de Bayonetta 2 no Nintendo Wii U, que foi o dinheiro da gigante japonesa que fez acontecer. Porém um H3NTAI bem na página inicial do eShop conseguiu dar um susto na galera!

A verdade é que visual novels meio sensuais já acompanham de forma discreta o universo da Big N há séculos. Na época do Nintendo DS, por exemplo, tem vários jogos que com certeza a família tradicional não iria achar nem um pouco aceitável. Mas o negócio é que receberam tão pouco destaque, que ficou meio que em um "submundo" dos jogos disponíveis no mundo da Nintendo.
E esse estilo foi seguido em outras plataformas, incluindo o Nintendo Switch. Porém muitos usuários acabaram tomando um belo de um susto quando entraram na página inicial da loja e se depararam com um destaque para um jogo chamado "H3ntai Uni". Isso fez inclusive diversos jogadores chegarem a pensar que se tratava de uma exclusividade e seguiria a trajetória do primeiro jogo adulto sem censura da steam, com algo que não existia, passando a ser comum.

Porém realmente não é o caso. A verdade é que outros jogos já estavam disponíveis e o diferencial mesmo foi a exibição em massa da coisa. Isso que acabou sendo a real novidade e o público de jogos safados já acessava há tempos esse tipo de conteúdo. A maioria são de jogos do gênero Visual Novels, que são muito populares no Japão, mas que ganharam o mundo na última década.

No caso do jogo aí em destaque, o foco dele é quebra-cabeças e foi descrito pela desenvolvedora como um jogo que você consegue jogar com uma mão só e deixar a outra livre... Nem um pouco sugestiva a coisa, não é mesmo? Mas no geral a coisa é bem simplória, basicamente focado em meninas em poses para depravados. Confira também a limpa em jogos de exploração infantil que a Steam fez.

Postar um comentário

0 Comentários