Os jogos com exploração infantil banidos da steam

Desde que saiu o primeiro jogo adulto sem censura na steam, a atenção de todo tipo de gente foi chamada, e com a facilidade achar materiais ensinando a desenhar e ferramentas de criação de jogos do gênero visual novel sem precisar saber programar como o TyranoBuilder, não demorou muito para começarem a aparecer coisas cada vez mais cabulosas. E assim a Valve decidiu que era melhor não deixar a liberdade artística tão livre assim e passou a banir jogos com exploração infantil.



A treta começou quando apareceu aquele simulador de tiro em escola, que acabou sendo banido antes mesmo de ser lançado, o que gerou uma discussão sobre liberdade artística e a Valve decidiu que iria deixar as pessoas criarem o que quisessem, até mesmo conteúdo adulto explícito, com nudismo e tudo mais.

Algumas empresas queriam fazer isso, porém ao invés de adultos, acharam que com crianças era melhor, mas sabiam que não dava pra por assim. Então fizeram apenas uma mudança, colocaram na história que todo ali tinha mais de 18 anos e pronto, passaram a vender. Tudo tava indo normal até um certo tempo, porém a Valve viu que o negócio não tava pegando bem e decidiu enviar um presente de natal de 2018 pra essas empresas que foi retirar todo o conteúdo.

Um deles foi MaoMao, que a desenvolvedora se conformou rapidamente com a coisa e logo se manifestou na página do fórum (que fica ativo mesmo quando um jogo sai). Eles aparentemente estavam preparados pra coisa, pois disseram que iriam fazer uma versão do jogo com adultos, substituindo os modelos dos personagens.

Já a desenvolvedora de Cross Love não gostou nem um pouco quando recebeu a notícia e publicou isso no twitter: "Ei Steam, você poderia explicar isso pra gente? Não há nada no jogo que pode remotamente ser visto como tendo crianças, tem evento no jogo que literalmente encaixa a idade dos personagens como acima de 18 anos".

Outro jogo que foi chutado, foi o The Key to Home, esse pegava pesado na coisa, pois enquanto Cross Love tinham personagens que pareciam adolescentes e MaoMao usava visuais espalhafatosos. The Key to Home era uma menininha mesmo, descaradamente e extremamente bem desenhado. Esses só foram alguns entre vários outros jogos que foram retirados da plataforma, a maioria é de visual novels e naturalmente gerou discussões sobre a Valve estar fazendo algo certo ou não.

Postar um comentário

0 Comentários