Diretor de "Ambulância" disse que CGIs do filme "ficaram uma merda"

Normalmente as pessoas falam muito bem de suas próprias obras, afinal de contas precisam fazer publicidade, mesmo que não seja grande coisa. No entanto de vez em quando os próprios envolvidos acabam sendo muito sinceros em relação ao que acham, e Michael Bay desceu logo foi o cacete nos efeitos especiais de seu filme "Ambulância: Um Dia de Crime".

O diretor é bastante conhecido por ser viciado em cenas de ação extremamente exageradas com explosões cabulosas e também por seu gosto por efeitos práticos (Aqueles em que as coisas acontecem de verdade). E durante uma entrevista durante o lançamento, para a "Les Cinémas Pathé Gaumont", ele simplesmente soltou:
“Todas aquelas explosões e carros capotando são reais. Aquilo é tudo tranqueira de verdade. Parece muito perigoso e pode ser muito perigoso se você não souber o que diabos está fazendo. Há poucas cenas com tela azul [recurso utilizado para inserção de elementos digitais na pós-produção] no filme. Não tem muito CGI, mas alguns CGIs do filme ficaram uma merda. Tem cenas que eu não fiquei satisfeito, ok? Tudo bem.”
 
Originalmente lançado em 2005, o filme Ambulancen chamou a atenção do diretor, que decidiu fazer o seu remake americano em 2022 com Jake Gyllenhaal e Yahya Abdul-Mateen II. A história apresenta uma mulher que precisa de uma cirurgia urgente, mas seu marido não tem como pagar e portanto com a ajuda de seu irmão planejam um roubo que dá errado.
 
O diretor acaba sendo bastante exigente em relação a como as coisas precisam ser visualmente atraentes, sendo muito conhecido por ser o responsável por Transformers nos cinemas. E vez ou outra ele acaba chamando a atenção por alguma ação inusitada, como quando surtou e fugiu de uma apresentação da Samsung.

Postar um comentário

0 Comentários