O único bug de GTA: The Definitive Trilogy foi resolvido, segundo CEO da Take-Two

Você deve lembrar da lista dos Top Bugados de 2021, em que foram apresentados os jogos lançados mais quebrados, que estavam só o bagaço e geraram muita frustração. E claro que os jogadores não perdoaram, descendo o cacete descontroladamente. No entanto, teve alguém que gostou muito do resultado, Strauss Zelnick, o CEO da Take-Two (Empresa dona da Rockstar Games), que deu a polêmica declaração.
 
Em uma entrevista à CNBC, o CEO conversou sobre vários detalhes relacionados à sua empresa, e o assunto naturalmente acabou indo para o principal e mais badalado estúdio nas asas da gigante, a Rockstar Games. E também falaram sobre como foi o lançamento de Grand Theft Auto: The Trilogy. Foi então que ele fez uma declaração que mostrou que é uma pessoa bem confiante em seus produtos, pois disse:
 
"E com relação à trilogia GTA, esse não era realmente um título novo. Foi uma remasterização de títulos preexistentes. Tivemos uma falha no começo, essa falha foi resolvida. E o título foi ótimo para a empresa . Então, estamos muito animados!"
 
Antes do lançamento, a Rockstar se apressou em tirar os jogos originais da franquia, para que apenas as versões remasterizadas ficassem à venda. Isso gerou uma revolta da comunidade modder, já que a Take-Two sempre implicou pra não modificarem os jogos e uma nova versão viria zerada e com mais tretas ainda.
 
No entanto depois que foram lançados, a revolta com os bugs foi tão grande, que a Rockstar decidiu colocar os jogos de volta à venda e liberou gratuitamente para quem comprou a trilogia remasterizada, também pedindo para que se acalmassem enquanto ela arrumava o jogo para ficar um pouco mais jogável. E claro que isso gerou ainda mais gritaria.

Então, a declaração do CEO foi uma verdadeira surpresa, já que o jogo foi lançado a um nível tão bagaceira, que comentar sobre UM único glitch presente, foi algo que o povo ficou até sem saber o que pensar sobre o que ele estava falando.

Postar um comentário

0 Comentários