5 filmes de Terror Antológicos para maratonar no dia das bruxas

Anualmente quando chega o Dias das Bruxas, e as reações das pessoas são as mais variadas. Enquanto para muitos não significa nada, para outros a curiosidade leva a ler sobre a história da bruxaria, além de vários outros tipos de reações. E se você é aquela pessoa que o quer mesmo é se deitar e assistir a um filme, mas não quer ficar preso na mesma história até o final, filmes antológicos podem ser uma ótima opção! Então vamos a uma lista de filmes com várias histórias!

Um verdadeiro clássico, lançado em 1982, reunindo duas mentes que se destacam no horror. Stephen King, que ficou responsável pelo roteiro e George Romero na direção. A ideia do filme é fazer uma simulação da emoção de ler escondido uma revista de quadrinhos de terror quando se é criança durante os anos 60. E assim apresenta um garoto chamado Billy, que durante o Halloween, decide desobedecer os pais. O toque macabro é aconchegante e uma curiosidade é que lançaram a HQ no Brasil em edição de luxo.

Uma das antologias que mais ficou famosa e se destacou bastante entre os fãs de horror. Acabou sendo um atraente especial para quem gosta do gênero mockumentary. E uma das coisas que o faz ter esse destaque, é que como não tem um tempo de um filme completo destinado pra uma única história, não fica perdendo tempo naquela enrolação onde 80% dos filmes foca na correria e gritaria. Aqui as coisas precisam ser rápidas e vemos uma simulação de várias fitas VHS como se fossem filmes snuff (aqueles filmes reais de matança e tortura), porém com o diferencial de que se tem um toque sobrenatural ou com bizarrice tecnológica surreal. Como se tivesse um submundo por aí, apenas esperando para ser descoberto.

Esse divide opiniões! Para quem gosta de uma obra mais cult, com um visível toque indie diferenciado, pode se sentir em casa. No entanto é um filme realmente confuso e o foco dele é em ser intrigante, mas o preço que cobra é não dar uma explicação para os acontecimentos. Ou seja, se você não gosta de finais abertos, talvez odeie. Mas se é do tipo que gosta de uma bizarrice que no fim deixa aquele mistério. Esse é pra você! As histórias são ligadas através de uma estrada onde várias pessoas atravessam, mas acabam tendo que lidar com alguma bizarrice.
 
Também conhecido como "A Noite de Todos os Medos", ouso dizer que esse é um dos melhores filmes antológicos que já vi. Ele se passa durante o Dia das Bruxas, apresentando como diferencial o fato de que as histórias são todas entrelaçadas de uma vez, formando um pacotão de terror que é uma delícia de se assistir. Sendo assim, diferente das maiorias das histórias antológicas, essa usa personagens que aparecem em mais de uma, porém enquanto podem estar diretamente ligados à trama de uma, em outra podem apenas aparecer por acaso.
 

Esse é para quem realmente que muitas histórias, pois tem a inusitada proposta de pegar todas as letras do alfabeto e usar cada uma delas para criar uma história que o título comece com aquela letra. Não bastando disso, os diretores são diferentes e as histórias são multiculturais. O resultado é uma variação realmente fora de padrão com horror dos mais variados.
 
Enfim, essas são algumas obras de terror antológico que com certeza vão te gerar muita diversão se você for fã do gênero. Conhecem mais alguns? Citem aí!

Postar um comentário

0 Comentários