vridniX | Um herói egocêntrico da cara muito rabugenta

Se você é apaixonado por jogos com histórias zoadas e gosta de plataforma, certamente vai adorar esse. vridniX é um jogo meio estranho que em sua essência carrega tudo para ser apenas mais um jogo de fases rápidas no estilo quebra-cabeça frenéticos que é recomendado jogar usando controle, tipo Russian Subway Dogs e Boo! Greedy Kid, no entanto a narrativa dá à coisa uma sensação de amplo universo com pessoas vivendo nele.

A história se passa em Neta-Vark, onde vive uma raça chamada Wamnis, que gosta de celebrar a beleza do universo, porém com a invasão de uma raça alienígena chamada Trogoglux, tudo pode mudar, mas a população não está nem aí! Eles querem é festa! Por outro lado uma egocêntrica criatura chamada vridniX decide salvar o mundo, ele tem a habilidade de mudar a direção das leis da gravidade e o resultado disso é um estrago cabuloso, causando a revolta da população.

Esse é um jogo que tem um charme rapidamente notável, talvez por causa da cara do protagonista que parece uma galinha feia de três patas ou algum bicho qualquer com bico e uma cara fechada pra caramba. Porém ao jogar, você logo vê que há uma essência muito especial, algo que normalmente está relacionado a jogos mais abertos como Desert Child e Night in the Woods. Isso porque apesar de limitado em suas fases, há frequentes informações sobre o que está acontecendo no mundo.

Então a jogabilidade é basicamente "chegue até o portal" e você tem um lugar que pode conter pontos mortais como espinhos, inimigos andando por aí e plataformas. Se você atingir certos orbes, a tela irá virar em uma outra direção e os inimigos, caixas e qualquer outra coisa que não estiver preso a algo, vão cair na nova direção da gravidade.

Existe uma baita simplicidade na coisa, no entanto a mecânica é naturalmente gostosa, lembrando aqueles joguinhos mais simples em flash. Por outro lado, é notável que a equipe se dedico, pois você percebe por exemplo, que os combates contra chefes foram feitos de uma forma super inteligente e empolgante. Por mim, todas as fases poderiam ser de lutas contra chefes, pois é aquele tipo de jogo que você se sente bem enquanto os desafia.

Digo isso porque nesse tipo de combate, os inimigos tentam te pegar e você precisa usar o cenário para destruí-los, girando e fazendo coisas caírem, ou transformando seus ataques em pílulas que te tornam imune por um certo tempo e te permite tocar neles e causar danos, além de variações como o cérebro gigante que tenta te acertar com lasers enquanto você tenta chegar ao orbe que vai girar o cenário e arremessá-lo em outra direção.

Durante o jogo acontecem coisas como um amigo te ligar para passar certas informações, ou você achar outros habitantes e bater um papo. E ainda cutscenes que mostra o que está acontecendo na cidade e quais são os pensamentos dos cidadãos (que odeiam o protagonista). É daí que a coisa acaba parecendo bem mais ampla. Até mesmo alguns cenários são feitos apenas para mostrar uma volta do personagem em certo ponto do mundo e não um desafio real.

Enfim, vridniX é um jogo bem divertido, um ótimo passatempo e tem uma história, que apesar de focada no humor, é gostosa de se ver desenrolar. Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na loja direta, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Postar um comentário

0 Comentários