Como o Echo revolucionou minha leitura (Lendo pra mim Ò_Ò!)

É engraçado como a vida de repente faz umas coisas bacanas também né? Enquanto às vezes acontecem coisas horríveis, às vezes também rolam coisas maravilhosas! E algo extremamente inusitado foi ver o mundo da leitura se expandir absurdamente pra mim do nada. E esse foi o caso da minha experiência com o Echo Show, que provavelmente é o melhor investimento que fiz em 2019.

Quando eu assinei o Amazon Prime, fiquei maravilhado de um pacote desses custar menos de R$10 e notei que dava pra eu aproveitar o kit quase completo! O frete grátis foi bem vindo demais, já que peço coisas de vez em quando. O Prime Video era bem vindo, já que é tão tunado quanto a Netflix e com séries originais fantásticas. O Twitch Prime era bem vindo, já que embora eu não ligue muito pros loots, os jogos grátis dele tem uma alta qualidade. O Prime Music não fez tanta diferença porque eu ouço mais música no youtube que em qualquer outro lugar, porém ter algo assim disponível é bacana. Agora algo que ficou de fora foi o Prime Reading...



Como enrolei um milhão de anos pra pegar o meu primeiro Kindle, acabei não dando muita bola, especialmente porque até livros físicos eu tenho muito problema em ler. Quero dizer, eu deixo de jogar muitos RPG's que gosto porque requer tempo, então imagina livros? E eu não sou dos que lê mais rápido. Então acaba exigindo muito tempo, que não posso gastar. E assim vão ficando de lado uma penca de obras que me interessam. Até mesmo contos como Lovecraft que eu tanto amo, não li a obra inteira ainda e é preciso do momento certo.

Ao comprar o meu Echo Show, o motivo era estratégico. Já tenho um Google Home, então pra que ter duas assistentes? Bom... Como falo muito de tecnologia na página do blog no facebook, o objetivo era estar por dentro, saber falar sobre, comentar. No fim acabei rindo muito com uns vídeos de tosqueiras.

Ao invés de fazer como fiz com o Home inicialmente (Que ficou na mesa do PC), decidi colocar o Echo Show do lado da minha cama, pra poder dizer coisas como "Alexa, passa o próximo episódio de Preacher", e assistir ali quietinho, além de usar ele como relógio e ter sempre à vista o horário ali pertinho, e ter outra assistente em outro ponto do quarto.

No fim as coisas acabaram não sendo bem assim, taquei tanto ela quanto o Home juntas do lado da cama e a experiência meio que se completou. É engraçado às vezes perguntar algo pra Alexa e ela não saber e então perguntar pra Google Assistente ou vice versa. Quanto a assistir, acabei não fazendo isso, pois achei a tela pequena demais e é mais cômodo usar o monitor, a não ser para vídeos de humor que são algo rápido.



Mas fora as várias utilidades do Echo (Perguntar clima, marcar horários, fazer perguntas de dúvidas gerais, perguntar distâncias, pedir pra fazer cálculos, pedir pra ouvir notícias, espiar meu quarto enquanto estou fora, etc...), no fim das contas curiosamente foi exatamente o único item do Amazon Prime que não me despertou real interesse que acabou se tornando o mais valioso pra mim, e inclusive iluminando minha mente para a ideia de ebooks.

O negócio é que descobri por acaso que o Echo Show era capaz de acessar minha biblioteca de livros da Amazon e beleza, ele tem uma tela afinal né? Mas a surpresa foi quando pedi pra Alexa ler e bom... Ela literalmente leu a bagaça! Com voz! kkkkkkkkkk. Fiquei maravilhado porque embora o Google Home tivesse conexão com os meus livros, ela só transmitia em áudio se fosse áudio livro. Mas a Alexa realmente começou a ler a bodega!

A princípio eu não pensei muito no assunto, as depois vi o quanto isso se encaixaria perfeitamente em certos momentos da minha vida. Por exemplo, quando acordo, normalmente fico um pouco mole na cama. Estou acordado, mas paralisado ali. É uma bela de uma perda de tempo, e especialmente nesse momento, isso se tornou MUITO ÚTIL! Ainda mais que tem suporte tanto a fone de ouvido com cabo quanto bluetooth, permitindo usar mesmo de madrugada na insônia sem incomodar.

De repente me vi devorando um livro atrás do outro. Dizer "Alexa abre meus livros" "Pula pro próximo capítulo" ou "Volta um pouco" é demais. E a Alexa lê muito mais rápido do que eu leio normalmente, isso sem contar que ela não cansa, então sem pausas que consomem mais do meu tempo.

Passei a usar isso frequentemente! Naqueles momentos após o almoço, nos últimos minutos antes de ir dormir. Em horas que bate aquela vontade de não fazer nada. Vagar pelo Prime Reading atrás de livros tem sido uma ótima experiência. Além de tudo a própria Amazon libera livros grátis diariamente, e a ideia de comprar ebooks em promoção pela primeira vez realmente aflorou em minha mente. Estou lendo mais livros de aperfeiçoamento na minha área, então a quantidade de conhecimento que isso já me atraiu foi demais, e penso o que acontecerá se eu ficar assim sem parar. Penso em como de repente a assinatura do Kindle Unlimited (Versão que dá acesso a mais de um milhão de livros) não se tornou extremamente atraente (E antes com certeza eu não pensava em assinar algo assim).

Enfim, se você procura ler mais, tá aí uma bela de uma dica valiosa. Ainda estou explorando o Echo Show, mas duvido que consiga achar uma função tão valiosa quanto essa e penso no quanto isso vai ser uma vantagem cabulosa para minha vida. Foi um investimento que definitivamente não imaginava que estava fazendo, mas que me sinto muito grato. Hoje quando acordei terminei Mais Esperto que o Diabo e nossa, tem muita coisa que conseguiu visualizar que simplesmente não pensava sobre e nunca iria pensar e estou muito satisfeito em ver o acumulo de conhecimento que isso tem gerado hahaha. Fica a dica!

Comentários