Enigmatis: The Ghosts of Maple Creek - Jogo de mistério

Chegou a hora de analisar mais uma daquelas gostosas obras da Artifex Mundi, onde apresentam o seu estilo já tão conhecido, e assim o que realmente faz com que os fãs se animem é em novamente serem envolvidos por um climinha sombrio de mistério, e uma história que te faz sempre ficar tentando imaginar o que aconteceu. Também é o tipo de obra perfeita para quem quer testar um point and click, pois esse tem uma experiência bastante interativa e já muito bem adaptado para o nosso idioma, tornando a jogabilidade muito tranquila.

Você assume o papel de uma protagonista feminina que desperta no meio de uma estrada, ela não está lembrando claramente o que exatamente aconteceu, ou onde está, mas logo vê a destruição que está ao seu redor. É noite e o vento forte indica que houve algum tipo de evento climático poderoso para causar tanta destruição ao redor, mas as coisas começam a ficar mais estranhas quando começam a aparecer sombria figuras que parecem ser cultistas.

Como vocês podem ver, o jogo é bastante atmosférico, algo que definitivamente é um dos grandes atrativos das obras da Artifex Mundi, e mais uma vez eu logo vi o quanto tanto o clima quanto certos elementos me lembram a obra de H.P. Lovecraft, e muito provavelmente os fãs do autor também vão se lembrar bastante.

A forma como a história é conduzida agrada bastante, com certo flashs que aos poucos vão fazendo você se lembrar do que está fazendo nessa pequena e pacífica cidade de interior, e o motivo de haver um clima tão sombrio no lugar, além da investigação de uma menina desaparecida que um estranho se esforça para tentar ocultar o caso.

A jogabilidade é de um point and click em primeira pessoa, e você pode ver os ambientes, mas não a personagem, apesar disso há uma ótima interação com as coisas, por exemplo se você clicar em alguns ambientes, aparecerá uma nova tela mostrando aquele lugar mais de perto, e o mouse realmente representa a sua mão, com você tendo que pegar objetos e usá-los, por exemplo, não basta colocar uma maçaneta no lugar, você precisa clicar nela depois para puxá-la e assim abrir a porta. E claro, o jogo é cheio de puzzles.

Graficamente está mais uma vez impecável, com visuais que parecem pintados a mão, porém objetos que a qualquer momento podem se mostrar 3D, especialmente os personagens, que você pode ver parados em algum lugar e ao clicar neles, vê a animação completamente 3D dele se movendo e falando com você.

Enfim, se você estiver procurando por um jogo cheio de mistérios e quebra cabeças, e que ainda está adaptado para português em todos os textos, essa pode ser uma opção perfeita. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Postar um comentário

0 Comentários