Kingdom Hearts Recoded - Desprezado porém perfeito!

Ah e finalmente zerei o outro Kingdom Hearts de Nintendo DS e agora vou por aqui uma análise sobre o que achei dele. *-*

História

Enquanto grilo falante organiza seus diários digitais, ele encontra uma misteriosa mensagem que não escreveu "Nós precisamos retornar para libertar seus tormentos". Simultaneamente esse diário é afetado por um terrível erro que impede de entender direito o que aquilo significa, só que o diário é uma versão digital contando registros de diversos mundos, mas para descobrir o que está por trás disso, o erro precisa ser eliminado, e assim Mickey faz uma versão digital de Sora e o envia para esses mundos, onde ele tem que destruir diversos cubos gerados pelo erro e avançar em busca de respostas enquanto se comunica com Mickey, Donald e Pateta do mundo real.

Sobre o jogo

Esse é um daqueles jogos que de cara olhei torto, afinal inicialmente ele só foi lançado no Japão e para celular, ou seja era óbvio que se tratava de um joguinho genérico e pelas fotinhas deduzi logo que devia ser algo do tipo resolver quebra cabeças enquanto se quebra cubos.

Quando comprei o Nintendo DS, esse jogo já existia mas fui direto para o Kingdom Hearts 358/2 Days, afinal nele você joga com o Roxas e eu acho isso muito mais foda. De certa forma eu acertei em cheio em ter jogado ele primeiro porque se eu tivesse jogado na ordem contrário, definitivamente iria quebrar a cara e me decepcionar com força.

Quando comecei a jogar Recoded, fiquei pasmo com a qualidade do jogo, impressionado mesmo, e vi que eu não devia ter julgado antes porque esse jogo é de alto nível. Teve um moleque no facebook que surtou quando eu falei que comecei a jogar e ele disse que era o maior lixo do mundo, depois de jogar umas horas do jogo, fiquei de cara em como ele podia ter julgado isso, cheguei lá pra perguntar o motivo de ter achado o jogo tão ruim e a resposta foi "Ah eu nem joguei direito mas é uma merda, o 358/2 days é melhor!". E olhem, eu concordo que visualmente é melhor, é mais estiloso as rouponas dos personagens e tem coisas muito lindas, mas agora dizer que o jogo é melhor como um todo é no mínimo uma blasfêmia! É óbvio que o cara só falou mal assim porque viu alguém falando ou porque fez o mesmo julgamento que eu fiz "Blééé, joguinho de celular" e acabou exagerando. Pois uma coisa que posso dizer com todas as palavras é que Recoded é um verdadeiro Kingdom Hearts.

Enquanto no 358/2 Days você fica quase todo o jogo repetindo as mesmas coisas, indo na missão, atravessando alguns cenários e matando um chefe no fim, em Recoded você realmente faz as coisas diferentes. As missões não são iguais, por exemplo no país das maravilhas por exemplo você tem que restaurar as memórias dos personagens e encontrar os donos certos de cada uma delas para deixar as coisas no lugar, em Traverse Town é necessário conseguir três partes de uma fechadura mas cada uma delas está com os sobrinhos do Donald e você tem que descobrir onde estão para montá-la. Mas também há elementos comuns, no entanto como eles não são os principais de cada lugar, acaba não se tornando enjoativo como 358/2 Days pode ser, o elemento mais comum são os erros de um ambiente, em que você tem que localizar a origem, entrar no erro e arrumar para que tudo volte ao normal.

Além disso ainda existe um momento especial no fim de cada mundo que a jogabilidade fica diferente em homenagem a jogos clássicos, por exemplo com visão de lado de correr e matar inimigos estilo jogos de porrada, visão de costas de ir atirando em todos os inimigos que surgirem estilo aqueles jogos de navinha e combates que mudam de tela e você seleciona ataques, estilo RPG's clássicos como Final Fantasy.

O aperfeiçoamento do personagem é muito interessante. é como se fosse uma placa mãe onde você vai instalando diversos chips e assim aperfeiçoando, por exemplo "Ataque +1" existem caminhos que você pode ir montando chips e ligando os circuitos, sendo que se você ligar certos lugares, ganha bônus, por exemplo se você criar uma linha de chips ligados entre um processador e outro, você transforma eles em Dual Core, sendo assim todos os chips que estiverem entre os dois, ganham efeito duplo! Também é possível tunar a Key Blade, colocando magias nela que você pode lançar e evoluir, e também é possível melhorar o próprio personagem usando anéis que causam certos efeitos especiais nele.

O gráfico do jogo é lindíssimo, refizeram muito bem diversos lugares inteiros da versão do primeiro jogo do Playstation 2. E uma outra coisa que me chamou a atenção, foram os CG's, são de cair o queixo, principalmente porque o jogo incialmente era de celular e só lançado no Japão, então não era de se esperar CG's, mas ele tem e ainda acompanhado com uma história com várias surpresas bem boladas.

Enfim

Gostei demais desse jogo, quem fala que nem se compara ao 358/2 Days é porque não jogou já que ele com certeza é superior, eu até aliviava a barra pro outro jogo porque pensava "Ah é porque é de DS então devem ter limitado" mas vendo essa obra prima aqui eu posso ver que com certeza não deixaram o outro jogo mais intenso não por falta de recursos porque o DS consegue aguentar. Recomendo muito mesmo!

Postar um comentário

4 Comentários

  1. eu tava exatamente agora lendo a primeira matéria geral sobre o kingdom hearts aqui do blog, e eu já ia falar sobre esse jogo lá nos comentários, mas quando sem querer eu apertei no banner.. PUFF!

    foi muita coincidência O.õ
    ótima matéria.

    ResponderExcluir
  2. Embora o combate seja muito divertido, A série Kingdom Hearts tem tantas falhas de design e inúmeras contradições no seu roteiro que são insuportáveis pra mim.

    ResponderExcluir
  3. Cara mas tu encheu tanto a bola do Days na época '-' Agora você falando parece que é um puta jogo ruim

    (sei que não foi isso que quis dizer)

    Esse aí eu não joguei, na verdade nunca tinha ouvido ninguém falar muito sobre ele só sabia que existia.

    ResponderExcluir
  4. A diferença é que aquele foi o primeiro jogo de Nintendo DS que joguei, por isso eu estava considerando muito as limitações do console, enquanto com esse eu vi claramente que o jogo poderia ter sido infinitamente melhor. Como falei no começo, eu acertei em ter jogado ele primeiro porque se eu tivesse jogado esse iria ser péssimo jogar o 358/2 Days depois.

    ResponderExcluir