Polybius - O fliperama usado em uma conspiração

Na década de 80 os fliperamas estavam totalmente em alta e milhares de jovens saíam de casa para jogar qualquer novidade que aparecesse. Na mesma época também estava ocorrendo a guerra fria e a corrida tecnológica dos Estados Unidos contra a União Soviética era intensa, o país tinha que mostrar constantemente a superioridade tecnológica em relação ao rival.

Em 1981 surgiu um uma nova máquina de fliperama que chamou a atenção por ser inovadora, de acordo com os relatos o Polybius não tinha apenas gráficos brilhantes extremamente chamativos pra época, mas a jogabilidade também era diferença, ao invés de você controlar uma navinha que destruía asteroides que se aproximavam, você é que tinha que colocar os obstáculos para evitar que a navinha atirasse no alvo.

Aqueles que tiveram a oportunidade de jogar o Polybius dizem que o jogo causava um vício inacreditável, era muito diferente dos outros jogos e simplesmente fazia com que a pessoa não quisesse mais jogar outra coisa se não Polybius, fazendo assim com que os outros fossem opção apenas quando todas as máquinas que tinham Polybius estivessem sendo usadas ou simplesmente gerava fila ou em alguns casos fazia pessoas entrarem na porrada pra ver .

A empresa responsável pelo jogo se chamava Sinneslöschen que pelo o que eu vi a tradução do alemão é "Significado Claro" mas vi na internet traduzirem como "Extinção sensorial" (o que tem mais lógica). A empresa apenas criou esse jogo e mais nenhum, além disso os donos dos estabelecimentos que obtinham a máquina recebiam constantemente homens engravatados para fiscalizar as máquinas, só que o interessante é que as opções da parte de configurações eram as seguintes:
Apesar de tudo até então tudo era levado tranquilamente, mas tudo mudou no dia em que um garoto morreu de ataque epilético jogando Polybius. Desde então as pessoas começaram a ficar desconfiadas, afinal por que homens engravatados tanto iam ver essas máquinas, e além do mais por que tinha um menu que nada tinha a ver com o jogo? Com opções como insônia, pesadelos, sonambulismo, paralisia do sonho entre outras coisas?

Antes da morte do garoto já haviam diversos relatos de pessoas que passavam mal jogando, algumas até mesmo vomitavam, mas não achavam que era nada demais afinal a forma que o jogo era apesentado era estranha e podia mesmo causar tontura com tantas coisas girando e piscando na tela ao mesmo tempo. A coisa ficou mais sinistra quando imediatamente após a morte do garoto, os engravatados surgiram em todos os estabelecimentos dos Estados Unidos onde tinham as máquinas e sumiram com elas, mas não só apenas o jogo, como a empresa que o fez sumiu do mapa.

Hoje em dia existem apenas relatos de jogadores do Polybius, não há uma única emulação, existem certas referências do jogo na internet e até mesmo alguns programas de TV famosos já parodiaram ele, como por exemplo em um episódio dos simpsons em que aparece o Bart jogando fliperama e uma máquina do lado escrito Polybius e em baixo escrito "Propriedade do Governo dos Estados Unidos".

Ninguém sabe se é pura coincidência ou se realmente o jogo fazia parte de uma conspiração para tentar controlar a mente humana, mas quase todos acreditam que a Sinneslöschen era só uma empresa de fachada usada para esconder algo. Segue a baixo um vídeo feito a partir de relatos sobre como era o jogo, mas só assista se ter certeza que não é sensível a muitas luzes e coisas girando pois pode causar ataques epiléticos.
Caramba ein? Isso me faz ter ainda mais aqueles sombrios pensamentos da nova era.

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Tava na hora de falar sobre o Poly kra kkkkk Parece mais uma creepy bem feita, ou mais um gordinho viciado com derrame Cerebral D:

    ResponderExcluir