O chocante "ritual satânico" para promover God of War

God of War definitivamente foi sem dúvidas um dos melhores investimentos que a SONY fez no playstation 2, fazendo surgir milhares de fãs através do mundo e tornando inevitável uma continuação. E com isso em 2008 foi lançado God of War 2 que veio antes acompanhado com uma forte campanha de marketing, incluindo é claro eventos.

Até aí nada demais, se não fosse por um evento de 2007 que ocorreu em Atenas, na Grécia que na época chamou a atenção não apenas da maioria dos sites de jogos do mundo inteiro, como também de diversos religiosos e de orgãos protetores de animais. No evento estava presente uma mulher com peitos expostos, apenas pintados que simplesmente foi ignorada devido a algo que chocou muitos dos participantes.


Foi levado ao público uma cabra que tinham acabado de arrancar a cabeça e não bastando isso, ainda ocorreu uma competição com vários desafios divididos em etapas, e a terceira desafiava os participantes a comer mais vísceras do animal. Isso foi o suficiente para deixar a sociedade protetora dos animais frustradas por sacrificar um animal para promover o jogo, mas chamou muito mais atenção de religiosos e pessoas da teoria da conspiração.

Para muitos o que ocorreu foi um ritual satânico e o sacrifício foi feito para que o jogo obtivesse sucesso. Algo um tanto ousado, visto que supondo que foi mesmo um ritual diabólico, normalmente essas coisas são feitas totalmente às escondidas então mostrar assim ao público e ainda fazer ele participar é no mínimo inusitado.

O evento causou náuseas em muitos dos presentes e fez com que alguns se retirassem imediatamente. Havia um material do evento que iria ser distribuído com imagens e textos sobre os acontecimentos na revista Playstation, mas apenas quem era assinante da revista que acabou recebendo seu exemplar, 80 mil cópias que seriam levadas às bancas de jornal foram recolhidas para tentar diminuir a polêmica. Mas uma das coisas que vinha escrito era uma pergunta de até onde se iria para conseguir uma cópia de God of War III e então a sugestão "Que tal comer intestinos crus e ainda quentes de uma carcaça de uma cabra recém-degolada? Na festa para celebrar o lançamento europeu de 'God of War II', membros da mídia foram convidados a fazer isso".

Enfim, o caso realmente ocorreu e se tornou uma lenda urbana sobre ser ou não um ritual diabólico e ainda gera falação entre o pessoal da teoria da conspiração e pessoas que acreditam nisso. E você, o que acha? Simplesmente uma campanha de marketing apelativa que saiu do controle? Ou um sacrifício descarado de um animal para fazer o jogo ter sucesso?


E se você estiver afim de dar uma conferida, todos os jogos da franquia God of War estão à venda no Brasil.

Postar um comentário

5 Comentários

  1. kkkk grande merda. Nao acredito q seja verdade.

    ResponderExcluir
  2. ta na cara que é ritual né?
    aliás tenho certeza pois conheço da religião satânica e sei como são suas seitas,e sim o god of war foi oferecido,por isso o ritual foi feito,digita depois no Google: "estrela da cabala" ou "pentagrama marçonico" que irá aparecer coisas relacionadas as essas seitas.

    ResponderExcluir
  3. porra velho quem tem coragem de faze isso, isso era costume lá ou oq?

    se n for isso acredito q seja satanico

    outro no blog q curte gears of war, gostei kk

    ResponderExcluir
  4. AINHÉRR NUM EH RITUAL mas comer intestinos crus na frente de todos eh super normal, minha nossa se ve todo dia na feira da batata!!! pensem mais antes de reclamar ¬¬

    ResponderExcluir