American Horror Story Asylum

História

No ano de 1964 uma instituição para criminosos com problemas mentais recebe um homem acusado de matar diversas mulheres usando uma máscara feita de carne humana graças a isso ele ganha o apelido de "Bloody Face", ao mesmo tempo uma escritora tenta conseguir uma matéria exclusiva sobre o caso e percebe que há algo de errado no lugar, fazendo com que ela desesperadamente tente conseguir descobrir o que é. A instituição guarda diversos segredos que são carregados pela madre superior e médico do lugar.

Sobre a série

Sabem, quando eu terminei de ver a primeira temporada de American Horror Story eu estava decepcionado, não pela série ter ficado ruim, mas porque todo o mistério gigantesco causado no começo estava esgotado, no fim da temporada os caras já tinham respondido cada mínimo detalhe e sabendo que teria uma segunda temporada eu fiquei pensando "Po já responderam tudo, a segunda temporada vai ser encher linguiça...". Mas o que eu não sabia naquela época certamente teria mudado muito a minha visão e me animado muito mais pra segunda temporada. Essa série foi feita para cada temporada ter uma história de terror própria, então no caso tudo estava respondido porque aquilo não iria continuar, se eu soubesse disso teria ficado muito satisfeito com o fim.

Em Asylum a bizarrice continua e assim como na primeira temporada, muito da mente humana é mostrada, pensamentos sombrios e segredos profundos que as pessoas não revelam a ninguém. Por exemplo desejos sexuais de freiras ou experiências feitas com humanos em nome da ciência. A série também leva o terror para um lado que eu não estava esperando e foi uma bela surpresa mostrando um tipo de criatura que eu não esperava de forma alguma ver nessa série já que sempre vi ela como algo espiritual. Mas gostei muito dessa novidade apresentada.

Também aparece claramente muita coisa envolvendo preconceitos, novamente é mostrado um casal homossexual, dessa vez com lésbicas e em uma época que as coisas são muito mais difíceis, assim como um casa interracial em que a cidade pensa que a mulher negra é empregada do homem, e é apresentado muito sobre ciência contra religião, isso sem puxar para nenhum dos lados, a madre superior detesta o médico do asilo, mas ela fala coisas muito lógicas interessantes e quer o bem dos ali presentes, apesar de se ver uma certa maldade cega pela religião é mostrado também outro lado, ela tem seus valores apesar de tudo. Assim como a ciência é mostrada ridicularizando a religião e apresentando coisas que tem muita lógica, mas ao mesmo tempo também é apresentada a maldade de experiências macabras.

Alguns dos atores são os mesmos que interpretaram os personagens da primeira temporada, no entanto são pessoas diferentes, e assim como antes, também não são apresentadas cenas apenas nos anos 60 embora dessa vez seja o centro da história, diferente da primeira temporada onde o centro da história era 2011.

Enfim

Gostei muito, recomendo para quem gosta de coisas de terror, mas para o povo que não curte muito coisa bizarra pode ser um tanto perturbadora a série. Confiram agora a coletânea de teasers e para quem não assiste trailer pra evitar perder surpresas, não se preocupe porque esses teasers são muito fodões feitos apenas para mostrar mesmo o clima da série, e não apresentar cenas.

Espetacular, não acham? Esse climinha próprio dessa série me agrada demais e esses teasers me lembram fitas amaldiçoadas. Ò_Ò

Comentários

Diego Otaku disse…
esse teaser passa direto na fox e quando eu vi eu não entendi nada o_O