Pontypool - Um filme com uma fórmula inovadora!

Hoje vou falar sobre um filme que descobri muito por acaso e acho que dei muita sorte, pois muitas vezes acho que já vi todos os filmes bons e só sobraram os genéricos. No caso desse foi mais um que dei um tiro no escuro mas já esperava o pior e acabou me surpreendendo.

História

Em um estúdio de uma pequena cidade, um programa de rádio, a equipe recebe uma estranha ligação durante a transmissão. O homem do outro lado da linha descreve uma bizarra situação que aos poucos começa a deixar os membros da equipe apavorados.

Sobre o filme

Vocês já devem ter ouvido falar que 1938, Orson Welles começou a narrar em um programa de rádio, o livro A Guerra dos Mundos de H.G. Wellis e em clima de guerra alguns entraram em desespero achando que a terra estava sendo invadida por alienígenas. Pois bem, o diretor desse filme se inspirou nesse acontecimento para bolar a história desse filme. Mas é ao contrário, nesse caso é algo que supostamente está acontecendo do lado de fora e as pessoas do lado de dentro não sabem se há ou não alguma coisa lá fora, e o filme se passa quase inteiro dentro de um estúdio.

Eu achei espetacular a forma tensa que o filme fica por muito tempo, as ligações do cara pro programa de rádio são cada vez mais bizarra, ele diz que há algo lá fora, muitas pessoas e elas se atacam. Tem uma narração em especial que me chamou muito a atenção, descrevendo pessoas mordendo outras e as arrastando com os dentes. E o povo do rádio tenta algum contato com o lado externo, e não acha nada, não consegue descobrir nada, mas ao mesmo tempo percebem que tem algo errado, que o exército e polícia parecem estar fazendo alguma coisa secreta. O filme vai ficando cada vez mais tenso e você fica no suspense de "Ta ou não acontecendo?". Os personagens ficam perdidos e começam a se acusar achando que é uma pegadinha, pois pode ser alguém da equipe que bolou aquilo tudo, mas ao mesmo tempo podem ser ouvintes que resolveram brincar com o programa.

O filme é psicológico e estranhamente vai ficando cada vez mais leve, mas consegue se manter sério ao mesmo tempo. Você começa com o filme com um clima de terror, com barulho alto de susto e aparições repentinas na tela, que certamente farão muitos gritarem, depois o clima baixa e passa pra um suspense sufocante, e mais pro fim as coisas ficam muito mais leve, e até há piadinhas que normalmente me fariam ficar frustrado com o filme pois odeio coisa séria que resolvem tacar coisinhas engraçadas no meio, mas nesse caso ficou algo que tem tudo a ver e achei incrível demais. E em certos pontos me lembrou os filme "A epidemia" e também "O sinal" mas eu gostei muito mais desse.

Enfim

O filme é bastante confuso e por isso eu não digo que vai agradar a todos como me agradou, sei que alguns vão achar detestável, mas para o povo que não se importa com histórias que você tem que ralar um pouco pra pegar certas ideias, esse pode ser uma boa aposta. Mas repetindo, o filme se passa quase todo dentro de um estúdio, então o grande foco é a narração de personagens externos sobre o que há de tão terrível lá fora. O trailer tem spoilers '-'.

Postar um comentário

1 Comentários

parece ser bastante interessante
^^