Call of Juarez - Bound in Blood

Hoje vou falar sobre a continuação do jogo Call of Juarez

História

Os três irmãos Ray, Thomas e William McCall vagam pelo Oeste com o objetivo de conseguir dinheiro para reconquistar as terras da família e reconstruir o lar onde cresceram, no entanto Ray e Thomas são desertores de guerra e criminosos muito procurados, além de muito brigões, no entanto a vida do trio muda quando tomam conhecimento de um antigo tesouro mexicano que carrega uma suposta maldição...

Sobre o jogo

Sabem, na primeira vez que eu ouvi o nome Call of Juarez, eu julguei com preconceito que era uma cópia escrota de Call of Duty, no entanto me surpreendi, já esse segundo jogo se ele tivesse sido lançado primeiro eu com certeza iria dizer "Eu sabia que era uma cópia de Call of Duty no velho oeste!" mas certamente também iria me surpreender em como o jogo é bom!

A jogabilidade desse jogo muda um pouco em relação ao primeiro, aqui você já não é mais tão livre, ou seja você não faz a missão como bem entender, está preso a fazer coisa atrás de coisa de uma forma certa seguindo a formula Call of Duty e isso me incomodou no começo, mas logo comecei a gostar pra caramba. Muitas cenas ficaram bem cinematográficas com acontecimentos grandiosos que me faziam parar para observer.
A história é espetacular, principalmente para quem jogou o primeiro jogo porque esse se passa anos antes do primeiro e assim conta como os personagens evoluiram e a história de Call of Juarez se formou. Mas ao contrário do que parece, não ficou forçado, ficou perfeita, parece até que esse jogo sempre foi planejado de tão perfeita e natural que a história se encaixou, você vê vários personagens do primeiro jogo e como mudaram. É incrível ver que o reverendo Ray era um verdadeiro porra louca como é citado no primeiro jogo, eu já sabia disso é claro mas senti um impacto ao ver que o padre que eu controlava e carregava uma biblia agora é um bandido ruim pra cacete com piadas sádicas e que mata sem dó. É muito legal ver os irmãos William e Thomas na viagem também, tudo que os três passam junto é incrível demais e como a história vai se desenvolvendo faz você ficar extremamente envolvido com o clima criado, você passa por cidades abandonadas, desertos, minas, florestas e mais um monte de lugares e aos poucos vai conhecendo personagens novos a história se desenvolvendo sem parar.
Assim como no primeiro jogo, você controla dois personagens nesse também só que dessa vez você pode escolher se vai jogar com Thomas ou Ray, coisa que não tinha no primeiro onde tinha uma fase exclusiva pra cada um. Cada personagem tem suas habilidades próprias e se dividem de vez em quando nos cenários, sendo assim mesmo sendo em um só mapa, a história dos irmãos são completamente diferentes, ou seja você não escolhe um e joga a mesma coisa, são aventuras diferentes, o que é muito legal e aumenta bastante o tempo de jogo.

A variação de acontecimentos que rolam no jogo são espetaculares, você passa por coisas como destruir represas, se esconder de soldados no meio de uma plantação, sobreviver a um ataque de indios em uma fuga de barco por um rio, invadir aldeias, entre muitas outras coisas, a experiência é realmente cinematográfica e me deixa triste ver um jogo desses não ter a opção de jogo cooperativo. Apesar da formula Call of Duty em quase todas as fases, existem algumas que você é colocado em um mapa aberto e pode vagar por ele caçando bandidos, protegendo fazendas e mais alguns outros trabalhos que você pode fazer para ganhar dinheiro e comprar armas melhores.

Enfim

Esse é um jogo para quem quiser relaxar mas com bastante ação, ele é tranquilo, tem cenários maravilhosos, um clima muito gostoso e situações que deixam impressionado. Joguem pois esse vai valer! *-*

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

2 Comentários

  1. ei sky,já viu um mod do half life q se cthulhu,é muito massa

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo disse que te encheu o saco no msn enquanto falava desse jogo para você,ai eu xinguei ele e vadia...

    ResponderExcluir