A colina das almas esquecidas - Parte 01

Giltan é um jovem de 23 anos, que nasceu em uma familia de fazendeiros, ele nunca teve muita aptidão com magia, ao contrário de sua irmã cinco anos mais nova, Sara, que logo entrou para a escola de magos da região, enquanto o rapaz continuou ajudando os pais com a fazenda, ele nunca a invejou, para a falar a verdade sentia até um certo alivio, magia o assustava. Certo dia, a garota avisou que viajaria até um lugar apelidado de "A colina das almas esquecidas". Os pais não gostaram da idéia da filha viajar, mas ela disse que era pra aperfeiçoar suas habilidades e que seria uma experiência muito proveitosa e assim eles acabaram cedendo, porém  um mês se passou e com tanto tempo sem notícia da garota, os pais estavam desesperados e ele decidiu partir em sua busca, ele não sabia usar magia, mas manejar uma espada era algo que conseguia fazer com muita naturalidade. O pai o presenteou com uma relíquia da família, uma armadura de aço e couro de dragão, o jovem se sentiu honrado com aquilo, ele estava preocupado com a irmã, mas de certa forma o seu coração batia forte, com certa emoção, ao imaginar a viajem que iria fazer. Sua fiel amiga elfa Klen, se ofereceu para acompanhá-lo imediatamente, ela era três anos mais velha que ele e sabia que ele precisaria de ajuda, e com sua habilidade com o arco, com certeza iria facilitar muito, além de deixar os pais do rapaz mais tranquilo.
Quando os dois foram até a escola de magos para obter informações, conheceram Lothar, um mago não muito velho, mas já com alguns fios de cabelo branco, ao informar os jovens, e saber que pretendiam ir até à Colina das almas esquecidas, Lothar viu uma oportunidade única de ir até o lugar tão poderoso, com compania e se ofereceu para acompanhá-los e prontamente aceitaram.
O grupo já estava na estrada há uma semana, vários caminhos foram tomados, obstáculos vencidos, inimigos derrotados, porém nada de chegarem à tal colina e pior, agora estavam aparentemente perdidos, um dia atrás eles tinham tomado um atalho, porém acabaram por vagar por horas em meio à uma estrada deserta com floresta fechada dos dois lados, nenhum vilarejo, nenhum viajante, nem ao menos ladrões tentando uma emboscada eram vistos, pelo menos não até aquele momento, quando avistaram a figura de preto. Era uma mulher sentada no meio da estrada usando uma longa capa, de longe eles puderam vê-la e se aproximaram desconfiados até chegar próximo, quando puderam ouvir que ela chorava, ao perceber a presença de alguém a jovem levantou a cabeça e eles puderam ver seu rosto coberto por lágrimas e essa disse:

-Por favor, me ajudem.
-O que houve? - Prontamente perguntou o mago Lothar
-Minha mãe, ela foi levada, nós estávamos atravessando essa estrada quando criaturas da floresta a arrastaram.
-Nós já temos nossos próprios problemas Giltan e além do mais estamos perdidos, se a ajudarmos agora, não acharemos a Colina das almas esquecidas nunca...- Disse a Elfa Klen para seu amigo.
-Se vocês me ajudarem, eu posso guiar vocês até lá, eu sei onde fica esse lugar.

E então Giltan decide que:

1 - Segue em frente e deixa a mulher ali, ele não tem tempo para isso.
2 - Resolve ajudar e entrar na floresta para procurar a mãe da garota, ao menos assim terá uma guia direto para onde quer chegar.
3 - Retorna pelo caminho de onde veio, até onde resolveram pegar o atalho, iriam se atrasar, mas dessa vez iriam seguir o mapa e ter certeza de onde estavam.

Vou deixar a votação em aberto até as 18:00 horas de hoje. =)

Postar um comentário

24 Comentários

  1. eu escolheria a 2(é mais heroico;)

    ResponderExcluir
  2. 2,só eu que estou vendo uma homenagem direta a Senhor dos Aneis?

    ResponderExcluir
  3. 2, apesar de ficar tentado a seguir em frente, vamos confiar na na mulher por enquanto.

    ResponderExcluir
  4. Droga.. vou pperder.. Eu escolho o 1.. o segundo é muito clichè Ò_Ò

    ResponderExcluir
  5. Eu voto na 2 só porque pode ser uma armadilha (e eu adoro ver um herói se dando mal kkkkkk)
    P.S: Dom pra escrever detectado.

    ResponderExcluir
  6. Voto na 2!!! Se fosse meu RPG ajudaria só pra ganhar mais XP

    XD

    ResponderExcluir
  7. 2- Por um pouco do que já falaram, por ser o mais certo, apesar de clichê e ainda por ter um "q" de emboscada.

    Dom pra escrever detectado(²)

    ResponderExcluir
  8. Vou escolher a opção pois é menos clichê e provavelmente sendo do mal os mocinhos irão se ferrar hehehe.

    ResponderExcluir
  9. Droga.. vou pperder.. Eu escolho o 1.. o segundo é muito clichè Ò_Ò

    [2] HUAHUAHUAUHAUH

    Opção 1 mesmo. É o que eu faria.

    ResponderExcluir
  10. Voto na 1,a irmã dele corre perigo,é hora de deixar o lado heróico de lado e ir salvar um integrante da sua família

    ResponderExcluir
  11. Aew Sky!!! Foi vc q escreveu???

    sei q passei do tempo mais minha escolha seria a 1

    afinal voce mesmo disse

    ser malvado em um jogo pode valer muito apena!

    http://www.nerdmaldito.com/2011/03/ser-malvado-em-um-jogo-pode-valer-muito.html

    ResponderExcluir
  12. Head-Banger sim fui eu, resolvi publicar uma aventura interativa aqui pra divertir o povo kkkk

    ResponderExcluir
  13. /2/
    Muito legal hein velho.A história em si é meio clichê, mas tenho ctza q vc fez isso pra criar a imagem de um RPG do modo mais claro possível.

    Dom pra escrever detectado(³)

    P.S:Sei que a 2 é a mais clichezona, mas a curiosidade fala sempre mais alto...e tb aquela mulher pode ter algo a ver com o sumiço da irmã dele...

    ResponderExcluir
  14. 2
    nem sempre ser mau é bom
    vale o contrario mas tudo bem
    pode ser q essa garota seja do mal entao axo q seria a melhor resposta

    ResponderExcluir
  15. Cara, por favor, faça mais desses contos!! *-* Muito foda cara... ;D Parabéns!

    ResponderExcluir