Batman Arkham Asylum - Um dos jogos mais bem trabalhados que já vi na vida! O__O'

Tive muito problemas com esse jogo, tive que recomeçar várias vezes e isso já estava me desanimando porque dava problema em uma parte e então ele ficou de lado e fiquei frustrado, mas o tempo passou e saiu a versão "Game of the year" e pensei "Po, ao menos sei que vai ter algo novo... E resolvi comprar ela pelo ebay (veja o tutorial de como comprar por lá) e saiu tudo incluindo o frete por apenas 18 dólares *-* infelizmente não veio com o óculos 3D que vem nas edições de PS3 e Xbox 360, mas tudo bem porque eu comprei um pelo ebay também kkkkkk, e agora finalmente joguei até zerar e vou fazer uma análise bem atrasada do jogo.

História

Coringa foi pego por Batman e levado aou asilo Arkham, onde os piores criminosos da cidade são jogados, e não é apenas uma prisão, mas também um manicomio. Porém ao entrar no local, logo o vilão se liberta e revela que não foi pego por acaso, sequestra o comissário Gordon e liberta vários vilões dali, fazendo o pânico tomar conta do lugar, guardar sendo atacados, mortos, espancados, médicos sendo torturados, entre outras coisas...

Sobre o jogo

Definitivamente esse foi um jogo feito com bastante amor, os caras trabalharam realmente muito bem, é maravilhoso cada detalhe, o clima é mesmo de uma das mais sérias histórias do Batman.
Os gráficos do jogo são realmente muito bons, acho que não tem ninguém que não fique observando de vez em quando a capa do Batman, como ela é bem feita e tem uma movimentação estilosa. Não apenas o herói, mas todos os personagens são bem feitos, no começo do jogo quando você dá um zoom na cara do Coringa, consegue observar cada pequeno detalhe do rosto dele, os músculos se mexendo perfeitamente, o cenário em geral também não deixa a desejar, as paredes desgastadas, a lua que aparece diversas vezes como plano de fundo, tudo é incrível.
Você tem um ambiente enorme para andar, Arkham é um lugar gigantesco que te permite explorar bastante e a forma que cada cenário é carregado, é tão suave, que você tem a sensação de que o ritmo do jogo não pára nunca, pois quando você vai abrir uma porta é que o outro cenário é carregado, e você apenas não pode controlar o personagem enquanto ele abre e atravessa a porta, o que é bem rápido e deixa o fluxo da jogatina bem constante. Uma coisa bem legal que tem também, são os desafios do charada, há vários enigmas escondidos pelo cenário, pode ser em um tubo de ventilação, uma parede fácil de arrebentar, ou simplesmente um lugar bem escondido em algum canto. Os desafios do charada liberam vários extras e mantém aquele climinha de que o vilão está te observando o tempo todo e colocou os desafios só para te testar.
Você pode atualizar seu personagem e armas, já que de acordo com os enigmas que resolve, os bonus que coleta, e os inimigos que vence, vai ganhando experiência e ela pode ser gasta em atualizações das armas, combos, habilidades novas e melhoria da roupa.
Existem vários acessórios que você vai ganhando com o tempo e Arkham é cheia de lugares, alguns inacessíveis que você só poderá ir quando tiver certo acessório, isso é muito legal pois assim vai sentir realmente como está explorando o local e como foi bem trabalhado. Outra coisa legal é que os cenários vão se modificando com o tempo em alguns lugares, por exemplo um lugar onde há um desmoronamento pode ficar todo detonado ou abrir uma nova passagem, e há mudanças que são realmente significativas, que você vê o cenário inteiro com outro aspecto.
O modo "detetive" foi uma das coisas mais interessantes que colocaram no jogo, pois ele meio que faz uma simulação de você ser o Batman mesmo, já que ele é o fodão, super inteligente e conseguem deduzir as coisas de forma absurda, e nós não somos '-' então assim você ativa um "raio x" e observa o lugar, percebe pontos frágeis que podem ser explodidos,  coisas escondidas, e o que achei mais legal, foi que você pode usar esse tipo de visão para seguir rastros de certos personagens, então às vezes você sai andando por uma boa parte do cenário, seguindo um tipo de rastro, como impressões digitais, ou alguma substância.
Os combates dão aquela sensação de satisfação, quando você dá uma porrada nos caras, não é aquele golpezinho tosco que atravessa o personagem, mas sim aquela sensação de "caracas esse pé na costela quebrou a coluna do infeliz!". As sequências de golpes combinam de forma incrível, fizeram uma enorme variação e dependendo da posição dos inimigos, os golpes são aplicados de forma fantástica, e algumas vezes ficando em camera lenta, deixando que você veja bem que lindo o momento da última porrada. *-* Apesar disso os inimigos parecem bonecões toscos quando caem, fica realmente aquela coisa de borracha, é horrível.
O jogo tem um clima tão sombrio que às vezes ele usa uns elementos de terror e fica muito bom, as cenas com o espantalho, nossa são maravilhosas, às vezes você acha que está tudo normal e quando vê as coisas vão se modificando, primeiro algo pequeno, mas daí vai aumentando e você está em um cenário completamente diferente, e isso sem você ver carregando, é realmente lindo perceber que simplesmente mudou de uma vez o cenário.
Os extras do jogo são bem legais, em geral extras com biografias de personagens são um saco, só que essas são textos muito interessantes e que vão direto ao ponto, além disso há entrevistas com os personagens que ficaram muito fodonas! Você fica ouvindo atentamente o que cada um dos loucos de Arkham, apresentados no jogo tem a dizer, porque a doidera dos personagens chama a atenção auahahahaha. Também há salas especiais que são para você testar suas habilidades e o jogo se conecta à live e diz a pontuação dos melhores naquela sala.
As piadinhas que o Coringa vai soltando são demais, um detalhe interessante é que o dublador dele na versão em inglês é o Mark Hamil, o ator que interpretou o Luke Skywalker! Ele fica falando coisas do tipo "Relaxem garotos, é só mais um pirado vestido de morcego, igual a todos nós!" uahahahaha.
Até morrer no jogo é interessante, pois dependendo do lugar onde você está, aparece um inimigo diferente como se fosse uma apresentação da vitória dele sobre você, e as falas são variadas para cada inimigo.

Enfim

Esse é um jogo que eu não queria ter zerado tão rápido, mesmo assim é até grande ele, mas o prazer de passear por Arkham é tão grande que é até lamentável zerar, é uma sensação parecida com a que tive com Assassin's Creed 2.

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Cara comprei, baixei e joguei hoje XD...ele ta em promo na Steam por 7,50 dolares...os graficos desse jogo são muito bons,a jogabilidade a historia...tudo !!!!

    ResponderExcluir
  2. Esse foi o primeiro jogo que comprei pro meu Xbox 360, infelizmente comprei a versao normal, pois a "game of the year" tava meio fora do meu orçamento kkkkkk.
    Jogo quase perfeito, como o Sky falou, os combos sao incriveis, o locao vem correndo com uma barra de ferro na mão, ae voce aperta um botao na hora certa e o Batman toma a barra da mao dele e pode dar um golpe no estomago ou na cabeça, depende da situaçao, estranho mesmo é que os caras caem parecendo um bonecao de borracha kkkkkkkk.
    Dahora tambem os inverted takedown, em que ele pega os cara pendurado de cabeça pra baixo.
    Num sei voce Sky, mas a unica coisa que me decepcionou foi a luta contra o Coringa no final, em qualquer dificuldade fica facil, mas em compensaçao as fases do Espantalho ficaram realmente estilosas, principalmente aquela em que aparece o Bruce Wayne criança.
    Outra coisa que achei legal é que em uma mesa no Arkham tem um peso de papel escrito "Nao é preciso ser louco pra trabalhar aqui, mas isso ajuda", igual ao visto na HQ "A Piada Mortal".

    ResponderExcluir
  3. Tipo eu parei de jogar ele porque um dia começou a dar "Encontrou um problema e bla bla bla" toda vez que eu iniciava o jogo. Fiquei puto e num joguei nunca mais...

    Minha opinião, então é incompleta, mas eu tava achando o jogo mediano, sei la... Tipo tudo era um saco pra mim. Não sei se sou eu que não tenho a sensibilidade, mas sei la, cada vez que eu via uma charada nova eu pensava "Ai, que saco... Mais uma... -.-" " mesma coisa com cenários novos ou quando pegava um poder novo pra ter acesso a novos lugares em revisita. Também não gostei muito do sistema de combos, o jogo só exige timing, o resto ele meio que joga pra você...

    Mas sim, claro que é um jogo bom e tal, só achei meio muito cheio de fru-fru pra pouco jogo em si. Sei lá, vejo todo mundo achando fodão, mas eu achei só "legal. :)"

    ResponderExcluir