The Path - A chapeuzinho vermelho das trevas!

Hoje vou falar sobre um jogo de uma empresa independente que me chamou muita a atenção, The Path... Esse jogo é uma reformulação da história da  chapéuzinho vermelho só que de uma forma muito sinistra, com um ar um tanto gótico.


História

Seis garotas devem chega à casa de suas respectivas avós, atravessando uma sombria floresta, que esconde mistérios incríveis , porém eles podem tanto tocar emocionalmente quanto perturbar a quem os encontra.

Sobre o jogo

No começo da fase aparece escrito para ir até a casa dela e não sair do caminho, porém se você seguir essa instrução, não irá conseguir passar de nível, pois você precisa encontrar o lobo, e a única forma é entrando na sombria floresta, o que é assustador pois quando você vai entrando, a camera começa a subir, as batidas de coração da personagem podem ser ouvidas e a tela começa a escurecer com vários símbolos piscando, como se fosse uma TV mal sintonizada, além de uma música assustadora...
Na floresta você encontra várias coisas, como um jardim com um sinistro espantalho preso no meio dele, que parece que vai pular a qualquer momento em você, um cemitério, um lago, entre outras coisas... A cada lugar que você passa, dependendo da personagem e do lugar, frases surgem na tela descrevendo algo, por exemplo se você estiver controlando a chapéuzinho tradicional e for ao cemitério, surgirá a mensagem "É estranho entender que pessoas morrem, para crianças como eu... Elas são pegas e enterradas como se fossem plantas..." e você interage com alguns objetos do lugar, também pode coletar itens, e tentar descobrir lugares novos. O lobo nem sempre precisa realmente ser um lobo, pode ser um espírito, ou o próprio espantalho, isso depende da personagem.
O jogo é extremamente psicológico que muitas vezes lembra bastante o clima de Silent Hill, e creio que leve muita gente a tentar decifrar aquela mensagem, é tão estranho... Acredito que todas as garotas sejam a mesma, em várias fases da vida e idades, pois há desde a pequenina até uma mulher mesmo. Cada uma delas tem suas atitudes diferentes a certos lugares, e acredito que seja uma mensagem sobre pessoas lidando com a morte, a sensação de perder a primeira pessoa querida, ou como é superar essa dor...  E com certeza tem algo mais que eu não consegui entender, o jogo tem realmente uma história complexa.
A casa da vovó é o lugar mais sinistro que já vi, cada uma das garotas, tem uma visão diferente da casa da vovó, apesar de ser no mesmo lugar, eu achei bizarra todas as que vi, andar por um corredor dava uma agonia imensa... O lobo então, quando vi a primeira vez, achei realmente assustador, aquela sensação de perigo, a criatura andando pelo lugar, o rosto dela aparecendo de leve na tela, e o rosnar dele de forma ameaçadora, nossa eu gelei!
Infelizmente esse jogo não é pra qualquer um, eu mesmo não consegui jogar, apenas testei quatro personagens, o controle é muito ruim, você vira a camera com dificuldade e a personagem às vezes não passa pelo cenário, ficando presa e fazendo voce ter que dar a volta, só que ela corre muito lentamente, quando você entra em uma zona com coisas pra interagir, não pode correr, é obrigado a andar, e se correr é lento, imagina andar... No final das fases, você se depara como lobo e um evento acontece, então você acorda em frente à casa da vovó, mas tem que atravessar todo o terreno até chegar na casa, com a velocidade reduzida em uns 90%, imaginem então como é lento, voce segura o botão de ir pra frente e fica olhando o personagem levar 2 minutos pra chegar. Devido à essa lentidão, o jogo torna-se cansativo, e com certeza irritante para muita gente. Eu gostei da história e das sensações que são passadas, e entendi o objetivo dele, por exemplo essa lentidão de andar na frente da casa da avó lentamente no meio de uma chuva, é pra passar a sensação de não estar totalmente acordado, a tela vai borrando, aquele som de chuva é calmante, e tudo começa a escurecer, parece que vai ficando mais difícil chegar, quando você entra na floresta e ouve o seu coração, sente o medo e a pressão de se perder, quando você vê certas frases e atitudes das personagens, mesmo em um lugar tão sombrio, consegue achar lindo. Então o jogo não é para ser jogado, mas sim sentido, é um jogo de mexer com você e transmitir de forma profunda aquele sentimento. Mas infelizmente essa jogabilidade também é o que mata muita gente que poderia amar, a lentidão e falta de combates e quebra cabeças, torna o jogo puramente história e sentimentos, fazendo com que a maioria dos jogadores deixe de jogar, eu mesmo gostaria, mas não aguento.

Enfim

Se você quer ver algo diferente e ter sensações incríveis, esse jogo pode ser uma surpresa! Porém se você quer um jogo com um estilo já existente, com ação e movimentação, se afaste pois vai achar The Path uma droga.


Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

4 Comentários

  1. Vou baixar ele um dia desses, já tinha dado uma olhada, pareceu interessante, mas pelos videos eu fiz essas mesmas constatações do tipo, "Porra a menina num corre, não?!" HUAHUAUH Mas eu jogo ele um dia...

    ResponderExcluir
  2. já tinha visto alguns videos sobre esse jogo e realmente me lembra silent hill de uma forma mais modesta.
    Pra mim vale a pena testar só pela façanha de transformar uma historia como Chapeuzinho Vermelho em um jogo de terror =D.

    ResponderExcluir
  3. Ae Sky, vi sua dica e acabei baixando o jogo par testar. Realmente a palavra que descreve o jogo é "interessante", quem for joga-lo esperando algo emocionante e agitado vai se decepcionar pq o jogo é bem singelo e psicológico. O legal é que no site oficial eles disponibilizam um patch com a tradução em portugues =]

    Enfim o jogo é legal, mas vc tem q ter muuuuuita paciencia,principalmente no final de cada partida.

    Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  4. Massa é que nela tem através da voz sombria de uma mulher, a verdadeira estória da Chapeuzinho que acreditem, é pesada pacas!
    http://divulgantemorte.blogspot.com.br/2013/09/analisemorte-path.html
    Mais uma vez postando o link!

    ResponderExcluir