Mirror's Edge - Parkour, armas e pancadaria sobre prédios

Eu já tinha ouvido falar bastante desse jogo mas não pensei que ia me agradar tanto quanto agradou =)

História

Sobre os edifícios de uma metrópole, informações extremamentes valiosas são transportadas da forma mais rápida e segura, através dos chamados "Corredores" pessoas contratadas para pegar ou entregar informações e pacotes sem serem monitoradas. Faith é uma corredora que acaba por ver sua irmã sendo acusada de um crime que ela não cometeu e estranhamente passam a persegui-la também, é então que ela parte em busca da verdade sobre o que ocorreu.

Sobre o jogo

Mirror's Edge é um jogo único, quando o jogo eu sinto que estou novamente jogando Portal novamente, não é que o jogo tenha portais ou um laboratório ou alguma coisa a ver, mas sim pelo jeito diferente do jogo, único e também os ambientes muito brancos e com cores fortes dá uma sensação de limpeza que só portal havia me passado até hoje.
Certamente o que mais chama atenção no jogo é o fato de se usar alguns movimentos parkour em cima de prédios, dessa forma fazendo coisas incríveis como andar nas paredes, pular de locais enormes, subir em lugares muito altos se aproveitando de objetos do cenário e etc, além disso sendo nas alturas você acaba por ter uma sensação de liberdade muito boa, se sente como se pudesse ir a qualquer lugar e sem ter super poderes hehehe. Outra cosia muito boa é poder ver o seu corpo, os caras trabalharam muito bem nisso, apesar de ser um jogo em primeira pessoa, se você olhar pra baixo, você verá o seu corpo, se você se segurar em uma barra você verá sua mão e também há reações como se encostar em uma parede você coloca a mão nela. Os efeitos do ambiente atingem seu corpo por isso sombra e luz podem ser vistas no corpo da personagem se olhar.
Os efeitos ambientes são muito bons, é um ambiente muito urbano, há aviões passando no céu, ratos passando rapidamente por locais apertados, reflexos, pássaros entre várias outras coisas mas o melhor é a visão do personagem que foi simulada muito perfeitamente, por exemplo quando você olha para um local perto, o que está ao redor fica meio borrado, é igual nossa visão funciona, ela não foca tudo ao mesmo tempo, apenas o que você está olhando, além da camera ser tremida, quando você anda então vê a tela se mexendo de acordo com o ritimo do seu corpo, é fantástico e dá uma sensação de realidade que eu nunca vi antes, e acompanhado dos gráficos espetaculares só fica melhor. Eu acredito que se fossem fazer um jogo de cloverfield, esse seria o melhor jogo para se tirar a engine pois transformar a visão do jogo na visão de uma camera seria fácil e ficaria incrível.
Os sons ambientes do jogo são muito legais, é possível ouvir carros passando na rua e businando, os sons dos seus próprios passos, barulhos mínimos, muitas vezes chega a ser até assustador hehehe, há momentos em que você pára a personagem para ouvir passos ou conversas dos inimigos.
O combate não é o foco do jogo mas é algo qu
e acaba por se ter que usar, nele você poderá dar golpes corporais usando socos e chutes podendo usar varias combinações, ou pode desarmar um inimigo e usar essa arma contra os outros, mas como o jogo é realista a munição acaba rápido pois as armas não tem munição ilimitada, e se você for correr uma arma atrapalhará portanto o normal é que se use ela por um momento e a jogue no chão para continuar o percurso. Há uma boa variação de armas, metralhadoras, shotgun, sniper etc.
O jogo em si é muito bom, ele não fica na mesmice, de acordo com a evolução da história ocorrem coisas muito legais como você ter que perseguir outros corredores por cima de prédios, a sensação é fantástica, ver ele correndo e tentar acompanhar, ou pode se reverter, como você ser perseguido por um corredor e ter que arrumar uma rota de fuga apenas analisando rapidamente o ambiente e evitando morrer, e o melhor é que não existe apenas um modo de passar das fases mas sim vários, você pode escolher que meios chegar a um objetivo, não existe um caminho pré determinado sempre.
Faith tem um comunicador no ouvido em que recebe informações, isso é muito agradável pois as vezes você se vê sem local pra sair e então o seu informante que fica analisando mapas das áreas em que você está vai avisando sobre rotas que se pode usar e também a história vai evoluindo dessa forma.
As apresentações do jogo são mostradas em forma de desenho animado, apesar de eu ter achado meio mal feitinho esses desenhos, eles tem um estilo próprio, o que é muito bom em caracterizar o jogo.
Se estão cansados da mesmice e querem um jogo diferente então essa é uma boa escolha, o jogo ainda tem 18 opções de legenda incluindo português.


Trailer

Requerimentos
Processador: Pentium 4 3.0 GHz ou equivalente
Memória RAM: 1GB
Placa de Vídeo: Compatível com Shader Model 3.0 e 256 MB de memória
Espaço no HD: 8GB

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

6 Comentários

  1. Eu baixei 1 dia depois que lançou, 8D
    Achei muito maneiro, pena que zerei rápido.. [entorno de 6h de jogo], mas vale a pena!

    ResponderExcluir
  2. Esse é um que, ao mesmo tempo que eu vejo todo mundo falar mó bem e que tenho mó curiosidade pra jogar, não fico afim após ver os videos =x

    ResponderExcluir
  3. caraca vi um cara jogando no youtube, achei demais ele, pelos graficos q vi pensei q era super pesado, mais num é não Lol

    ResponderExcluir
  4. Joguei um poko
    Curti pra cariau

    Mto loka a sensação de liberdade
    =D

    ResponderExcluir
  5. Nossa, achei essa análise por acaso, porra, esse foi o primeiro jogo que joguei/zerei quando ganhei meu xbox 360 de aniversário em 2009 =D, Mirror's Edge se tornou meu jogo favorito .-., zerei 5 ou 6 vezes xD.
    Pena que não fizeram o 2 =x...

    Até mais Sky =D

    ResponderExcluir