Star Trek: Hidden Evil - Quase um Resident Evil espacial

E la vem eu de novo falando de velharia ein? às vezes esse blog deveria se chamar "O cafofo da sucata" de tanto jogo antigo que falo aqui, parece até que não sei que ja existe nova geração não é? Mas bom eu sou pobre u.u hunf então vamos falar das minhas antiguidades mesmo!


Star Trek Hidden Evil é um jogo que me trás boas recordações, não que eu seja fã de star trek, as pessoas às vezes confundem e pensam que fãs de Star Wars e fãs de Star Trek são a mesma coisa porque é tudo no espaço, mas não é verdade Ò.ó , porém voltando sobre o jogo, ele me dá muitas recordações boas, no ano de 2000 eu tinha um CD-ROM de demos e instalava TUDO no meu PC, tinha até a pastinha chamada JOGOS, eu achava o maximo, enchia meu PC de demos e pensava:

"Caracas eu sou muito foda! Tenho uma pasta inteira de jogos!!!"

Igual a um retardado -.- mas tudo bem né? Naquela época eu não tinha como conseguir jogos então as demos pra mim eram perfeitas e me faziam ficar horas e horas jogando kkkkkkkkkk, porém o tempo passou. e a época das pastas das demos também, o cd-rom foi esquecido e nunca mais o achei, mas lembrava que esse jogo era muito, mas muuuuuito bom, além de ter um grafico fantastico, ele não era um jogo de aventura comum, mas sim um jogo de star trek que adotava o estilo Resident Evil, ou seja os angulos de camera do jogo mudavam de acordo com o cenario em que se entrava, tinha varios quebra cabeças a se resolver para acessar outras areas e também em certos momentos até mesmo haviam sustos! Era incrível...
Com isso sai a procura do bendito jogo, quando o achei pfff rodava a bagaça? Nãããooo, o windows XP tinha
que ficar com frescuras! A bagaça não funcionava de jeito nenhum e então desisti, porém ontem resolvi testar de novo, consegui o jogo, instalei e fui em foruns para ver se conseguia alguma forma, e adivinha só? Consegui! =D foi lindo *-* e então joguei a bagaça e estou aqui para escrever mais uma super matéria sobre um jogo para vocês! uhuhuhuhu Ò.Ò

História

A base do enredo do jogo é no filme "Star Trek: Insurrection" e mostra a exploração de uma ruina no planeta Ba'Ku pela
tripulação da Enterprise (Aquela nave que todos conhecem), porém a historia só esquenta mesmo quando descobrem que dentro do planeta há uma raça aprisionda! E então é que o jogo começa, você controla o Ofical Sovok e recebe várias ordens para ir cumprindo as missões.

Jogabilidade

Como já havia falado antes, esse jogo me impressiona, o estilo dele é realmente muito igual ao resident evil e isso pode vir a incomodar algumas pessoas pois a movimentação dos personagens também é aquela de ter que girar o personagem para andar para um lado, um detalhe muito legal quanto à movimentação é que ela foi
realmente muito bem trabalhada, os personagens não se movem de forma tão travada quanto jogos da época, ou seja se você manda seu personagem correr para o lado ele da todos os passos certinho mostrando flexibilidade no corpo e não como um personagem todo duro, os enigmas do jogo são muito legais, às vezes os caminhos não estão simplesmente livres então você tem que achar códigos, eliminar certos inimigos para conseguir cartões de acesso e tem também alguns extremamente divertidos como por exemplo um em que você tem que pegar amostras geneticas de duas criaturas e usar uma maquina para construir uma nova criatura com novas resistencias e que possa atravessar um local para você! Ficou ótimo! Você tem uma variedade de itens que são muito bem aproveitados, são eles:

Tupe II Personal Phaser:

É a sua arma inicial, fraca porém util, tem um tiro laser amarelo.

Starfleet tricorder
É um scanner que te permite procurar coisas escondidas na area, você ativa ele e vai procurando, ele da
informações de coisas perigosas, falhas em campos de força, tipo de dano que algo pode causar, resumindo é util demais, há alguns locais que só com ele para poder saber o que fazer dando uma olhada no ambiente.

Communicator badge
Com ele você pode receber ordens de seu superior e até mesmo sair de alguns problemas pedindo ajuda.

Vulcan Nerve Pinch
Vocês já devem ter visto aquela mãozinha safada que o Spock aplica no ombro das pessoas e faz elas cairem inconscientes na hora, bom existe esse movimento no jogo, você nem sempre precisa chegar no tiroteio, e as vezes simplesmente não pode sair fazendo escandalo então é só chegar devagarzinho por trás e "Ooops" o inimigo cai desacordado.

Medical Hypospray
Ele é aplicado na região do pescoço e recupera parte da sua vida, muito util durante todo o jogo pois é a unica coisa que te faz recuperar a vida.

Son'a Disruptor
É a segunda arma laser do jogo, tem tiro azul e é muito mais distrutiva, você só a consegue quando estiver mais a frente.

Genetic Sampler
Com ele você pode retirar amostras geneticas de criaturas vivas ou mortas e mais a frente usar essas amostras para criar um clone ou algo semelhante.

Além deles ainda há vários itens que você encontra durante o jogo e usa de forma interessante como por exemplo os talismãs que te permitem teletransportar para variados cenarios.


Graficos

apesar de ser de 1999, os caras acharam uma forma muito legal de colocar um jogo inovador no universo de star trek e ao mesmo tempo usaram isso como desculpa para colocar graficos lindos, tipo o cenario em si não é 3D mas sim feito de imagens em 3D, dessa forma os desenvolvedores não se prenderam às limitações da época e poderam fazer graficos lindos e colocar em todas as partes, apesar dos cenários não terem movimento da para se adimirar eles bastante, principalmente com os angulos de camera que são colocados.

Sons

As musicas do jogo são muito agradaveis, sendo colocadas de acordo com o cenario, os efeitos sonoros não são grande coisa mas cumprem o que deve fazer, só que o que impressiona mesmo é a dublagem dos personagens, ficou simplesmente incrivel! Sendo que o personagem que foram selecionados atores do filme para dublar dois dos personagens (o banco de dados e o capitão Picard)

Parte negativa

O ruim do jogo é os bugs que tem, sério que joguinho mais bugado, eu não sei se é porque joguei no windows XP, ou se é porque o jogo é mal programado mesmo mas sempre acontecem coisas como você ta andando e o seu personagem desaparece e não da mais pra fazer nada, ai só carregando um jogo salvo, e isso não acontece raramente, é o tempo todo,
é realmente um saco, as vezes eu pensava "Po como um jogo tão bom pode irritar dando bugs!" outra coisa que pode desagradar muito é o tamanho, para terem uma idéia ontem acordei, instalei o jogo pra tentar jogar, arrumei o problema, joguei, zerei e fui almoçar, resumindo o jogo é minusculo demais!!! Você joga e zera de primeira! Eu me diverti com certeza mas vendo jedi outcast que também é antigo, só tem um CD também e é enorme, eu fico de cara em ver o tamanho do Star Trek

Mas resumindo o jogo é super legal pessoal, se você é Trekker ou fã dos primeiros jogos do Resident Evil provavelmente irá se agradar desse também!


Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Hhehehe... lembrei da época em que eu também tinha a minha pastinha JOGOS, todos demos. Passava hooras me divertindo com jogos bem curtos. Lembro de Duke Nukem, Doom, DescentI e II, Syberia, Civilization I, Conquest of the New World, Pitfall for Win95!! saudosos tempos de mulek sem ter o q fazer

    heuaheuaheuehauhahua

    ResponderExcluir
  2. Hello amigo!! a vida de nerd é coisa rara hj em dia.... sou professora e COMo gostaria de dar aulas para pelo menos uns 10 nerds XD

    assim qdo eu fizese piada sobre algum cap de jornada nas estrelas alguem me entederia!

    ah sim.. sobre seu post.... fikei curiosa sobre o jogo, parece ser quadradão mas e a jogabilidade?

    vou caçar em algum buraco da net para baixar!!!

    beijos na alma!

    ResponderExcluir