Ofertas do dia no link de afiliado Amazon!

Fragmentos do Horror | O mangá que marcou o retorno de Junji Ito ao horror anos depois

O mundo dos mangás é vasto e oferece uma infinidade de obras que às vezes até deixamos passar. Tipo o inusitado Dragon Ball Gaiden, com sua proposta tão provocativa, mas pouquíssimo comentado. O mesmo para Resident Evil: Marhawa Desire, que chegou a sair no Brasil, mas foi algo bem discretinho e pouquíssimas pessoas têm. E, temos clássicos como Vampiros, que mostrou o lado sombrio de Osamu Tezuka. Mas em meio a tantas opções e tantas coisas underground, um dos mestres simplesmente sumiu por um tempo, e isso acabou gerando uma obra que se torna peculiar exatamente por simbolizar bem a coisa.

No começo do milênio, tivemos a obra de Junji Ito que o fez estourar no mundo inteiro. Aquela bizarrice colocou o autor no palco mundial. Chamou muito a atenção e criou uma legião de fãs. Como estávamos no início da era da internet, não foi uma surpresa tão grande ele não ter o destaque que teria se fosse uma personalidade descoberta em tempos modernos. Mas ainda assim, com a quantidade monstra de publicações, foi um autor que não teve a atenção que merecia, e foi diminuindo, diminuindo, até virar só "Aquele autor que fez o fantástico Uzumaki!".
E isso aconteceu porque em 2006 ele publicou Contos Esmagadores, e depois disso, foi fazendo outras trabalhos e quando menos esperou, se passaram oito anos e ele simplesmente não notou que o tempo passou tão rápido, até retornar. E quando retornou, estava enferrujado! Tanto que a primeira história não é a que foi publicada, ela era bem diferente. Isso porque, ao enviar para o editor, ele achou uma desgraça e o mangaká reescreveu tudo.

Fragmentos do Horror é uma obra que mostra claramente a tentativa de um artista em tentar retornar ao que já foi. Um volume que reúne obras interessantes, mas também obras que notavelmente foram criadas em sua tentativa de retornar ao ritmo e exercitar sua criatividade. Lançado em 2014, após um hiato de 8 anos, essa obra vendeu feito água, e marcou o retorno dele em vários locais, inclusive no Brasil, que foi lançado pela Dark Side. Até então o autor só se destacava por Uzumaki, e o público ficou maravilhado de ter mais.
É notável que ele conseguiu "ficar em forma" novamente graças a essa obra. Isso porque, ao contrário de muitos artistas que ficam decadentes com o passar dos anos, ele continuou escrevendo, e tivemos Declínio de um Homem, considerado por muitos como uma obra prima, e inclusive fugindo do padrão do autor.

No Brasil, o acabamento feito foi fenomenal, em capa dura, e com um efeito muito peculiar, que é um verniz transparente com figuras fantasmagóricas que só podem ser vistas quando a luz bate em determinados ângulos. Também tem um preço que atrai muito mais do que boa parte das obras do autor, sendo a porta de entrada perfeita para quem quer conhecer.
Enfim, tá aí um mangá que acaba sendo uma obra peculiar mais pela história de como foi feita, do que pelas histórias em si. É o tipo de item que fãs do autor precisam ter, já que não é apenas mais uma coleção do mangaká, mas algo que têm uma "essência" da jornada de seu criador como autor de terror, apresentando altos e baixos. Atualmente é possível achar cópias no Brasil ainda. Confira:


O adblock bloqueia links de afiliados da Amazon como esse aí, então se não estiver aparecendo, é só desativar o adblock.
 
Imagem da promoção Galera! O Nerd Maldito tem um link de afiliado na Amazon atualizado todo dia com listas temáticas de itens que vocês vão amar! Já viram hoje? Confira no link de afiliado Amazon!
 
Sobre Junji Ito

Junji Ito, nascido em 31 de julho de 1963 na prefeitura de Gifu, Japão, é um renomado autor de mangás e um dos mestres do horror no mundo dos quadrinhos. Com uma carreira que se estende por décadas, Ito ganhou reconhecimento internacional por suas histórias únicas, perturbadoras e muitas vezes surrealistas. Seus trabalhos são conhecidos por explorar os limites do horror psicológico e do grotesco, levando os leitores a um universo sombrio e fascinante.

Início da Carreira

A carreira de Junji Ito começou a ganhar destaque na década de 1990, quando suas histórias começaram a ser publicadas em revistas de mangá japonesas. Seu estilo distintivo, combinando um traço detalhado e realista com elementos grotescos, chamou a atenção dos leitores e críticos. Em 1998, Ito lançou uma de suas obras mais icônicas, "Uzumaki," que significa "espiral" em japonês.

Uzumaki: Uma Jornada Pelo Horror

"Uzumaki" é uma obra-prima do horror mangá que mergulha os leitores em uma cidade assombrada por uma obsessão bizarra com espirais. Ito explora a transformação física e psicológica dos habitantes de Kurôzu-cho à medida que eles são consumidos pela espiral, transformando o cotidiano em pesadelos surreais. A narrativa é intensa e inquietante, com Ito habilmente construindo uma atmosfera de horror cósmico que é única em sua execução.

Outras Obras Notáveis

Além de "Uzumaki," Junji Ito produziu uma série de obras impactantes que solidificaram sua posição como um mestre do horror. Entre elas, "Tomie" explora a natureza macabra da imortalidade, enquanto "Gyo" apresenta uma história de invasão marinha surreal e aterrorizante. Cada obra de Ito oferece uma experiência única, mas todas compartilham a assinatura inconfundível do autor.

Estilo Único

O traço de Junji Ito é distintivo e reconhecível à primeira vista. Sua habilidade em retratar detalhes realistas é combinada com uma imaginação surreal e monstruosa. Os personagens de Ito muitas vezes enfrentam transformações grotescas e perturbadoras, refletindo os temas de horror corporal e psicológico que permeiam suas histórias. Seus cenários são meticulosamente desenhados, criando uma sensação de realismo que intensifica o horror.

Influência Internacional

A influência de Junji Ito se estende muito além das fronteiras do Japão. Suas obras foram traduzidas para vários idiomas, permitindo que fãs ao redor do mundo apreciem o talento único do autor. Além disso, suas histórias inspiraram cineastas, escritores e artistas em diversas mídias, consolidando seu status como um dos maiores nomes no mundo do horror.

Junji Ito é uma figura lendária no mundo do mangá e do horror. Seu impacto transcende fronteiras culturais, e suas obras continuam a cativar e aterrorizar leitores ao redor do mundo. Com sua habilidade única de transformar o cotidiano em pesadelos surrealistas, Junji Ito permanece como um mestre do gênero, cujo legado continuará a influenciar gerações futuras de criadores de horror.

 
 
a

Postar um comentário

0 Comentários