NieR:Automata | Um demake tosco pra cacete do jogo sensual!

Você certamente deve conhecer NieR:Automata, aquele jogo lançado pros tarados da Regra 34 se divertirem, incluindo o incentivo do diretor Yoko Taro, que pediu pelo twitter para os fãs mandarem semanalmente um arquivo zip com novas fanarts safadas da 2B (Coisa que os fãs garantiram acontecer). No entanto não só apenas de putaria vive o mundo gamer, nele também tem outras coisas como demakes! Infelizmente ser um demake não significa necessariamente ser bom né?


Eu sei, muitos de vocês devem estar pensando "Não, mas demakes são muito bons, são lindos!", porém certamente devem estar pensando em pequenas obras primas como Low Knight e PT 1998. Mas a verdade é que o cara estar inspirado para um demake não quer dizer que ele seja bom no que faz.

NieR:Automata Demake é uma reimaginação do jogo da oitava geração de consoles, simulando uma versão da era do playstation 1. Ele te coloca no papel de 2B! Uma androide que vive em um futuro em que a terra está um caos, sendo invadida por máquinas que vieram de outro mundo. E assim precisa lutar contra os invasores.

Você maneja uma espada e pode correr por aí, usar ataques ferozes contra os robôs invasores sem piedade, tendo apenas que se preocupar com a stamina, que também é usada para aumentar a velocidade para chegar o mais rápido possível e destruí-lo, podendo também usar sua espada como forma de defesa usá-la para bloquear ataques.

Radical né? Bom... Em teoria é, infelizmente o jogo ficou só a bagaça porque exatamente um dos elementos principais para a coisa funcionar não foi desenvolvido, a inteligência artificial! Se você vai jogar um hack and slash, certamente você quer que os inimigos reajam né? E bom.. Os daqui reagem, eles atacam... Se você chegar perto até encostar neles eles te dão um soco. '-'

O resultado é um monte de vagabundo dando um rolé por aí, e apenas esperam você ir lá matar. Existem demakes parados assim que até tem sentido, como Grand Theft Audio 3, que o diferencial é você admirar a grandiosidade do mundo aberto e como foi refeito. Mas aqui o negócio é em um cenário limitado, fechado e com os robozinhos andando lentamente por aí.

Engraçado que esse demake tem um potencial absurdo, pois se você ver jogos como Lugaru e Overgrowth, nota o quanto o mundo em si é seco, mas é encantador o combate, tanto que te faz querer repetir várias vezes, não para ver o que está ao redor, mas para entrar numa treta louca contra os inimigos.

Bom, ao menos no visual, a coisa é atraente, algo feito com uma baixa quantidade de polígonos que simula jogos de Playstation 1. Acho que pra ficar perfeito só faltou umas texturas pixelizadas para dar um toque retro na coisa, mas no geral até que é bacana, para fãs do jogo original pode ser curioso dar uma olhada. Quem se interessar pode baixar aqui.

Comentários