Mystery from the Attic | Puzzle gratuito curtinho e divertido

Quando se fala de traumas na infância, é normal se pensar em  coisas cabulosas, no entanto acredito que a maioria das pessoas já teve nem que minúsculos traumas, afinal de contas é uma época sensível né? E Mystery from the Attic é um pequeno em todos os sentidos que aborda o assunto e acaba sendo curioso por tocar em um tema sério, mas fazer tudo de forma rápida, proporcionando uma aventura direto ao ponto.

Aqui você assume o papel do pequeno Oggy, um garotinho que acaba acordando durante a noite e decide partir em uma aventura, explorando os cantos de sua casa durante a madrugada. No entanto o que inicialmente parece algo puramente divertido e cheio de desafios logo se mostra ser mais sombrio do que ele pretendia.

Esse é um jogo que me atraiu inicialmente pelo seu visual super bonitinho, e logo percebi que é algo que é semelhante a aqueles jogos completamente aleatórios que eram super populares na internet na primeira década de 2000. Joguinhos sem compromisso que todo mundo acabava baixando porque estava sem o que fazer.

Acho que qualquer um acaba associando rapidamente esse jogo a Among The Sleep, no entanto não se trata de um demake, mas apenas um jogo com uma temática semelhante, apresentando uma criança se aventurando pela casa à noite e tendo que enfrentar o terror. No entanto esse jogo não tem um terror pesadão.

Assumo que foi meio decepcionante nesse quesito, pois fui jogar sem saber nada sobre, apenas pelo visual, então primeiro me surpreendi quando o jogo assumiu um tom mais pesado, isso porque até então eu estava apenas resolvendo puzzles e tal, mas quando as luzes de repente se apagaram e tudo ficou sombrio, logo imaginei que poderia ser tipo um Ao Oni da vida.

A verdade é que o jogo continua tranquilo e a temática apenas dá uma pesada, mas usa a mesma mecânica que é a de empurrar móveis e colocá-los na pose certa pra conseguir sair dos lugares. Esse é o tipo de jogo que você precisa quebrar a cabeça para passar dos lugares e se vacilar na hora de movimentar os móveis, terá que reiniciar, pois ficará preso.

O visual é muito bonitinho e como falei, foi exatamente isso que me chamou a atenção de imediato e fez eu querer testar. Tem cores muito bem selecionadas e que combinaram bem entre si, além do visual geral ter ótimos detalhes. A única coisa que ficou meio feinha foi a movimentação, que infelizmente é o personagem se teletransportando, parecendo alguns jogos antigos (Se você for super old school talvez até curta).

Enfim, Mystery from the Attic é um daqueles jogos que você baixa apenas pra dar uma jogadinha, dá pra zerar extremamente rápido, tendo poucas fases, e podendo levar um tempo a mais para os que tem dificuldades em conseguir montar mentalmente os puzzles. Vale a pena ter no PC pra jogar naquela hora do tédio. Caso se interesse, você baixa gratuitamente aqui.

Comentários