O clipe da versão completa da abertura de Evangelion em HD

Lançado originalmente em 1994, o mangá de Evangelion foi um sucesso e já no ano seguinte ganhou um anime, que foi a porta para estourar mundialmente. Desde então os fãs só aumentaram com o passar dos anos e cada vez mais material foi lançado. No entanto apenas 23 anos a King Records decidiu lançar o clipe da versão completa em HD.



A música Cruel Angel’s Thesis (Zankoku na Tenshi no Te-ze), foi lançada junto com o anime e inicialmente foi feita apenas para isso mesmo, assim como existe uma quantidade imensa de músicas de anime. Mas no fim das contas, com o sucesso, se tornou inevitável não ganhar o carinho dos fãs, tipo a Tell me Why do Berserk. Se você não conhece, confira:

Acabou que Evangelion sempre teve uma certa ligação com música, e os próprios fãs sempre trabalharam pesado pegando cenas do anime e transformando em AMV's, aliás, foi um dos primeiros animes que teve AMV's em massa, um bom exemplo é o clipe Engel do Ramstein sincronizado com Evangelion.

Obviamente a própria música tema não ficou esquecida, e assim vez ou outra aparecia nos mais variados locais. Inclusive, apesar de ter sido algo criado especialmente para acompanhar o anime, não foi como muitos em que é apenas aquela versão de um minuto e meio e acabou, existe uma versão completa, confira sendo apresentada ao vivo:
Mas o tempo foi passando, e naturalmente a coisa foi envelhecendo, mesmo com outros produtos de Evangelion surgindo, tipo Rebuild of Evangelion, entre outras coisas que foram dando destaques para a franquia, se tornando uma obra cult, e frequentemente dando as caras, especialmente com o crescimento da internet.

Aliás, talvez seja coincidência, mas em 2018 a abertura se tornou meme e muita gente começou a colocar ela no fim de vídeos toscos, em momentos completamente inusitados pra gerar umas gargalhadas, e a King Records lançou a versão completa da música em um clipe em HD com uma quantidade frenética de cenas pronta para dar um ataque epilético em qualquer um, confira como ficou a coisa:

Comentários