Superman Lives | O excêntrico filme cancelado do Homem de Aço

Todo mundo conhece o Superman e sua infinita quantidade de quadrinhos, além de obras extras que foi deixando através dasa décadas como a série de TV em preto e branco. No entanto nem todos os projetos viram a luz do dia, e um deles foi Superman Lives, dos anos 90. Porém ainda dá pra ver como um uniforme e os detalhes da produção chamam a atenção.



Existem duas coisas extremamente curiosas sobre esse filme, a primeira é que seria dirigido pelo Tim Burton, que sempre teve um toque sombrio em suas obras, então talvez bem antes do filme O Homem de Aço, iríamos ver o Super Homem ganhando um toque mais sombrio. Por outro lado a segunda coisa curiosa é que o personagem seria interpretado pelo Nicholas Cage! Na época ele não era zoado igual na geração internet, mas ainda assim seria meio esquisito né?

Tudo indicava que o filme iria ter um tanto diferente. Apesar de que não dá pra dizer que o herói nunca mudou, a própria origem do Super Homem foi como um vilão, e com o passar dos anos os testes de possibilidades foram variados. Inclusive nos quadrinhos tivemos loucuras como Entre a Foice e o Martelo ou mesmo o divertidíssimo Identidade Secreta.

O roteiro foi feito pelo quadrinista Kevin Smith, no entanto o produtor do filme John Peters, quis que algumas alterações fossem feitas. O resultado foi uma verdadeira bagunça por choque de ideias que gerou um gasto de 30 milhões, sendo que o orçamento máximo era de 100 milhões e no fim das contas o longa metragem só foi cancelado mesmo. Porém sobrou um vídeo apresentando um dos uniformes mais do que psicodélico. Confira:


Vixe ein? Depois de colocar esse uniforme era só o Super aparecer na balada e ia roubar a cena. Esse uniforme é usado em uma tecnologia kryptoniana para ressuscitar o Super Man após ele ter morrido pelas mãos do Apocalipse. E daí que vem o nome do filme "Super Homem Vive". Interessante como eles adaptavam as coisas na época em que efeitos especiais eram complicados né?

Após o cancelamento, Burton ainda tentou levar a ideia para frente, propondo para a Warner fazer uma animação no lugar de um live action. Inicialmente ela achou interessante, mas no fim das contas acabou decidindo que era melhor só abandonar de vez mesmo. Jim Carrey e Gary Oldman eram cogitados para interpretar o vilão do filme, Brainiac.

Comentários