Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Tesla vs Lovecraft | A tecnologia tocando sobrenatural

Hoje vou falar sobre um jogo que a proposta em si pode já ser o grande empurrão que fará muita gente querer dar uma conferida, colocando o autor H.P. Lovecraft contra o inventor Nikola Tesla. Mas que se não fosse a temática, poderia acabar passando despercebido. Mas que apesar de tudo pode gerar uma quantidade imensa de diversão para quem quer passar o tempo.


A história se passa no início do século XX, quando Tesla é surpreendido com o seu laboratório pegando fogo, e a surpresa aumenta ainda mais ao ver criaturas horrendas saindo do lugar com suas invenções. Não demora para descobrir que o responsável foi o autor H.P. Lovecraft, que usou um livro antigo para invocar esses seres e evitar que as invenções abram um portal para algo bem mais tenebroso ser libertado na terra.

Esse é um jogo que tem seus altos e baixos. Por um lado a premissa acaba atraindo os fãs de Tesla e Lovecraft, no entanto a jogabilidade simplesmente não condiz com o que normalmente esse público iria esperar (especialmente os fãs de Lovecraft). Isso porque é um jogo frenético de tiroteio e, apesar de muito divertido, tem uma jogabilidade já bem comum.

Jogos semelhantes são Alien Shooter, Crimsonland e Hatred. Então no geral é andar e atirar, matar todos os inimigos que estiverem no lugar e então passar para o próximo cenário. Existem alguns elementos que dão uma tunada em suas habilidades, fazendo a coisa variar, dando aquela mistura entre sorte e estratégia.

Você vai evoluindo seu personagem em cada partida, e isso é zerado no final dela, portanto é algo temporário. Existem algumas coisas que você vai destravando por fora, mas as habilidades mesmo são coisas que você escolhe naquele momento. Tipo mais velocidade, tiros mais rápidos, mais aparição de power-ups, etc.

Por um lado é bom ver algo assim, pois jogos do gênero costumam ser meio vazios, é tipo um jogo de celular, algo bem divertido, porém que serve muito mais como passa tempo, não é preciso de história. E aqui conseguiram ter uma ideia que naturalmente atrai. Por outro lado bate aquela sensaçãozinha de "Nossa, imagina uma trama dessas em uma jogabilidade mais complexa?".

Mas o que estou falando não são pontos negativos, apenas um certo contraste sobre um jogo com uma base tão interessante com uma jogabilidade simples demais e frenética. Agora algo que realmente achei um ponto negativo (E isso é questão de opinião), foi o visual apresentado na coisa. Pra ser mais específico, a paleta de cores.

Quando eu penso em um jogo envolvendo Tesla ou Lovecraft, é natural pensar em um tom bege, acinzentado ou qualquer outra cor que lembre algo antigo. No entanto a paleta de cores lembra muito mais league of legends, com aquele visual meio rosa, meio verde, meio roxo, tudo gritante pra caramba. Acho que isso ficou bem esquisito e anti-atmosférico.

Talvez isso não fosse tão desagradável se o design do jogo não fosse no estilo animação da pixar, afinal de contas ao parar pra pensar, são cores que tem tudo a ver com os Mitos de Cthulhu, mas como o estilo é com esse visual, essas cores acabam deixando a coisa meio infantil demais. Aliás, falando em visual, curiosamente as invenções do Tesla me passam bem mais a atmosfera Steampunk que algo Dieselpunk.

Enfim, apesar dos pontos negativos, Tesla vs Lovecraft é um jogo muito divertido e que certamente dá uma ótima variada no gênero de tiroteio desenfreado, adicionando história a esse tipo de jogabilidade. É perfeito para aqueles momentos em que você só quer passar o tempo, e também maravilhoso para jogar em cooperativo com um amigo. Recomendo!


Nenhum comentário: