Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 21 de maio de 2017

Portal Knights - RPG cooperativo em ilhas voadoras

Esse é mais um título daquela lista de jogos parecidos com Minecraft, porém é também um jogo com um diferencial próprio, que no caso é um climinha de aventura bem especial. Uma experiência mais voltada para o estilo RPG com os amigos do que a construção em si, embora também seja possível jogar para construir.


A história se passa muito tempo após um evento catastrófico que aconteceu no planeta, algo conhecido como "A Fratura", que destruiu o mundo inteiro, despedaçando-os em ilhas voadoras. Você assume o papel de um dos aventureiros conhecidos como "Cavaleiros do Portal", pois podem construir e atravessar portais para ter acesso a outras ilhas.

Eu sei, a história não é lá das melhores e já foi usada em diversos jogos como Sky Nations, que também tem uma jogabilidade semelhante, ou Warlock 2: The Exiled, que tem uma história semelhante também, porém melhor trabalhada. No entanto a parte boa é que esse jogo tem um foco maior na própria jogabilidade com os amigos e não na história.

Nele não é gerado um único mundo de forma aleatória, mas sim pequenas ilhas aleatórias que precisam só podem ser acessadas através de portais. Você pode criar coisas nessas ilhas, ou pode sair para se aventurar, enfrentando inimigos para ganhar experiência e itens, falar com NPC's para pegar informações ou missões, melhorar o equipamento, evoluir o personagem, caçar tesouros, enfrentar chefes e outras coisinhas mais.

Como são ilhas voando, isso acaba limitando um pouco para quem quer explorar as profundezas do mundo, como em Minecraft. isso porque rapidamente você chega ao fundo e cai. Mesmo se você optar por criar um mundo grande, chegar de uma ponta a outra de uma ilha é algo relativamente rápido.

Então para os que querem construir, uma coisa que pode acabar sendo bastante viável é ir a outras ilhas pegar blocos. Sim, há blocos o suficiente para fazer casas e castelos, mas se você começar a construir coisas realmente gigantescas, talvez apenas os blocos de uma ilha não seja o bastante para isso. Nesse quesito alguns jogadores podem acabar não gostando muito pela sensação de aperto.

Por outro lado, para jogadores que gostam de aventura, o jogo pode ser pura diversão. Há missões que surgem do nada como "Ache o baú perdido", e você tem que vagar a ilha atrás. Nesse quesito ela é grande o suficiente para você não ter ideia de onde possa estar e ficar um bom tempo vagando, especialmente porque não é apenas ambiente natural que é gerado, mas masmorras, casas, ruínas, minas e mais.

Os portais de cada ilha iniciam quebrados, então você precisa restaurá-los para poder saltar para a próxima. Sendo assim, ao chegar em uma ilha, automaticamente essa é uma missão nova. Mas quando você vai falar com NPC's, eles podem te dar informações úteis ou mesmo novas missões que geram itens e XP.

Você tem um inventário e pode criar itens, desde objetos que podem ser colocados nos cenários até armas e armaduras. Porém é preciso de materiais e isso acaba sendo um incentivo a viajar, por exemplo se você quiser tochas, precisará de madeira e algodão, mas se você estiver em um deserto, não conseguirá algodão, diferente de um bosque. Isso te faz querer viajar entre ilhas.

Ao passar de nível você pode aperfeiçoar o seu personagem em vários atributos físicos, mas também pode escolher dar uma tunada nas habilidades com determinadas armas. Existem três classes no jogo, Guerreiro, Mago e Guarda, Cada uma delas tem habilidades próprias e você pode personalizar o visual quando o cria.

Sem sombra de dúvidas uma das coisas que mais atrai no jogo são os gráficos, se você é do tipo que tem um daqueles bonecos fofinhos de Minecraft na estante porque gosta do visual, vai se apaixonar. Isso porque capricharam na fofura desse, é realmente adorável, não é um jogo quadradão feio, mas uma obra lotada de efeitos acontecendo o tempo todo.

O modo cooperativo do jogo tem o limite de quatro jogadores, mas é realmente fácil se conectar aos amigos. Você cria o mundo e seus amigos imediatamente poderão ver que o seu mundo foi criado e já podem entrar. E assim podem partir em aventuras em equipe, aliás é realmente um jogo que acho mais adequado para coop do que jogar sozinho.

Por outro lado, o jogo tem uma das telas de loading mais chatas que já vi na vida, os meus requisitos estão muito acima dos requerimentos recomendados, e mesmo assim são telas gigantescas de loading. Levando em consideração os mapas pequenos é bem frustrante, nem dá vontade de ir tão cedo de uma ilha para outra pra não ter que enfrentar o loading.

Enfim, esse é um jogo bom, de fácil absorção por qualquer pessoa, pode gerar ótimos momentos de diversão, apesar dos loadings gigantescos é um jogo levinho pra caramba. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois muitas vezes eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.


Nenhum comentário: