Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Diário Gamer | Criando meu primeiro jogo - Parte 09

Depois do sufoco, uma parte mais tranquila e que fiquei feliz de no geral ser algo mais fácil. Dessa vez mexi na câmera do jogo, para acompanhar o personagem andando. Não dá pra dizer que deu completamente certo, mas no geral foi algo bastante satisfatório. Mas antes de tudo não se esqueça de dar uma conferida na Parte 08 primeiro.


Dessa vez eu criei uma nova página de código, não sei se é bem esse o termo, mas criei um código novo em outro lugar e essas duas páginas estão conectadas. Isso me deu um alívio porque deixa a coisa menos bagunçada. Essa página se chama "Jogador", o cara do tutorial colocou como Player, imagino que esteja mais relacionado aos controles que o personagem.

Parte do código colocado na outra página (Chamada de "Personagem") foi retirada de lá e colocada na nova. Apesar de dar um pouco de agonia já de primeira ter um monte de códigos novos, também deu um alívio porque o outro ficou menos concentrado com a quantidade de códigos.

O foco principal dessa vez foi mesmo a câmera, eu pensava que ia apenas ser colocado ela no personagem e pronto, acompanharia. Mas foi feito um jeito muito mais bacana, ao invés de ser essa câmera "dura" desse jeito, tem um código que indica que só quando o personagem se mexer um pouco é que ela começa a mexer também e se ele parar, ela anda um pouquinho e para até centralizar.

Esse estilo de câmera acabou ficando realmente bem mais bonito, pois parece uma coisa mais suave, então é bem agradável de ver que ela não está travada, mas sim como se fosse algo "mole" e só após um pouco de movimentação que vai atrás do personagem.

Por outro lado, infelizmente só consegui deixar bem no eixo X, ou seja pra esquerda e pra direita. o eixo Y, pra cima e pra baixo, simplesmente não funcionou. No começo até que ia, mas de uma forma bem travada, porém depois que mudei as plataformas, esse código parece ter morrido de vez. Uma gambiarra que estou pensando é em deixar o cenário só reto e fixo mesmo, assim não precisa da câmera kkkk.

Fiquei aliviado nessa parte que o personagem do cara do tutorial também travou entre duas plataformas, não foi igual ao meu, mas foi semelhante. Vi ele citando alguma coisa sobre ser problema do raycast e que iria dar uma olhada. Talvez seja minha saída ao menos nesse quesito hahaha.

Enfim, essa parte me deu um pouco mais de ânimo. Fiquei feliz em ver que a coisa foi suave, deu pra respirar um pouco. Vou deixar o novo arquivo upado no github, quem quiser baixar tá lá. E também vou deixar o código novo nos comentários.

CONFIRA APARTE 10 AQUI >>>

2 comentários:

Victor Alexandre disse...

Uma vez tentei fazer um jogo no game maker (ou era game editor?), tinha feito ele(meu personagem) no paint (kkk), ele tinha nove frames e era quadrado, não sabia e até hoje não sei, mas foi legal tentar algo próprio, hoje dou mais valor até nos jogos ruins, porque pra um jogo ficar ruim ainda sim e trabalhoso. Voltando ao assunto. BOM TRABALHO.
^-^

Victor Alexandre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.