Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 17 de março de 2017

O sangrento (e trash) live action de Yandere Simulator

Existem alguns jogos que são violentos pra caramba e acabam naturalmente gerando uma baita de uma polêmica, como é o caso do jogo Hatred, que apresenta uma matança completamente sem sentido. A maioria dos desenvolvedores modifica seus jogos por medo de receberem o selo "Só para Adultos", no entanto tem alguns que realmente não estão nem aí e publicam a chacina louca mesmo, um deles é Yandere Simulator.

O termo Yandere é usado para definir aquele tipo de garota em animes e mangás que são apaixonadinhas por um personagem e agem de forma fofinha e tímidas, no entanto com o passar do tempo vão mostrando seu outro lado, completamente psicóticas e capazes de fazer qualquer coisa para tê-los. Tipo em Mirai Nikki.

Então Yandere Simulator é um jogo indie que surgiu e ficou largado por não ter um lançamento oficial, afinal de contas não é todo dia que se lança oficialmente um jogo onde você tem que matar estudantes de forma extremamente violenta né? Mesmo assim a polêmica em cima da coisa foi enorme e tempos depois o desenvolvedor conseguiu o apoio da Tiny Build, responsável por distribuir jogos fantásticos como o simpático Diaries of a Spaceport Janitor e o viciante Punch Club.

Além da distribuidora, uma coisa curiosa é que em 2015 um grupo de cosplayers entrou em contato com eles pedindo para fazer um vídeo promocional. Eles queriam filmar na época, mas rolou um monte de problemas e só acabou saindo em 2017. O próprio criador do jogo fez um roteiro para a coisa, esse aqui:


A música que tá passando é Tsubasa Wo Kudasai e depois de um tempo a coisa finalmente pôde sair, o resultado foi essa bagaceira aqui:


Uahahahaha eita porra ein? Mas bom, o jogo é só a bagaceira, o trailer não poderia ser muito mais sério né? Apesar de tudo achei atmosférico em seu próprio estilo. É uma das várias faces da cultura japonesa.


Nenhum comentário: