Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Bruxa de Blair - Um baita filme decepcionante

Só pra deixar claro, na versão americana esse filme se chama "The Woods: Blair Witch", mas no Brasil ficou como "Bruxa de Blair", o que achei bem ruim já que gera uma confusão com o clássico A Bruxa de Blair, dando a impressão de que é um remake, sendo que na verdade é uma sequencia da coisa.

Quando esse filme começou a ser falado, me empolguei pelo marketing fantástico, isso porque inicialmente não falaram que era um filme da franquia, ele foi anunciado apenas como "The Woods" e o trailer tinha todo aquele papo sobre ser um filme super assustador e tal. Normalmente eu não me importo nem um pouco com essas informações, que em geral são sempre uma baita de uma mentira em trailers. Mas esse me chamou a atenção pelo mistério.

O negócio é que o trailer de The Woods não mostrava absolutamente nada! Ele apenas tinha uma visão aérea da floresta, poucas vezes aparecia um personagem ou outro e o foco era dizer como foi considerado um dos filmes mais assustadores. Isso de não mostrar acaba despertando minha curiosidade demais já que os filmes gostam de mostrar no trailer a história inteira de uma vez e até o fim da bagaceira, é previsível, você não precisa assistir. Mas esse não dizia nada, eu vi que tinha semelhanças com a Bruxa de Blair, mas nunca imaginei que tinha ligação.

Então quando de repente a coisa foi revelada, foi aquele impacto "Caramba! Não brinca! Então esse filme todo que eu tava empolgado no fim das contas é a sequência de uma obra que eu acho louvável?! PRECISO VER!". Obviamente a expectativa subiu ao extremo, afinal de contas depois de tantos anos veio uma continuação da coisa.

Não é que essa tenha sido a primeira vez desde 1999 que a Mitologia da Bruxa de Blair foi explorada novamente, por exemplo uma coisa que muito pouca gente sabe é que esse não é o segundo filme, mas sim o terceiro, o segundo foi O Livro das Sombras, outra coisa super desconhecida é a Trilogia de Jogos. No entanto os anos passaram, a cultura pop evoluiu e ficou mais estilosa, e depois de tantos Mockumentaries horríveis, o "REI" estava de volta pra mostrar como é que se faz.

Infelizmente tá aí um filme que eu posso dizer que quebrei a cara com força! Mas também eu fui muito ingênuo, viu? Quero dizer, uma penca de pessoas deve ter tentado adquirir os direitos da Bruxa de Blair durante o passar dos anos pra fazer uma sequencia de má qualidade como acontece com tantos filmes. O que aconteceu aqui foi simples, alguém finalmente conseguiu.

Ou seja, não tinha como essa bagaceira dar certo... É claro, o cara poderia ter no mínimo se esforçado pra fazer um roteiro diferente, especialmente graças ao peso que carregava, que era o de superar as expectativas do filme que popularizou esse gênero. Mas nem esforço teve, é uma história genérica desse tipo mesmo.

Aqui nós temos EXATAMENTE a mesma porcaria de sempre, um grupo de jovens vai até a floresta... Depois é só gritaria. O filme é gritaria sem parar, e o pior é que nem sustos conseguem dar, a maior técnica é o aumento brusco do som. Esse é o tipo de filme que você tem que ficar com o controle remoto na mão, porque na falta de sustos decidiram que todos os personagens sempre tem que chegar pulando em cima do outro e com um som alto de susto.

Outra coisa é que o diretor não teve nem a capacidade de conduzir a coisa com câmera comum, ele usa sim, mas o tempo todo são usadas câmeras padrões do nada. Sendo assim o filme pode até enganar os mais desatentos, mas em diversos momentos a câmera muda para um ângulo fixo, como se alguém estivesse filmando dali.

Enfim, esse filme é uma desgraça, digno de qualquer filme genérico de terror, uma pena, a humanidade é intrigada com bruxaria real e poderiam ter aproveitado esse filme para tentar passar esse medo, ao invés disso colocaram um monte de jovens correndo e gritando, morrendo sem você entender bem o que aconteceu e FIM.


Nenhum comentário: