Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 30 de outubro de 2016

Veja como era um PC Gamer de 1998

Eu tava conversando com o pessoal do grupo do whatsapp do blog e o tema entrou em computadores. Acabamos comentando sobre o sorteio de um PC avaliado em 31 mil reais. Um preço simplesmente assustador demais e isso me fez pensar sobre como praticamente ninguém realmente iria aproveitar uma máquina dessas como merece ser aproveitada e me empolgou para mostrar aqui no blog o que era um PC Gamer do fim dos anos 90.



Mas vamos começar do início, eu sei que muita gente fala "Cara, eu ia usar bem essa máquina!", mas será que ia? Todo mundo sabe como o entretenimento nos sufoca hoje em dia, e tem tanta coisa pra jogar, assistir, ler e etc, que não dá pra acompanhar as coisas por mais que você queira. E no mundo dos jogos a enxurrada de lançamentos é gigantesca demais.

Agora imagina, você pega um PC ultra poderoso com duas placas de vídeo e tudo de última geração, legal né? Mas você não se sente mal em pegar uma máquina de 31 mil e jogar coisas como minecraft e lol? Jogos ultra populares. Quero dizer, é como matar uma formiga com uma bazuca! Mas o problema não é nem a máquina poderosa jogando esses jogos populares, mas a questão de que o tempo não para de correr.

O que estou falando é, um computador de 5 mil reais já rodaria tudo com super gráficos e sairia muito mais barato. A tecnologia evolui rápido demais e os jogos ficam cada vez mais poderosos, é só imaginar um super computador de 10 anos atrás, era fodão na época, rodava todos aqueles jogos no Ultra, mas... E hoje em dia? O que uma placa foda daquela época é diante de uma placa mediana de hoje?

Pra vocês entenderem melhor, vamos usar o exemplo de 2006 e 2016. Em 2006 foi lançada a super poderosa Geforce GTX8800 por quase 2000 reais! Em 2012 veio a Geforce GT650 que é melhor. Em 2016 até quem não pesquisa preços baixos consegue comprar essa segunda uma por menos de 400 reais. Ou seja, em menos de uma década lançaram uma placa mediana melhor que a mais foda de 2006 e em uma década depois o negócio é encontrado a um preço super barato.

Sendo assim, uma pessoa que pega um PC do calibre de 31 mil reais tem que REALMENTE querer fazer algo fabuloso, tipo criar um filme em animação 3D e lançar pra ganhar uma grana. É praticamente impossível um gamer usar um PC desses de forma que realmente valha a pena. O tempo corre e por mais que seja triste, essa maravilha caríssima vai virar sucata rapidamente. E cada vez mais a tecnologia parece ir em uma velocidade maior, as vezes dá uns pulos absurdos.

Portanto se você um dia ganhar um bagulho desses, fica a dica... Peça o dinheiro no lugar do PC! Imagina, com 31 mil você pode pegar 6 PC's de 5 mil e ainda sobra. Dá pra fazer algo do tipo pegar um de 5 mil hoje, depois em 5 anos comprar outro de 5 mil e fazer isso até completar 6. No fim dá 30 anos de PC fodão! Pode até dar mais se você vender o antigo, pois um PC top de linha de 5 anos atrás dá pra conseguir fácil 1000 reais se a pessoa não estiver muito afim de correr.

E agora vamos para o tema da matéria, um PC gamer de 1998! Se você acha que um de 2006 já era ultrapassado, imagine na época em que os PC's eram vistos como um público separado dos video games? (Eu contei essa historinha na matéria sobre a contribuição do Nintendo Switch para a indústria gamer). Então os PC Gamers daquela época desembolsavam granas absurdas como hoje em dia para ter um PC Gamer, mas naturalmente a coisa era bem menos potente.

O usuário SuperBabyHix resolveu mostrar como as coisas eram nos anos 90. Hoje em dia nós temos PC Gamers com gabinetes ultra estilosos, transparentes em algumas partes, coolers com luzes psicodélicas e vários enfeites. Naquela época também se tinha uma personalização do lado de fora, mas a coisa era mais rústica, tinha um charme diferente como podem ver nas fotos.

Ele usa um monitor de 17 polegadas, daqueles de tubão mesmo, algo maior do que os monitores normais da época, em sua maioria de 14 polegadas. Já as caixas de som é o que dão o toque mais visual de PC Gamer à essa máquina, com um acabamento em madeira bem estiloso, o nome é Bic Venturi.

O PC Gamer do cara usa dois controles, um InterAct PC Propad 4, que não era USB (isso não era usado naquela época), esse tipo de controle se conectava na mesma entrada que se usava para conectar a impressora naquele tempo. E ele também tinha um CH Flightstick Pro, que é usado para jogos simuladores de voo, muito populares em PC naquela época e que dava uma imersão imensa aos jogos, pois "te colocava dentro deles".

Já quanto as configurações, são bastante avançadas para aquele tempo também é claro, são essas aqui:
  • Micron Millennia Pentium 2 com 350 MHz
  • 256 MB de memória RAM
  • 8 GB de HD
  • 3Dfx Voodoo2 12 MB
  • Sound Blaster AWE 64W

Mas tem dois elementos que não são de 1998 que ele colocou depois, uma placa de vídeo GeForce MX400 com 64 MB e um Leipai 2020a amp, aquele aparelhinho metálico brilhante que aparece em cima da caixa de som.

Para vocês terem uma ideia de como essa máquina do cara era poderosa, o meu primeiro PC é do ano 2000 e as configurações dele eram Pentium 3 550Mhz, 64 mb de ram, sendo que eu não tinha placa de vídeo, então ficava 56 de ram e 8 ia pro vídeo interno, assim como o sistema de som também era interno. Já o meu primeiro HD tinha 6GB apenas.

E pra quem não tá entendendo o que diabo é 256mb de ram, saiba que 1024mb é equivalente a 1GB de ram, ou seja era como se fosse 0,25GB de ram hahaha, então se você acha sua memória baixa, imagina naquele tempo kkkkk. Eu lembro que quando fiz o primeiro upgrade no meu PC em 2002, fiquei todo felizinho porque coloquei um pente de 128 de ram e era coisa demais! Porém 256 era um sonho que só tinha no PC de rico dos meus amigos. Então imagina 4 anos antes o que era 256mb?

Placa de vídeo então, isso não era pra gente normal não hahaha, como falei o vídeo do meu PC era roubado da memória ram, e o do cara tinha não 8, mas sim 12mb de ram prontinhos para jogos. O processador era bem inferior ao meu, mas é preciso levantar o fato de que o Pentium 3 não tinha sido lançado nessa época e a versão 350mhz do Pentium 2 era a terceira mais potente dessa família, e foi lançado por 621 dólares!

Enfim, hoje em dia até o PC mais barato do mercado é absurdamente mais poderoso do que esse PC gamer aí. E vocês, tem tendência a comprar PC's super poderosos? Ou usam uma verdadeira sucata para jogar? Não deixem de conferir também a maravilhosa retropublicidade do jogo Strafe, que mostra exatamente um PC Gamer dessa época.


Um comentário:

ludofinal disse...

Realmente. É bom comprar um PC bom, que nem seja fraco nem tão top, que as coisas mudam. E mudam cada vez mais rápido. Ler o blog me fez refletir melhor sobre.