Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 18 de junho de 2016

As casas de Game of Thrones com sobrenomes brasileiros

Nos anos 90 quando George R.R. Martin criou As Crônicas de Fogo e Gelo, ele gerou um baita de um universo fantástico cheio de tradições, terras, famílias e muito mais. Ao ver o mapa daquele universo você facilmente percebe o quanto a coisa é grandiosa. Daí veio o lançamento da série de TV Game of Thrones e a coisa se popularizou de vez, se tornando um fenômeno e sendo pirateado a níveis recordes.

E um dos detalhes desse imenso universo são as casas. Graças a esse climinha medieval tão grandioso, esse detalhe pode acabar causando a falsa ilusão de que os nomes das casas são um tipo de título, sendo que no fim das contas são meros sobrenomes. Especialmente para brasileiros os nomes das casas podem parecer algo vindo de um universo de fantasia e nada comum no nosso mundo, mas especialmente para países de língua inglesa nem todos os sobrenomes são estranhos.


Por exemplo tem quem diga que o autor colocou o sobrenome Stark em parte como uma homenagem ao Homem de Ferro já que George R.R. Martin já se mostrou ser fã da Marvel desde criança. Além disso há outras casas que são comuns lá fora mas que para brasileiros pode soar como algo muito nobre e diferente.

Uma coisa que nem todo mundo para pra pensar é que a humanidade não surgiu já com nomes e muito menos com sobrenomes. Assim como animais não tem nomes, isso foi algo que veio depois. E os sobrenomes muitas vezes surgiram como apelidos referentes por exemplo a um serviço que certa família fazia mas que no fim das contas acabou se impregnando como parte do nome de todos os membros.




E é por isso que tem muitos sobrenomes hoje em dia que são idênticos a palavras que existem em relação a outras coisas, Ferreira, Pinto, Santos, etc. Não é por acaso, e muitos se modificaram com o passar do tempo, por exemplo por escrita errada na hora de registrar. Portanto tem sobrenomes que só são sobrenomes mesmo e não parecem ter ligação com nenhuma outra palavra, mas normalmente tem, mesmo que estrangeira.

Daí o designer gráfico brasileiro Rafael Oliveira teve a ideia fantástica de pegar os sobrenomes brasileiros e criar brasões no mesmo estilo de Game of Thrones. Uma coisa muito legal é que o cara realmente fez uma pesquisinha sobre origens e tudo mais pra preparar a coisa, confiram:





















2 comentários:

Matt Kist disse...

Interessante. Legal.
Só sei que meu sobrenome é alemão e significa Baú/Caixão/Caixa grande. Há umas boas gerações atrás dois irmãos Kist vieram aqui para região do centro do RS e aqui tiveram suas famílias. Eles eram marceneiros, o que faz jus ao nome, hehehe.
Bizarro mesmo é o logo da família Kist, é um homem nu saindo de um caixão!! O.O
Família de necromantes...

Super Suporte disse...

ai que horrror! a casa andrade parece q estão engolindo um dildo '-'

obs: se vc não sabe o q é não pesquise, se pesquisar não faça perto de outras pessoas e mesmo se não fizer tenha certeza de ser aba privativa e não no seu computador