Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 29 de maio de 2016

Outcast - Série sobre possuídos baseada em quadrinhos

É engraçado, enquanto a HQ de The Walking Dead saiu em 2003 e teve um baita de um caminho até que somente em 2010 saiu a série, a coisa mudou bastante para o criador Robert Kirkman em relação à HQ Outcast, que só foi lançada em 2014, mas um ano antes a série de TV já tinha sido anunciada. Ou seja, a popularidade do cara. Isso me deixou impressionado porque não dá pra esquecer também de Fear the Walking Dead, que para quem não sabe é um Spin-Off que também tem os dedos de Kirkman, então produzir tanta coisa ao mesmo tempo, quadrinhos e séries, impressiona um bocado, isso sem contar com os outros tipos de mídia que o autor acaba participando também.


A série Outcast é uma série que apesar de suas mudanças em relação aos quadrinhos, consegue impressionar em como apresentou coisas de forma fiel, ao menos no ponto de partida da coisa. Talvez o envolvimento de Kirkman tenha sido maior que em The Walking Dead ou talvez os envolvidos queriam realmente capturar os fãs das HQ's.

A história apresenta Kyle Barnes, um homem que é traumatizado com acontecimentos bizarros durante toda a sua vida. Pessoas muito próximas assumiram novas personalidades, violentas e fora do controle. Isso faz com que ele decida se isolar completamente, mas ao descobrir que os acontecimentos não são mera obra do acaso, percebe que  pode conseguir respostas e assim parte com um reverendo para localizar e exorcizar pessoas possuídas.

Possessões diabólicas são coisas que naturalmente mexe com as pessoas, e assim diversos produtos do gênero são lançados constantemente, especialmente filmes, apesar de ter algumas variações como é o caso do livro "Exorcismo", que a Dark Side lançou no Brasil em uma baita edição de luxo e com tabuleiro de Ouija até!
E no caso aqui, a mídia variou também, colocando esse tipo de cenário em uma série. Tenho que assumir que assisti o primeiro episódio de forma um pouco entediada, isso porque achei a série um bocado dramática. Ela tem um tema bem hollywoodiano mas a forma da coisa ser conduzida não é do tipo padrão. É uma coisa um pouco mais lenta, bastante conversa e um certo clima de cidade pequena.

Mas não achei ruim, apenas notei que não vi a coisa no momento certo, eu tava preparado para algo com aqueles exageros que quase todo mundo que pega uma câmera decide fazer para impressionar. Mas ao invés disso foi mais para algo em geral bastante estiloso, que é apresentado com uma certa calma.

Sendo assim, já aviso que para aqueles que odeiam The Walking Dead por parecer uma novela bem dramática e que são frustrados com isso porque queriam algo mais no padrão tiroteio constante, já aviso que Outcast não é uma alternativa, parece ser bem no mesmo rumo. Tem uma história de fundo que indica algo mais exagerado porém em geral se mantém bastante contido.

Enfim, achei uma ótima adaptação e a série em si embora eu não tenha visto da forma mais empolgada, notei que é exatamente o tipo de coisa que me agrada com o passar do tempo. Aquele tipo que em boa parte do tempo é quietinha e do nada BUM, acontece algo cabuloso que deixa todo mundo ansioso para o próximo episódio. Sendo assim não posso deixar de recomendar! Confira também as diferenças entre a HQ e a Série de Outcast.


Nenhum comentário: