Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 25 de maio de 2016

NotCoD - Até freiras entram na bala nesse jogo

Nossa, quanta matéria escandalosa pra uma semana só né? Primeiro a matéria sobre os Mistérios ocultos do pintão do Hodor, depois a da mais que escandalosa série Preacher, e agora uma análise de um jogo onde até freiras tomam tiro? Só faltou eu escrever uma análise do livro blasfêmia e meu lugar no inferno estaria garantido hahaha.

Bom, há algum tempo atrás eu fiz a análise do debochado NotGTAV, uma paródia de Grand Theft Auto com um título mais do que sugestivo e com grande dose de bom humor em meio a uma jogabilidade violenta porém fofinha simultaneamente. E a mesma equipe decidiu expandir a franquia, pegando como alvo dessa vez Call of Duty.

Pra falar a verdade não é a primeira vez que COD é parodiado com um jogo semelhante tendo como foco o humor, anteriormente já vimos o gratuito Duty Calls, que era também era um FPS porém com foco exclusivamente em zuar cada um dos elementos da franquia verdadeira, exagerando ao máximo qualquer coisa que aparecesse na tela.


No caso de NotCoD é algo que vai meio que no mesmo rumo, porém com aquela essência apresentada no NotGTAV, com um toque mais do que fundo de quintal em um visual desenhado a mão e uma jogabilidade simples, porém com uma grande quantidade de piadinhas e referências a Call of Duty.

Você é um soldado que é treinado para entrar em combate e enfrentar os mais variados tipos de ameaças. E basicamente é isso, de resto é segurar o dedo no gatilho e matar todo mundo que você veja pela frente, seguindo ordens em missões que basicamente são matar quem se mexer e não estiver no seu time.

Eu pensava que ia ser uma jogabilidade no estilo de NotGTAV, mas a verdade é que eles realmente fizeram um jogo de tiroteio 2D, com todo o sistema de mudar de armas, recarregar, lançar granadas, pegar pacotes de vida e etc. Em geral esse elemento não tem nada demais, agora o grande foco da coisa são as piadas.

O jogo não economiza na coisa, por exemplo no próprio tutorial de granadas seu superior ordena que você retire o pino da granada, mas espere. Na primeira vez eu lancei ela de imediato e ele falou "Eu disse que é pra esperar", quando esperei e ela explodiu na minha mão, ele disse algo do tipo "HAHAHAHA, eu nunca canso de ver isso! Agora vamos pra parte do tutorial sobre kit médicos.".

E os exageros em relação a jogos de ação vão fora de controle, no começo com apenas soldados e explosões pra todos os lados, mas depois as missões indo para coisas mais insanas como freiras de snipers tentando te dar um headshot e você tem que revidar sentando o dedo na metranca e fuzilando todas elas.

Eu falei que tem o modo zombies? Pois é! E é com cooperativo local com tela dividida! Então tá procurando um jogo pra rir um bocado da tosqueira que é? Esse pode ser realmente um título que consiga cumprir esse papel. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui


2 comentários:

Saitama - sama disse...

Ah, esse Sky. Aposto que Lucifer já deve ter dito:

-Esse aqui eu vou fazer uma recepção bem especial. Damien! Vai pensando em alguma coisa para torturar esse cabra! Faz esse favor pro teu pai!

kkkkkk

Skywalkerpg disse...

Pelo jeito não tenho mais muita esperança mesmo hehehe.