Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 6 de fevereiro de 2016

BoJack Horseman - Um ácido desenho para adultos

Esse é um daqueles desenhos americanos lotados de críticas sociais, mas que apresenta as coisas com um baita de um toque de humor. Foi também o primeiro desenho que vi da Netflix e tenho que assumir que de primeira não me agradou tanto, certamente porque eu sou fascinado pelas obras da empresa e então rolou aquele probleminha da expectativa matar a diversão, mas quando fui assistir a segunda temporada já preparado para o que ia ver a coisa foi muito mais suave.


A história se passa em um mundo que não existem apenas humanos como raça dominante, mas também animais dos mais variados tipos, andando sobre duas patas e trabalhando e interagindo como iguais. Entre eles está BoJack Horseman, um homem cavalo extremamente egocêntrico que fez uma série de comédia nos anos 90 e depois que terminou nunca mais conseguiu um papel bom, vivendo na sombra de seu personagem e se achando uma super estrela mesmo sem ninguém lembrar dele.


Como disse, eu senti que acabei indo assistir despreparado, pois eu estava esperando algo no estilo do bizarro Minoriteam, uma coisa mais voltada pra comédia, apresentando os mais variados tipos de situações estranhas para se rir mas com um fundo. Tipo algo sarcástico, mas ao invés disso a coisa tem um toque bem forte no drama.

O negócio é que esse é um desenho sério, é mais pra um drama com toques de comédia do que uma comédia que ocasionalmente pode se ter drama. Por exemplo é muito comum ver episódios terminarem com situações horríveis, como o protagonista implorando para que uma amiga diga que existe ao menos uma coisa de bom nele. É triste de se ver, e quando você está esperando por algo puramente engraçado a decepção pode ser grande.

Talvez eu tenha amado tanto "F" is for Family exatamente por já ter sido "filtrado" por BoJack, e esperar algo com toques dramáticos, mas é uma experiência diferente também. F is for Family parece até mesmo uma resposta a isso, pois é bem mais comum as cenas engraçadas e apesar do drama estar presente eu digerir de maneira fácil.

Já na segunda temporada (que assisti depois de "F") a coisa foi muito mais tranquila, não sei se eles realmente melhoraram devido as críticas com a primeira (elas são em geral mistas) ou se é porque eu estava mesmo preparado pra coisa, ou os dois. Sei que foi bem mais legal e aproveitei da forma que acho que deveria ser aproveitada a coisa.

O personagem é bastante natural, ele não é um ser puro de coração brilhante, mas sim um personagem com defeitos que muitas vezes enojam. Por outro lado conseguem trabalhar tão bem as falhas do personagem que você quase se sente no lugar dele na hora que faz uma merda muito grande, porque você vai acompanhando a linha de raciocínio e fica aquela sensação de "Nossa, ele é uma pessoa que só ferra tudo mesmo.

Existe aquela sensação constante de alguém complexado, uma pessoa que tem traumas de infância e que simplesmente não consegue se deixar ser feliz, tudo o que parece bom você vê rapidamente desmoronando e consegue entender muito bem que foi algo natural pois o personagem simplesmente se sente inquieto com sua vida, mesmo sendo super rico ele é amargurado demais pra se contentar com algo.

Mas o seriado não é só drama! Ele é também tem cenas de comédia fantásticas, como falei é o tempero da coisa. Sendo assim definitivamente você dará boas gargalhadas com situações extremamente bizarras e inusitadas como quando o ator que interpretou Harry Potter é colocado em um daqueles programas de desafios contra o BoJack e só acontece bagaceira no negócio.

Enfim, esse é um seriado que pode não ser muito bom pra pessoas com tendência a depressão ou muito complexadas, pois os caras pegam pesado em muitas cenas e dá pra sentir uma imensa amargura. Por outro lado se você é tranquilo quanto a isso e quer experimentar um misto entre comédia e drama pode ser um ótimo passatempo.


4 comentários:

Rian disse...

Lembrei de um desenho com mais humor negro que é o meet mr pickles, aquilo é insano.

Bruno Arce disse...

Sky veja Rick and Morty.Essa é a série animada de humor e ficção científica mas louca que eu já vi, até mais que futurama!

Skywalkerpg disse...

Valeu a dica. *-*

Lucas0sama disse...

muita gente que visita esse blog vai se identificar com o mendigo que mora na casa do bojack