Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Don't Hug Me I'm Scared - Um "programa infantil" macabro

O tema de hoje é interessante pra caramba, mas a verdade é que eu não estava pensando em fazer uma matéria tão cedo sobre isso, é uma daquelas coisas que quero escrever sobre mas adiciono na lista de "Um dia", porém especialmente nos últimos dias vi que o povo tem feito muita pressão pra eu postar algo sobre. Não sei o que aconteceu, talvez algum youtuber famoso tenha falado ou sei lá kkkk, mas enfim, com tanta gente cutucando acabei decidindo ir em frente na postagem logo.

Esse é um daqueles conteúdos da internet em que as pessoas assistem de novo e de novo várias vezes procurando por coisas, assistindo cena a cena. Aqueles vídeos em que de repente você se surpreende quando alguém posta uma imagem de um momento em especial e fala uma teoria mirabolante sobre a coisa, além de causar arrepios ao perceber o quanto ela faz sentido. Tipo o fantástico I, Pet Goat II.


O primeiro vídeo da série saiu em 2011, esse foi o único que assisti mais ou menos na época do lançamento e eu tinha inclusive me esquecido completamente da coisa até os leitores começarem a me cutucar pra escrever sobre. Mas assim que fui ver de novo o primeiro episódio, lembrei que um bocado de tempo antes eu tinha visto a bagaceira e achado um bocado doentia.

O negócio é que se trata inicialmente de um episódio de programa infantil com fantoches, algo com um design extremamente parecido com a Vila Sésamo e que inclusive pode ser facilmente confundido. Começa com personagens crianças e um outro personagem que os ensina sobre o poder da imaginação em uma música muito bem bolada e animada, algo que fora a leve zueira que aparece vez ou outra funcionaria perfeitamente para crianças, bom ao menos até a carne começar a aparecer... Confiram (Ativem as legendas se não tiver ativado já):

A reação do público vocês já devem ter imaginado "Que porra é essa?", é a frase perfeita para definir a reação de uma pessoa normal ao assistir esse negócio. Também faz pensar em certas coisas como, imaginem a quantidade de mães que colocaram crianças para ver isso achando que era algo divertido e o pesadelo rolou solto? Pois convenhamos, a música tem uma harmonia muito agradável com momentos que dão vontade de aprender pra cantar junto, mas aí o coração de verdade aparecer O_O'.

Logicamente isso também se tornou um daqueles vídeos da internet que as pessoas passaram a criar um monte de teorias, sabem? Tipo o choque que Salad Fingers causou, com algo tão sem sentido mas que faz as pessoas terem vontade de montar a coisa e descobrir qual é o segredo por trás de tudo, pois o que a primeira vista parece não ter sentido algum começa a se tornar algo claro quando é pausado cena a cena e se percebe que no fundo tem mensagens escondidas.

O vídeo ficou na internet fazendo as pessoas falarem mais e mais, e quando fui pesquisar sobre é que descobri o motivo de eu não ter ouvido falar mais sobre ele na época em que alguém me mandou a primeira vez, é que inicialmente não era uma série, mas apenas um vídeo bizarro digno de ter saído da Deep Web, até que em maio de 2014 as coisas mudaram.

Uma campanha kickstarter foi lançada! Queriam produzir mais episódios, e os caras fizeram isso de uma maneira digna do episódio original, pois criaram um vídeo sombrio pra caramba apresentando algo semelhante a um daqueles vídeos de terroristas ao lado de pessoas sequestradas amarradas, só que essas pessoas no caso são os personagens do episódio, e uma tentativa de negociação dizendo que eles precisam de dinheiro, aqui (infelizmente não achei com legendas):

Macabro pra caramba né? A forma que os caras escolheram dá um baita de um toque perturbador, usaram aquela técnica de fazer a imagem parecer de uma gravação antiga, com aquela data no canto que aparentemente indica 1955 (A não ser que o negócio represente o futuro e por algum motivo usaram uma câmera antiga).

Os caras conseguiram fazer algo que ao mesmo tempo apresenta partes animadas e engraçadas mas em outros de repente a coisa muda pra uma atmosfera pesada e com técnicas dignas de filmes de terror. Logicamente eles conseguiram dinheiro para lançar a coisa e assim prometeram mais quatro episódios com a grana da campanha para ser lançado um a cada três meses. Os resultados foram:

Tempo


No vídeo de apresentação do Kickstarter eles deixaram a dica de que a coisa seria não apenas sobre um ponto de vista básico para ser ensinado para crianças, mas sobre a verdade de uma forma mais intensa e a grandiosidade de pontos de vista que o universo oferece. Aí ficou notável isso, apresentando o conceito do tempo, mas também lembrando que ele não faz apenas as coisas mudarem, mas inevitavelmente serem destruídas. Bizarro demais o personagem amarelo implorando "Faça parar!" e a resposta "Está fora do meu controle, sou apenas um relógio", né?

Amor


Acho que esse é o meu favorito, mais uma vez mostrando as coisas de uma forma além, o poder do amor. Assim como todos os episódios esse também tem múltiplas interpretações, uma das mais comuns e que acabou fazendo eu me identificar mais, é que é sobre religião. Um grupo que adora o Rei do Amor, que nunca estão sozinhos, mas precisam alimentá-lo se não ele se irrita, a promessa de uma vida nova, mas que é preciso mudar de nome, fazer lavagem cerebral e esquecer tudo que já conheceu. Engraçado como a música é fofinha, as promessas são fofinhas, mas o estilo é super sombrio nessa parte e de repente o personagem acorda gritando do pesadelo.

Computadores


Uahahaha, não sei vocês mas foi impossível eu não soltar uma gargalhada com o computador histérico gritando "NÃO TOCA EM MIIIIIIIIIIIIIIMMMM!". Esse episódio funciona muito bem especialmente com desenhos educativos do meio dos anos 90 até os primeiros anos de 2000, com um computador velho explicando sobre como dá pra conseguir tudo com ele. E um dos personagens tentando questionar a coisa mas que acaba sendo morto ao tentar desligar aquilo.

Saúde


Esse a bizarrice não podia faltar ein? Ao se falar de comida saudável e partes do corpo humano, a operação bizarra do pato e o personagem morto no episódio anterior telefonando pra eles. Bom, com os quatro episódios a mais frutos do kickstarter é lógico que a coisa encheu ainda mais a cabeça das pessoas e as teorias rolaram loucas pra todo canto. Perguntas como "Por que em todos os episódios se passam em 19 de junho?" ou "Por que o pai do personagem amarelo aparece sempre em lugares escondidos nos episódios?".

Sonhos



Esse episódio saiu em 2016. Aqui temos algo realmente diferente, dessa vez as coisas parecem mais "pé no chão" na medida do possível. Enquanto os outros são algo bem no mundo da fantasia, esse passa aquela sensação de que eles finalmente compreenderam que estão presos em uma realidade macabra e simplesmente não tem ideia do que diabos tá acontecendo, apenas querem que pare.

Enfim, depois faço uma postagem com foco nas teorias. Ò_Ò. Confiram também o filme infantil que virou lenda urbana.

6 comentários:

New El disse...

Eu fui apresentado a isto e ao salad fingers por um canal no YouTube chamado assistindo, acho q mais gente anda assistindo o assistindo. Então Sky, alguma chance de vc fazer um post sobre hotline miami, o jogo é como uma mistura de GTA VC e MANHUNT ( que por sinal também merece um post), o jogo é curto, mas possui uma história atrativa e uma ótima trilha sonora.

Skywalkerpg disse...

Sim, eu pretendo escrever sobre Hotline Miami e Manhunt um dia, mas não tem data marcada, só que definitivamente estão na lista os dois. *-*! Não sei o motivo de saírem duplicados cara... Talvez seja o navegador. =/

PorcosMalucos disse...

agora você tem que fazer as postagens sobre as teorias!

Matt Kist disse...

O.O

Super Suporte disse...

Ainda não tinha assistido a serie completa... o unico que causou impacto mesmo foi o primeiro. Mostrei para outros coleguinhas q ainda não tinham visto e eles ficaram chocados

gore hore disse...

curti muito a matéria, e cara e eu mal posso esperar para ver você falando sobre as teorias,mais uma coisa que me chamou atenção mesmo, é ver como a serie é muito bem feito com os cenários,os fantoches, e ate algumas pequenas animações que tem em alguns episodios, tudo é muito bem colocando, alem disso achei legal voce falado de cada episodio, eu acho que de alguma forma todos os eps se conectam, acho que isso tudo vai ser explicado no ep 6, valeu por ter feito uma matéria sobre essa serie cara