Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Conheça as diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 6ª temporada - Episódio 08

Hoje vou fazer uma análise comparativa de mais um episódio de The Walking Dead em relação a revista em quadrinhos, se você ainda não tiver visto, recomendo dar uma olhada no episódio anterior primeiro.

Bom, esse episódio começa com Sam, que só para lembrar mais uma vez, é um personagem que foi dividido em dois e na HQ é na verdade Ron e não tem relevância alguma para a história, ele é colocado de forma rápida. Na série temos o Ron grande (Que na HQ é uma criança, assim como Carl) e o Sam criança (Que não existe).

A cena inicial é bastante filosófica, mostrando Sam desenhando ele mesmo em uma árvore, esses desenhos de crianças sempre simbolizam o mundo perfeito. Mas no caso dele tem dois zumbis ao lado, como se ele estivesse em um mundo perfeito, mas tudo prestes a acabar. E logo depois uma segunda cena simbólica, com um cookie, bolo ou sei lá, algo gostoso, e uma infestação interminável de formigas entrando e destruindo tudo.

Na HQ esse tipo de parte filosófica também acontece constantemente, mas os criadores fazem questão de quase sempre ser o Rick falando alguma coisa, muitas vezes chega a ser meio ridículo, parece ser algo que era pra ser profundo e causar impacto, mas acaba soando como a maior tosqueira. Normalmente essas coisas acontecem no fim de algumas edições, não é sempre mas vez ou outra você vê. E algumas são bem fortes, como a "We are The Walking Dead" ou "Nós somos os Mortos Andantes", essa é uma das que deram muito certo, gerando um baita de um contraste e indicando que eles já estão mortos, pois aquele mundo não tem escapatória.

E finalmente temos a entrada dos mortos em Alexandria ein? Isso aparece na edição 81 dos quadrinhos, mas não é uma torre de sino que cai, mas sim uma parte do muro mesmo, onde uma das peças que segura fica frouxa e começa a se mexer, tem uma caminhonete atrás, mas mesmo assim não dá e a coisa desmorona e é aí que a treta começa.


Na verdade tudo o que aconteceu nessa temporada até então parece ter sido uma grande expansão dos acontecimentos após a queda do muro. Pelo jeito os roteiristas decidiram expandir um pouco a ideia com os problemas de Alexandria e colocá-los antes mesmo da queda da coisa toda.

Uma sensação estranhíssima que a série me passa é que só tem meia dúzia de moradores em Alexandria, parece que só são o grupo do Rick e algumas poucas pessoas do lugar. Vez ou outra você vê alguém de fundo, mas mesmo como caiu, não parecia que tinha um monte de gente desesperada, só os rostos conhecidos. Na HQ você vê o tempo todo muita gente, pois Alexandria é um lugar cheio e onde as pessoas vivem de forma perfeita, o que simboliza muito mais o cookie do Sam.

Daí temos a sequencia de fugas, po, por que diabos não matam logo o Eugene? Eita personagem chato ein? O da HQ nunca me incomodou, muito pelo contrário, as cenas dele foram capazes de criar verdadeiras surpresas, agora esse da série, meu... Que diabos esse cara tá fazendo aí? É forçado DEMAIS, será que os roteiristas estão tentando fazer uma nova Carol? Colocando um personagem fracassado pra ficar fodão depois? Se for isso, exageraram viu... Porque não é nada natural a coisa.

Daí temos a namoradinha gamer do Carl, com a sua CARA DE CU de sempre, toda nervosinha porque a vida não deu o que ela merece, e que Alexandria vai pro saco. E Glenn usando o argumento de que sua mulher isso, sua mulher aquilo, como se essa guria desse a mínima pra mulher dele que ela mal conhece kkkkkkk.

Depois mais uma cena simbólica com Sam, sobre "Os monstros", e sua visão de Michonne e Rick ajudando Deanna com um som perturbador de fundo enquanto os dois olham para o garoto. Isso indica que "Os monstros" na visão dele possa ser o grupo de Rick e não os zumbis. Pode indicar que os monstros invadiram o segundo andar, além de que mais tarde sua mãe fala que eles tem que se vestir como os monstros, e o grupo já está todo vestido de mortos vivos.

Então a cena de Carol com sua faquinha da alegria e Morgan. Cena que não existe e nem sequer tem uma referência na HQ, isso porque Carol já morreu há séculos nos quadrinhos, ela morreu na época da prisão ainda. Já Morgan não virou o guerreiro da luz e atingiu o nirvana, ele é mais do que pirado na HQ, então não tem esse negócio de não matar não, e nem o doidão com o W na testa que foi salvo.

E a propósito, achei interessante pra caramba o maluco do W, ele é do povo do grupo chamado "Negan" nos quadrinhos, e eles fazem coisas doidas sim, mas é por causa do líder deles, não porque todos sejam doidos. Mas esse aí parece ser só pirado mesmo, talvez o Negan da série seja bem insana hehe. Por algum motivo esse personagem me lembra o vocalista de alguma banda, será Foo Fighters? kkkkk.

Então temos a cena de Deanna Monroe que tomou uma bocada, na HQ ela é Douglas Monroe, e ele tem suas diferenças com a versão da HQ, mas são parecidos até. Ele não é mordido na HQ, mas tenta se matar, só que ouve um chamado de ajuda e vai atrás, aí depois sim ele é lanchado por zumbis enquanto mete bala neles, já a daqui a coisa é diferente com ela metendo bala em todo mundo e se deixa ser lanchada.

A cena de Ron e seus problemas de adolescente revoltado porque o pai herói morreu também é um mero reflexo da versão da HQ em que Ron reclama com Carl porque seu pai foi morto por Rick, e como já disse o Carl da HQ é uma criança bem desagradável e só fala que não tá nem aí porque Rick já matou um monte de gente e ele também kkkkkkk. Já da série é uma pessoa muito mais agradável e paciente pra aguentar esse tipo de desaforo.

E temos o fim do episódio com a saída do grupo vestido com uma camiseta de zumbi, mas na real isso é ridículo pra caramba ein? Na HQ é pior porque a explicação é que os zumbis não comem quem fede como eles e é pelo cheiro que sabem disso, po dá pra acreditar numa dessas? Na série pelo menos tiveram o bom senso de dizer que é só porque se parecem como eles, porque fala sério kkk. 

Mas enfim, também tem essa cena de andarem em meio aos mortos, mas para um fim de meia temporada achei terrível viu? Po... A coisa poderia ser mais emocionante, tipo o episódio anterior "O MURO CAIU!", aquele seria um fim de meia temporada muito mais atraente e não um mero "E assim eles saíram da casa". Mas e vocês, o que acharam?

Confiram as diferenças do próximo episódio>>

2 comentários:

Leon Cotocso disse...

fiquei com medo de neste episodeo mostrar a saga do Daryl em vez da queda do muro, isso porque eles tavam meio que alternando as estoriaas mas achei ate massa este episodeo e pra falar a verdade a Carol ja devia ter morrido por que o coisa chata aguentar essa vovó metido a rambo,e esses personagens que nao tem na hq sao genericos demais e sem personalidade nenhuma mas o final achei legal porque pra quem segue a hq sabe o que vai acontecer hehehe,muito boa comparaçao este teu post e espero que a Carol morra e o morgan jedai viva,cheers.

Matt Kist disse...

Aee, assisti o episódio ontem, agora li seu post, hehehehe.
A única coisa que realmente me deixou "tenso" nesse episódio foi quando o Rick disse que eles tinham que se sujar de vísceras pra sair por entre os zumbis e a mão do Sam olhou pro Rick e eu logo pensei: "puta que pariu, o que essa mulher vai fazer com o filho dela? vai ter que matar, não tem jeito, ele não vai se sujar de carne podre de seres humanos e andar por entre os mortos, nem fudendo". E por algum tempo eu achei que o gurizinho iria ter que ser morto pela mãe...
Mas no final foi bem tosco...
Bem, agora pra próxima "meia-temporada" eu espero que o Carl leve o tiro no olho, mas tudo indica que ele vai é comer pepeka... u.u
Ah, e eu gostaria também que a mãe do Sam tivesse que matá-lo ou vê-lo morrer de forma horrível (Que isso, Matt, isso não se deseja pra ninguém...).

Sobre essa tosqueira de se camuflar por entre os zumbis, eu já escrevi sobre as gafes que considero no TWD, no último post sobre ele.
Bato na boca antes de elogiar esse filme, mas até a "cegueira" dos zumbis do "Guerra Mundial Z" faziam mais sentido do que a cegueira do TWD.
É só não tomar banho (o que é fácil nesse mundo do TWD) e sujar a roupa toda de cocô que você tá de boa, fica 'sussa' e viva sua vidinha por entre os zumbis. Só não pode chover, claro, porque a chuva obviamente vai tirar o cheiro de cocô da sua roupa... Quer fazer o teste? Experimenta cagar a roupa e estender ela na chuva, pra chuva lavar, 100% garantido.