Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

A casa da árvore dos horrores - Muito terror em Simpsons

Sem sombra de dúvidas Os Simpsons são um forte elemento da cultura pop, quem não conhece esses personagens de cor amarelada que fazem tanta gente rir? Estão impregnados e impressionam com a quantidade de temporadas que tem. É algo tão comum que é simplesmente difícil achar um verdadeiro fã de Simpsons, isso porque é basicamente algo comum demais, que quase todo mundo gosta.

Mas alguém que acompanhou todas as temporadas, jogou os jogos, fica falando sobre o assunto vez ou outra e tem acessórios em casa com a marca Simpons, é algo muito difícil de acontecer. E graças a isso tem uma série de detalhes dentro desse universo que as pessoas não tem ideia, ou é uma surpresa quando descobrem coisas como os finais alternativos de "Quem matou o Senhor Burns?".


E uma dessas coisas que pouca gente sabe, são os episódios intitulados de Treehouse of Horror e que foram traduzidos no Brasil tanto como "A casa da árvore dos Horrores" como "A casa da árvore do Horror". Mas que para deixar mais claro sobre o que se trata, são os episódios especiais de dia das bruxas. O que falando assim parece não ser nada demais, porém é!

Estou falando isso porque esses episódios tem um padrão próprio que tornam eles como se fosse um spin off de Os Simpsons. Ou seja, não são apenas episódios especiais, eles seguem  um estilo especial e juntos podem ser vistos como se fossem uma série extra. A estética da coisa é realmente diferente, não é como se fossem episódios onde a Lisa encontra o bicho papão.
O que os torna assim tão perfeitinhos para serem vistos em conjunto como uma série extra é que primeiramente não são adequados para crianças e inclusive em seus primeiros episódios aparecia um aviso alertando pais que aquilo podia ser assustador ou perturbador, o segundo é que usam um padrão de três histórias contadas por episódio.

Sendo assim cada episódio é como se fosse a temporada anual da coisa (já que são três na verdade. apesar de curtos). E as tramas envolvem especialmente terror, mas também coisas relacionadas a fantasia e ficção científica em geral. Às vezes contando histórias clássicas como Frankeinstein, e as vezes outras inventadas.
O primeiro episódio lançado como "A casa da árvore dos horrores" saiu na segunda temporada, e depois disso passou a sair como parte II, parte III, parte IV e eternamente a cada temporada de os Simpsons, cada uma usando o mesmo padrão. A coisa não é macabra de assustar, mas tem um toque mais sombrio, pode ser digerida facilmente por pré-adolescentes, mas por crianças a coisa pode não ser nem um pouco boa. 

Então fica essa dica, se você for fazer uma festinha com um tema mais sombrio, e quiser adicionar algo diferente. Que tal deixar todos os episódios de A casa da árvore dos horrores passando? Vai ser algo temático bem legal com certeza. Mas se você esperava algo mais hardcore, conheça Mr. Pickles e veja o que é um desenho satânico de verdade! Ò_Ò

2 comentários:

Matheus Figueiredo disse...

Eu já assistir vários episódios mas não imaginava que era uma série spin off

Matt Kist disse...

Mr. Pickles!!!!! Good boy!!