Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Zenzizenzic - Um jogo abstrato extremamente viciante

Esse é um daqueles jogos perfeitos para você ter disponível e de vez em quando jogar, ficando bem viciado com o sistema de pontuação e em como sua dificuldade imensa gera aquele sensação gostosa de se estar evoluindo na coisa e cada vez ficando melhor.

Eu fui testar Zenzizenzic sem saber direito do que se tratava o jogo, pra falar a verdade já comecei olhando com maus olhos para esse nome que me desagradou um bocado por ser chato de se pronunciar, além de que fiquei pensativo sobre como ele não é nada comercial e se o desenvolvedor realmente pensou no assunto. Mas nomes não importam não é? O que importa é o jogo!

Entrei nele e não demorou muito para eu perceber que se tratava de um daqueles jogos abstratos, com muitas formas e coisas simbólicas na tela, que você sabe do que se trata mas não tem uma forma tão bem detalhada, estilo um Drunken Robot Pornography, mas aqui as coisas são em 2D e é um bullet hell como o nostálgico VULKAISER e o agitadíssimo QP Shooting Dangerous!!.

Não sou tão bom em jogos desse gênero e na hora que testei a primeira vez, dei umas boas gargalhadas de como eu estava ficando nervoso com os tiros surgindo sem parar e não demorou muito para que eu perdesse. Mesmo assim comecei de novo e foi então que percebi que existiam alguns ataques especiais, isso fez com que tudo ficasse mais fácil e viciante.
O jogo mostra um monte de formas abstratas que entram o tempo todo na tela com várias balas pra todo lado. Os inimigos não miram em você, eles simplesmente vão surgindo e fazendo seus movimentos como em uma coreografia, isso também dá a sensação de que você está vendo uma grande flor desabrochando em tempo acelerado pela tela.

Você deve coletar power ups e escudos, além de energia que pode usar para descarregar um poderoso raio que ajuda demais, especialmente nos chefes, causando muito dano, porém cada vez mais ele vai diminuindo a energia até que acabe de vez e você precise coletar mais de inimigos que morram.

O jogo ainda tem um estilo meio "exploração de dungeon", com você tentando ir cada vez mais longe com um modo chamado "Macro Mode" e em que você precisa passar por ambientes gerados de forma aleatórias e ver até onde você consegue ir. Esse estilo é baseado no gênero roguelike.

Enfim, fica aí uma dica de jogo muito agradável para se passar o tempo e que realmente te faz ter vontade de testar de novo. Ele ainda tem suporte ao modo cooperativo local, que permite que um amigo possa ficar ansioso também. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.


Nenhum comentário: