Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 31 de julho de 2015

A resposta do criador de Five Nights at Freddy's a haters

Muito provavelmente eu fiquei sabendo da existência do jogo Five Nights at Freddy's no seu lançamento em agosto de 2014, porém como não quis conferir mesmo com o povo me indicando, acabei deixando na lista para ver depois. E assim vi saindo o 2,3,4...Tudo isso em menos de um ano. O que me fez pensar que não eram lançamentos, mas sim jogos da franquia que foram saindo com o passar dos anos e que o primeiro deveria ser um jogo bem antigo, afinal de contas QUATRO em tão pouco tempo era demais.

No entanto só fiquei sabendo disso quando vi a quantidade de pessoas que odeiam o jogo, até então só tinha visto ele ser aclamado. Ao menos até postar o filme em live action aqui no blog, onde um dos leitores explicou porque não gostava do jogo. Mas o ódio em cima da franquia vai muito além e tem um baita de um grupo de pessoas que detesta, isso fora os haters né, porque esses sempre vão existir em qualquer obra.


Uma das críticas mais constantes foi exatamente isso dos lançamentos um atrás do outro, o que deu a entender que o criador não estava nem aí pra qualidade, mas sim para o dinheiro. Eu não sei quanto a qualidade, mas uma coisa que cito no início da matéria de Assassin's Creed IV, é em como esses lançamentos um atrás do outro são ruins pra uma franquia, fazendo com que fique desgastada e todo aquele prazer de se jogar não possa ser aproveitado de verdade.

E em meio às várias críticas recebidas, o criador do jogo, Scott Cawthon decidiu responder e foi até o fórum de Five Nights at Freddy's onde deixou a seguinte mensagem especificamente para os haters:

"Olá, pessoal. Antes de tudo, eu queria agradecer á comunidade em geral, pela grande manifestação de apoio através de e-mails e nos fóruns. Eu sei que muitos de vocês estão preocupados comigo ou acham que eu estou estressado. É verdade que eu estou um pouco estressado; mas tudo bem, porque o resultado foi bom. Eu trabalhei duro este ano, quase sem parar, para produzir bons jogos para essa série. Mesmo que possa haver algum debate a respeito de quão "bom" os jogos são, eu fiz o meu melhor para fornecer bons sustos e uma boa história. Tudo o que posso fazer é julgar a partir dos comentários na Steam que eu fui bem sucedido na maior parte do tempo; por isso estou muito feliz com isso.

É verdade que tem ocorrido um monte de ódio contra mim ultimamente; nos fóruns, no youtube, e etc. E eu vou ser honesto, é difícil. É difícil quando as pessoas parecem não gostar de você só porque você encontrou o sucesso com alguma coisa. Eu acho que algumas pessoas tem essa ideia de que eu passo meus dias nadando em moedas de ouro como o Tio Patinhas, lanço jogos sem nenhum esforço, em seguida dou risada o caminho todo até o banco. A realidade é bem diferente, e eu acho que as pessoas que me odeiam por ter sido bem sucedido, estão equivocadas.

Você sabia que no ano passado eu estava trabalhando na Dollar General? Eu trabalhava como caixista. Eu tinha três chefes que estavam todos ainda no ensino médio. Antes disso eu trabalhei na Target atrás dos congeladores, descarregando alimentos congelados. Eu não tive uma vida bem sucedida; e agora Deus tem me abençoado com algum sucesso, eu estou fazendo o meu melhor para ser responsável com esse sucesso. Eu não sou de festejar nos finais de semana, eu não fico bêbado e não tenho nenhum vício . Eu gasto minhas noites jogando Megaman 3 com os meus filhos. E eu tento aproveitar tudo de bom que foi dado a mim.

Eu acho que a razão pela qual eu estou lhes dizendo tudo isso é para me certificar de que vocês saibam que eu sou humano. Eu tenho um monte de falhas, e eu tive um monte de erros. Meus jogos não são perfeitos, e nunca serão. Mas algo mais importante que eu quero transmitir a todos vocês, é que vocês nunca devem ouvir as pessoas que criticam o sucesso simplesmente porque é sucesso. Ser bom em alguma coisa é algo por que lutar, e não algo para demonizar. As críticas de meus jogos são boas, e várias vezes as críticas são válidas. Mas há um monte de gente lá fora que vai odiar qualquer coisa que se torna popular, só porque é popular, e odeia qualquer um que se torna bem sucedido, só porque eles são bem sucedidos. Mas eu quero que vocês saibam que o foco no fracasso ou do sucesso de outra pessoa é a maneira errada de viver. As pessoas fazem vídeos ofendendo outras pessoas, são como as pessoas que vão a uma praça pública e gritam em um travesseiro. Eles vão chamar a atenção, mas não vai mudar nada. Se você se esforçar para ser como essas pessoas, então você vai gastar a sua vida gritando em um travesseiro, e sua vida não vai significar nada.

Os melhores e-mails que recebo são de pessoas que optaram por seguir com desenvolvimento de jogos por causa dos jogos que fiz. Pessoas que odeiam o sucesso dos outros nunca serão bem sucedidas. Concentre-se em seu sucesso, e sua história. As pessoas sempre me perguntam o que recomendo na faculdade. Minha resposta é apenas para ir em frente, pratique. O importante é chegar á faculdade, estudar muito, e tentar ser incrível no que faz. Certifique-se de que você terá uma grande história de sucesso no próximo ano. Não cair no poço de pessoas que desistiram de fazer algo de si mesmas, e tenha certeza de fazer tudo para si mesmo.

Estou ficando velho demais para isso. E quando eu me aposentar algum dia, bom eu vou querer sentar-me em frente a um computador e jogar seus jogos, ler as suas histórias, assistir seus vídeos e ouvir as suas músicas. Não deixe que as pessoas que desistiram façam você desistir. Amanhã você será a grande estrela :)."

Legal a forma educada que ele reagiu né? Nem todos aguentam muito desaforo, quem não lembra do desenvolvedor que xingou a steam inteira e ainda colocou uma foto de um cocô na página do jogo dele? Uahahaha, então não é qualquer um que aguenta certos desafores e consegue responder sem estar muito levado pelas emoções não.

Uma curiosidade é que no começo de 2015 um streamer chamado Dawko fez uma transmissão no Twitch e pediu por doações para uma instituição de caridade. Ele disse que queria chegar a 15 mil dólares e a instituição que receberia o dinheiro iria ser a St. Jude, que é especializado em ajudar crianças com câncer. As doações chegaram a 7 mil dólares do povo que assistia, e então Scott Cawthon chegou e fez uma doação de 250 mil dólares.

Mas se você não gosta de ursos macabros e prefere ursinhos cheios de ação que seguem uma menininha armada, uma opção é o agitadíssimo Finding Teddy 2! Ò___Ò

8 comentários:

Leon Cotocso disse...

as vezes a gente tem que parar e reaprender o que e obvio.

Mr. Reborn disse...

TOMA HATERS DE FNAF!!!!!!!! TOMARAM NO **!
e é sério... que texto!

Gabriel Villar disse...

Muito boa a resposta do Scoot! Deu um "turn a down for what" em muito hater babaca. O estilo do jogo não me atrai muito mas nunca critiquei o trabalho que ele fez pois queria eu poder desenvolver um game nesse nível.

New El disse...

Sr. Kist você foi citado em uma postagem do Sky, comemore, esse é o sonho de muita gente.
Sobre o post. Eu ñ sabia sobre esse trabalhos do Scott, realmente uns trabalhos bem ruinzinhos...

Matt Kist disse...

Fui "summonado" neste post? Hehehe
Olha Sky, quando você postou aquela matéria do filme em live action, ainda não tinha saído o FNAF 4. Eu ainda não joguei, mas acho que finalmente foi lançada uma continuação decente para a franquia, em uma perspectiva diferente, dessa vez no quarto de uma criança que deve espantar os "monstros" com sua lanterna, parece bem interessante.
Porém, é o que eu disse, antes do FNAF 4 existir, se você tivesse jogado qualquer um dos 3, você jogou todos. o FNAF 2 e FNAF 3 não contribuem, na minha opinião, para a franquia. E o FNAF em si, é um joguinho válido, valeu pela tentativa e obrigado por existir, mas não passa de um joguinho com uma mecânica simples que parece que só foi evoluída no quarto jogo da série.

Sempre vou achar o FNAF 2 e FNAF 3 como sendo jogos que só existem com o intuito de vender mais do mesmo. E quanto ao FNAF 4, só vou ter certeza de que é bom depois que eu jogá-lo. Espero de coração que seja um jogo com uma mecânica evoluída em relação aos outros... está custando 15 dilminhas no Steam... e se me arrepender com esse também, ah, daí vou mandar providenciar uma carteirinha nesse clubinho aí dos haters de FNAF!
Será que esse clubinho tem desconto na Steam? o.O

Bem, estou louco para saber a sua opinião sobre esse joguinho Sky. Jogue o primeiro, se divirta, comece a jogar o segundo e quero ver se você chega no terceiro jogo sem desanimar com a mecânica.

Fico no aguardo dos reviews dos jogos. =D

Skywalkerpg disse...

Ah eu não sei se vou jogar logo não, estão na lista até, mas não estou no clima. Muitos jogos realmente dependem do clima pra eu jogar e esse é um dos casos hahaha. =D

alex5432 disse...

Não sou hater da série mas sempre a critiquei, digo, porque será que um jogo tão simples conseguiu ser tão famoso? O que tem demais? Nem assusta. Não digo que se tu achou o jogo bom quer dizer que você tem mal gosto, ou que é um medrosinho, mas sei lá, é muito previsível e óbvio o que ai acontecer, e muito menos acho que seja interessante continuar a jogar depois que tu zera uma vez, quase não consigo imaginar você conseguir terminar de jogar depois que passou uma noite... afinal a mecânica é a mesma em todas as noites, a única coisa que muda é a velocidade em que os acontecimentos são executados fazendo com que você se ferra com mais facilidade.
Concordo com o Matt, o primeiro jogo até é valido, mas o 2 e o 3 são o mesmo jogo apenas com skin mudadas... tipo ele não mudou nada em relação ao jogo? Sério??? O quarto pareceu ser mais interessante mas nada tão bom, e continuaria com o mesmo problema de ser repetitivo e óbvio...
Um youtuber que acompanho jogou, e ele é cagão, tem medo de quase qualquer jogo de terror, mas quando jogou FNAF, ele não teve reação alguma, ele não se assustou, e muitos ficaram bravos com ele por causa disso, e eu fiquei tipo: WTF? O que esse povo pensa? E então ele disse que foi apenas sincero, e que não achou graça do jogo, afinal seria melhor ele ser real, ou apenas fingir que sentiu medo para agradar os inscritos? Enfim, acho que é uma franquia sem graça, não merece ser tão aclamada assim, mas também não acho que mereça haters e coisas do tipo.

Jair Carlos disse...

O problema de hoje em dia é que o acesso a informações e também a divulgação de suas próprias opiniões se tornou muito fácil. Daí que para se tornar hater é muito fácil.
Quanto o jogo, entendendo como muitos criticam, afinal gosto é peculiar de cada um.
Mas uma coisa é certa: se o jogo já está na 4 edição, é porque tem publico cativo e isso independe do que a maioria entende como 'um ótimo ou bom jogo'. Veja Flap Bird: que coisa é aquilo?
Enfim, como entusiasta de game designer e player de games diversos, gostei da resposta do desenvolvedor.