Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 5 de junho de 2015

The Messengers - Uma série sobre o fim do mundo

Hoje vou falar sobre uma série que usa um tema que eu simplesmente amo demais, que é o apocalipse. Apesar de não ser religioso, sempre fui apaixonado por muitos elementos do cristianismo e inclusive costumo escrever constantemente histórias ou bolar coisas que envolvam isso. E quando vi o anúncio de The Messengers, não pude deixar de me interessar e imediatamente quis dar uma conferida, mesmo enjoado desse tipo de trama de "pessoas que acontece algo", portanto chegou a hora de falar sobre esse seriado.

A trama apresenta um objeto misterioso caindo na terra e lançando uma onda que atinge cinco pessoas que não se conhecem, uma mãe, um pregador, uma cientista, um colegial e um procurado. Todos eles caem mortos imediatamente, gerando reações diferentes daqueles presentes ao perceberem que não tem pulso, porém alguns momentos depois ressuscitam sem explicação. A partir de então coisas estranhas passam a acontecer, pois desenvolvem habilidades especiais estranhas. Simultaneamente um homem misterioso tem uma missão e vaga deixando o caos por onde passa.

Como podem ver, essa é uma daquelas séries tunadas de clichê e os caras realmente não economizam com isso e apresentam cenas tão ridiculamente manjadas que são capazes de dar vergonha em quem está assistindo, como uma personagem chorar e a sua lágrima cair na pessoa ferida e a curar, e no primeiro episódio você já fica com o pé um pouco atrás sobre o que está sendo apresentado.

Apesar de tudo, é usada uma trama curiosa, o homem misterioso por exemplo, é um clichê que chama atenção, tem um destaque a mais na coisa. Além disso a série tem os seus momentos especiais, e empolgantes, mas passa bastante daquela sensação de que é um tanto leve demais, e que parece ter passado por um filtro para atrair o público mais jovem, mas que poderiam usar a trama de uma forma bem mais fabulosa.

Então esse é o tipo de série que acaba tendo os seus altos e baixos momentos, boa parte é bastante leve a coisa e cheia de clichêzinhos e choradeira com um draminha bem desinteressante, então chega a certos momentos e a série tem alguns picos, dando bons destaques a certas cenas, o que te mantém entretido e curioso e aos poucos vai e começa a desempolgar de novo.

Enfim, é uma série que pode ser bem agradável para quem está procurando por algo que está entre o "neutro" e o "intenso". É uma série que achei bem chatinha, mas que apesar disso sei que tem o seu público próprio, parece adequada para aquele público que está começando a ficar de saco cheio de séries tunadas de clichês, mas que ainda não está preparado para pular pra algo como The Leftovers.

Nenhum comentário: