Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 26 de junho de 2015

O coreano que se revoltou com a microsoft e quebrou tudo

Algumas pessoas acham que o Brasil tem o pior suporte do mundo em tudo e todos os outros lugares são melhores, no entanto esse pensamento é realmente um fruto do coitadismo brasileiro. Nós temos serviços péssimos em vários quesitos, no entanto por incrível que pareça para alguns, nosso país não é o centro do mundo, e existem problemas e inconveniências variadas em qualquer país do mundo.

Sendo assim, existem algumas surpresas por aí, o exemplo mais óbvio para nós é em como as empresas de video game dão um suporte de localização mais constante ao Brasil do que a Portugal. Afinal de constas é meio óbvio que o suporte deveria ser prioridade a Portugal, o país de origem da língua e ainda mais europeu, então como assim um país sul americano recebe mais dedicação que um europeu?

O negócio é que não é só porque o país é de um lugar mais pobre ou mais desenvolvido, mas sim onde vai vender, como vai vender. De que adianta investir em um país onde os habitantes tem um monte de dinheiro disponível, se não irão gastar com o seu produto? Claro, isso também varia do que você está oferecendo, tem vezes que se vende pouco, mas os compradores pagam uma fortuna e exigem o melhor, é outra coisa.

Então quando o caso são video games você encontra de tudo em todo lugar, é como os lugares que citei na matéria sobre o medo das empresas em receber o selo só para adultos, não tem esse negócio de "Só é assim porque é no Brasil", e um bom exemplo é um jogador sul coreano que entrou em fúria contra a microsoft e fez um verdadeiro estrago.

Mas antes de tudo é bom deixar em destaque que os sul coreanos não são um público assim tão lucrativo para a empresa. No lançamento do Xbox One, a microsoft fez evento e tomou um baita de um susto com as péssimas vendas no país e decidiu repensar na estratégia em cima do lugar. O problema é que parece que a empresa parece ter feito desdém total.

Esse jogador ficou irritado durante o lançamento de Batman Arkham Knight, que teve localização da língua no Playstation 4, enquanto no Xbox One a pessoa só podia jogar em inglês. Um verdadeiro desaforo, afinal de contas se a dublagem já existia, qual o problema de colocá-la no Xbox One? Ficou claro que a empresa simplesmente não estava afim de se dar o trabalho e só pegar a versão pronta em inglês mesmo.

E assim o garoto resolveu fazer um protesto, pegou seu Xbox 360 (Não, ele não pegou o XONE, foi o 360 mesmo) e uma marreta. Daí já dá pra sacar a combinação que ele fez não é? Anteriormente a empresa tinha anunciado Forza 2 e Project Spark com localização e simplesmente lançou em inglês mesmo e não justificou o motivo. Acho que o lançamento do emulador de Xbox 360 deve ter dado o incentivo final. Confiram também o desenvolvedor que xingou a comunidade steam inteira.


Um comentário:

Pablo Henricky disse...

Quem liga para Portugal?
E a M$, parece que não está nem ai, quer mais é vender seus produtos sem interesse algum em o que vão fazer com eles, que mais é que comprem seu Xone (nome feio da peste), nem que seja para quebrar, jogando no chão.