Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Entrevista com o Vampiro - O melhor filme de vampiro!

Acredito que essa obra maravilhosa não precise de apresentações, mas chegou a hora de fazer uma análise sobre um dos filmes que sei que sempre vou assistir de novo e de novo enquanto viver, essa é uma daquelas obras que marcaram minha vida e que não importa se já sei a história, a atmosfera criada é tão intensa, que assisto novamente para sentir mais uma vez. Em geral a maioria dos filmes eu apenas assisto e mesmo adorando, não penso em ver novamente tão cedo. Então vamos lá!

A história tem um ponto de partida com um vampiro chamado Louis e que busca por mais uma vítima, mas aquele que seria apenas mais um entre muitos acaba lhe chamando a atenção e assim o vampiro decide contar-lhe sobre sua vida. E assim ele passa a explicar tudo, desde quando ainda era um humano no século XVIII e como acabou se tornando o que é, além de sua história através dos séculos.

Eu fico sem palavras para descrever o quanto esse filme é perfeito e sem sombra de dúvidas o melhor filme de vampiro que já assisti, feito com um clima diferente, transmitindo uma visão bem mais intensa da coisa. Por muito tempo maioria dos filmes de vampiros assumia basicamente dois formatos, o primeiro da criatura louca que mata todo mundo sem parar porque é mal, e o segundo dos caçadores estilosos de vampiro. Daí o tempo passou, vieram os vampiros românticos e tal... Mas em entrevista com o vampiro a coisa é mostrada na visão de uma criatura amaldiçoada tentando se encaixar na sociedade.

A maneira em que as coisas são constadas é incrível demais, o fato de ser em uma época sem tecnologia, dá um certo estilo a mais. Existem dois personagens principais, o primeiro é o Louis, que se sente completamente arrasado e em uma vida de maldição, tentando entender como sobreviver sem causar desgraça a vida dos outros, e o outro é Lestat, aquele que o transformou e que se tornou obcecado por Louis, ele é bem diferente, completamente conformado com sua vida e bastante sádico, mas ao mesmo tempo se esforça para manter Louis vivo.

É simplesmente fabuloso demais ver os personagens indo da glória ao submundo, vivendo estilosamente em uma grande mansão e caindo em desgraça tendo que sugar sangue de ratos para conseguir sobreviver. Também é apresentada uma série de eventos curiosos, como por exemplo o encontro com uma garotinha que perdeu a mãe e que por pena, Louis acaba por transformá-la, mas esse ato de piedade acaba por pesar com o passar dos anos e a garotinha inocente mesmo que em um corpo de criança, passa a depender de sangue para sobreviver e sua mentalidade envelhece (Que só por curiosidade, é interpretada pela mesma atriz que fez a Mary Jane na trilogia original do Homem Aranha).

E por falar em elenco, nossa os caras realmente não quiseram economizar nem um pouco nele, Louis é interpretado por Brad Pitt, Lestat é interpretado por Tom Cruise e ainda vemos vários outros rostos conhecidos como Antonio Banderas, Stephen Rea e Christian Slater. O filme é longo, com um pouco mais que duas horas de duração e é mostrada o passar dos anos, fazendo assim com que alguns personagens vão surgindo e indo, alguns morrendo... É algo realmente bonito de se ver, bem marcante mesmo. Foi baseado no livro da Anne Rice, que por sua vez faz parte de uma coleção de livros e assim apresenta um universo muito maior.

Enfim, esse é o tipo de filme de vampiro que mostra as criaturas da noite de uma maneira intensa e mais sólida, chega a fazer muitos outros filmes de vampiro parecerem trash, certamente uma obra inspiradora e que merece ser assistida, então se você nunca viu, vale a pena!

4 comentários:

Miya Seat Lee disse...

Com certeza o melhor filme vampírico já feito e vai ser difícil para outro filme conseguir superá-lo!
Dos livros da Anne Rice, o que melhor nos faz compreender a magnitude da estória é, com certeza, "O Vampiro Lestat", que é estupendo!
Sem sombra de dúvida, um filme para assistir para sempre! Admito, inclusive, que está sempre no meu celular para assistir quando o mundo está um saco!

Dominique#JB disse...

Eu esperei por esse post desde o dia em que conheci o blog, e com certeza é a melhor história vampiresca, tanto em livro como em filme. A sequência, O vampiro Lestat, também é um livro incrível, como todos da Anne Rice. O talento dessa mulher é tão fantástico que bate facinho o tão famoso Drácula. E o melhor é que o filme não choca, então qualquer pessoa, até aquelas sensíveis que nem eu podem ver sem problema <3
A propósito, o Vampiro Lestat também tem sua adaptação em filme, mas foi feito por fãs, por isso não foi tão difundido :/

Agelus disse...

O clima desse filme é único mesmo. Vou até rever aqui =D.

Juan Rodrigues disse...

Não vejo nenhuma graça nesse filme, achei Byzantium bem melhor