Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 21 de março de 2015

Illuminatus! - Os livros que deixaram muitos paranóicos

Algo muito comum em nossa cultura é o povo da teoria da conspiração, todo mundo já ouviu alguma, elas estão por toda parte! É algo que se vem da infância, quando somos mais impressionáveis e acreditamos em tudo, depois crescemos e começamos a pensar melhor sobre o assunto. Para alguns de nós parece bem óbvias e lógicas certas conspirações, enquanto para outros todas são um absurdo completo, e hoje vou falar sobre uma adaptação para quadrinhos de algo que muito vai interessar aos que se interessam por conspirações.

Existem diversas obras que sugaram muitas ideias de obras que não são tão conhecidas assim, um bom exemplo são os Mitos de Cthulhu, que são completamente desconhecidos por muitos, mas que influenciaram fortemente em diversos elementos da cultura pop, e vez ou outra acabamos nos deparando com alguma dessas obras. E se você for investigar esse monte de teorias da conspiração e começar a cavar mais e mais, uma fonte que costuma aparecer sempre são os livros conhecidos como "The Illuminatus! Trilogy", é realmente um marco no mundo dos conspiracionistas.


Já cheguei a falar mais detalhadamente sobre a trilogia aqui quando fiz a matéria sobre o polêmico jogo de cartas illuminati que previu o futuro, já que foi um jogo que sugou diretamente o conteúdo dos livros. Mas foi apenas uma das obras, em geral é bastante comum ver coisas relacionadas e que nem sempre sabemos, por exemplo Assassin's Creed é constantemente louvado pela sua história de conspiração bem trabalhada, mas apresenta muito do que é visto nos livros, assim como um dos criadores do seriado LOST, Damon Lindelof, confirmou que a trilogia foi uma das fontes de inspiração, o filme "Número 23", entre outras obras.

Apesar disso os livros não foram fonte de inspiração apenas para obras de ficção, a ideia original era pegar um monte de conspirações já existentes na época em que foi lançado o primeiro livro (1975) e juntar toda aquela loucura em uma só história, gerando uma grande conspiração global, encaixando cada ponto e assim fazendo com que ficasse uma trama bem trabalhada e lotada de detalhes. Mas o resultado para muitos foi praticamente como a "Bíblia da teoria da conspiração", de onde muitos sugam e usam os temas apresentados, e até mesmo enxergam como pura realidade.

Infelizmente a trilogia não foi lançada no Brasil e se tornou uma obra cult inédita em muitos países, e com a dificuldade de muitos em falar inglês, se tornou algo bem inacessível. Mesmo assim houve também uma tentativa de adaptação para quadrinhos que inclusive chegou a ser vendida, mas acabou por se tornar algo underground também e de difícil acesso.

A adaptação ocorreu nos anos 80, sendo preparado por quatro anos e finalmente tendo o primeiro volume lançado em 1987. As vendas foram boas e inclusive ocorreu uma segunda tiragem com algumas coisas melhoradas e que tinha como bônus uma carta de Bob Shea, um dos escritores da trilogia, onde dizia que a adaptação estava muito boa e conseguiram passar bem a alma do negócio.

Demorou muito pra sair a segunda edição, apenas em 1990 foi liberada ao público, já a terceira surgiu mais rapidamente em 1991. A quarta edição não chegou a ser publicada e apenas cópias de algumas páginas chegaram a ser distribuídas desde então em eventos relacionados a quadrinhos, mas é aquele tipo de obra perdida no tempo. Um detalhe interessante é que também foi revelado que houve um prólogo que não foi vendido, mas que aumentava ainda mais a atmosfera.

Cada edição tinha foco em um personagem e como ele se envolvia na grande conspiração que estava acontecendo, e seguindo essa lógica, foi deduzido que a ideia original era de haver dez volumes, cada um apresentando um dos personagens dos livros. As tramas apresentavam um monte de elementos conspiracionistas e grupos esquisitos em geral, então era possível ver coisas como os Illuminati, os Discordianos e outras coisas estranhas.

Enfim, hoje em dia é bastante difícil de se encontrar e somente em inglês, mesmo assim para aqueles que não tem como ler uma trilogia em inglês, facilita bem mais traduzir balões de fala em quadrinhos e assim acaba valendo a pena tentar conseguir para sentir um pouco do clima apresentado. Os livros da trilogia geraram muita paranoia, por mais que satirizassem exatamente a loucura urbana, e há diversas teorias hoje em dia sobre aquele conteúdo ter sido feito para confundir.

Nenhum comentário: