Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 22 de março de 2015

Creepshow - O filme de George Romero e Stephen King

Essa é uma daquelas obras que é muito comum pessoas assistirem por acaso de madrugada quando acabam ficando sem o que fazer e veem que tá passando um filme de terror na televisão. Normalmente é bem fácil achar alguém que já viu, apesar disso também é o tipo de obra que mesmo apresentando histórias espetaculares, é mais lembrado com um "Eu já vi uma história assim... Em um filme lá..." do que lembrado pelo próprio nome, isso por se tratar de uma coleção de curtas e não apenas uma história, o que torna um pouco mais difícil de lembrar o nome do conjunto inteiro. Mas esse realmente vale a pena lembrar por sua grandiosidade.

Existe uma história principal apresentando uma noite de dia das bruxas em que o pai de um garoto pega a revista em quadrinhos que ele está lendo e leva para depois jogar no lixo, pois trata-se de uma revista em quadrinhos de terror chamada Creepshow e isso faz com que o homem considere inapropriado, o garotinho fica movido pelo ódio, mas não tem o que fazer, além de desejar a morte do pai (Educativo, não?) e lá fora enquanto o vento bate nas páginas, histórias começam a se revelar, que são os curtas do filme.

Esse formatinho de histórias de terror que surgem das páginas de uma história em quadrinhos se deve a uma homenagem que os criadores decidiram fazer a histórias em quadrinhos de terror muito populares nos anos 50, como por exemplo House of Mystery, House of Secrets, The Witching Hour, Tales from the Crypt, The Vault of Horror e The Haunt of Fear.

O filme é antigo pra caramba, do longínquo ano de 1982, e uma das coisas que atrai bastante, porém acaba não sendo muito popular, é o fato de que surgiu a mente de dois mestres, Stephen King, considerado o mestre dos livros de terror e que ficou responsável pelas histórias, e George A. Romero, adorado por muitos pelos seus tantos filmes de zumbis como Madrugada dos Mortos. O resultado não tinha como ser outro, um terror estiloso e um baita toque gore nos efeitos especiais.

Sem contar com a história principal, o filme conta com quatro contos que variam bastante, indo desde ficção científica, até histórias de vingança. Isso faz com que seja uma boa dose de climinhas sombrios apresentados em diversos aspectos e que o torna perfeito para aqueles momentos em que você quer apenas se divertir com algo "malvado".

Enfim, se você nunca assistiu, realmente vale demais dar uma conferida, é um filme bastante inesquecível, ainda mais se você for assistir com os amigos, pois aí vale a pena também pegar o filme de 1987 Creepshow 2, que também é escrito por King e dirigido por Romero, usando o mesmo estilinho do primeiro. Agora vejam o trailer fantástico:

2 comentários:

Otaku_Sensei disse...

achei seu blog por acaso, li praticamente um pouco de todos seus tipos de matérias, desde 'animes e mangas' até 'área secreta'.
Impressionante quase nenhuma das suas postagens não ter um comentário critico sobre suas análises, você é muito FODA!
haha" curti muito seu blog, principalmente algumas matérias cyberpunks e rpgistas old school.
Continue com o trabalho cara!

Skywalkerpg disse...

Olá, seja bem vindo! Fico feliz que tenha gostado do blog! *-*