Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Conheça as diferenças entre a HQ e a série The Walking Dead 5ª temporada - Episódio 09

Hoje vou fazer uma análise comparativa de mais um episódio de The Walking Dead em relação a revista em quadrinhos, se você ainda não tiver visto, recomendo dar uma olhada no episódio anterior primeiro.

Eu adorei esse episódio, super filosófico, tocante, ficou realmente uma coisa muito artística, sei que os fãs de ação ficam muito frustrados, mas acho que um dos toques especiais de The Walking Dead é exatamente o de excluir o padrão tiroteio infinito com grupo de sobreviventes que vai morrendo aos poucos, e colocar o toque drama na coisa, a parte humana, o sofrimento de estar vivendo isso, e não aquela mesma fórmula que todo santo filme usa.

O episódio começa de maneira bem confusa, apresentando um monte de cenas aleatórias e personagens mortas. Esse tipo de apresentação confusa já foi mostrada algumas vezes no seriado, mas saibam que é algo próprio dele, nos quadrinhos não é uma coisa que costuma acontecer, até mesmo pelo tipo de mídia, aquilo é um tanto cinematográfico e seria um pouco difícil de passar a mesma atmosfera na HQ.

Após a abertura, vem a cena do grupo indo para o lugar onde Noah morava, como esse é um dos personagens que não aparecem nos quadrinhos isso não acontece também. A coisa mais parecida até então, foi no começo da HQ, onde o grupo chega a um condomínio fechado nesse mesmo estilo, é época de neve e está tudo congelado, mas o inverno está acabando e as coisas estão descongelando já, eles entram vendo que tudo está muito calmo e ficam felizes por acharem um lugar bom e cercado para viver, com várias casas vazias. Mas no fim da edição, é mostrado o lado de fora o gelo derretendo do muro na entrada e então uma mensagem escrita sendo revelada "Não entrem, está infestado de zumbis!".

Já aqui, acham o condomínio já infestado, e não creio que seja uma real referência ao dos quadrinhos, porém é o mais parecido de lugar abandonado e fechado. Fora isso, acham um outro condomínio mais pra frente na HQ, mas aí já é outra coisa, que por enquanto é melhor não falar sobre, pois pode conter spoilers.

Depois disso tem a morte de Tyreese, achei bem fantástica, gostei mesmo, diferente da morte dele nos quadrinhos, que basicamente é a morte que Hershel teve, o Governador corta a cabeça dele. É inclusive curioso o Governador aparecer na alucinação do personagem aqui, já que na HQ, ele também está nos momentos finais de Tyreese. E já que morreu, vou aproveitar pra falar um pouco dos feitos dele. Não gostei nem um pouco do fim do personagem na HQ, pois ele é realmente muito foda, inclusive já caiu na porrada com o Rick, e os dois ficaram muito quebrados e sem se falar por um tempo, pois Rick quase morre quando acidentalmente Tyreese o derruba de uma das plataformas da prisão. Esse personagem também ficou preso em um dos galpões da prisão e matou todos os mortos do lugar sozinho, o que foi uma surpresa pois quando ele fica preso, você pensa "Já era..." e aí depois quando abrem de novo o galpão pra limpar o lugar, tá lá ele sozinho e uma pilha de corpos. Então ele foi um personagem marcante demais, na série eu o acho meio chorão.

Depois da mordida vem as tentativas de salvar o personagem, mas acaba falecendo, amei muito aquelas cenas, a música calma, a sensação de tontura com os personagens saindo desesperados, Glenn tentando tirar o pé dele preso no arame, o tiroteio super estiloso em câmera lenta no portão de entrada com a zumbi que leva um tiro nas costas, e logo depois tem o rosto explodido por um segundo tiro, e aquele final tão triste deles descendo do carro e retirando o corpo, para então mostrar o que significavam aquelas cenas e falas aleatórias no começo do episódio. Adorei, e vocês?

Veja a comparação entre o próximo episódio>>>

Nenhum comentário: