Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A ordem hermética da aurora dourada

O ocultismo é algo muito comum na cultura humana, enquanto normalmente a maioria de um povo segue determinada religião ou algo do tipo, há aqueles que procuram seguir caminhos alternativo, adorando entidades diferentes e naturalmente bem mais misteriosas. Obviamente é algo que também é visto por muitos com mal olhos, mas é inevitável não causar curiosidade, e hoje vou falar exatamente sobre uma dessas sociedades, a “A Ordem Hermética da Aurora Dourada”.



Quando se fala em ocultismo, muita gente vê automaticamente como algo relacionado ao satanismo cristão, mas esse é um pensamento bem errado, visto que diversas crenças nada tem a ver com o cristianismo, inclusive muita coisa veio bem antes do que o cristianismo. Esse pensamento parece ser mais como uma forma de defesa do tipo “Se não faz parte do que sigo, e obviamente o que eu sigo é certo, então é claro que estão seguindo a parte sombria da minha religião, ou seja, adorando Satanás!”, mas tem pessoas que realmente nem pensam no diabo ou qualquer coisa cristã, apenas seguem regras diferentes para crenças diferentes.

Para alguns pode ser inclusive estranho imaginar que hajam pessoas que REALMENTE acreditem em certos rituais que fazem e entidades que seguem, pois pode ser um pouco complicado se colocar no lugar de alguém assim, que imagine uma realidade espiritual completamente diferente, onde não haja o paraíso cristão, mas sim outro tipo de lugar e a pessoa leve de verdade a sério aquilo, acredite de coração que vá pra lá. O que de certa forma não deixa de ser verdade, já que o ocultismo é algo que pode ser atraente e apenas uma fase pra muita gente, que no fundo não acredita de verdade, apenas está curioso e logo cai fora. No entanto existem aqueles que realmente acreditam, algumas pessoas nasceram e foram criadas e educadas sobre ocultismo.

Desde sempre isso aconteceu, pequenos grupos que se reúnem, em determinadas épocas da história da humanidade essas pessoas tiveram que se esconder para seguir suas crenças, e até mesmo hoje em alguns países é preciso fazer às escuras. E sempre vai ter essa gente por aí, algumas crenças duram pouco, outras duram milênios.

Durante o século XIX, o ocultismo ocidental estava bastante pálido, enquanto diversos elementos orientais cada vez pareciam mais charmosos, como por exemplo Shangri-La, e na década de 1880 houve um movimento em resposta a isso, procurando revigorar diversos elementos ocultos ocidentais, surgindo assim a Ordem Hermética da Aurora Dourada.

Esse foi um verdadeiro marco histórico para o ocultismo porque reunia diversos rituais e ensinamentos de crenças ocultas variadas e era algo muito bem estudado e adaptado. Essa ordem valorizava muita coisa e as utilizava de uma forma harmônica o suficiente para atrair variados tipos de pessoas, sendo a maioria da classe média. Na década seguinte surgiu o primeiro templo, seguido por outros sete. Para aqueles que se sentem melhores em ter crenças relacionadas ao universo e harmonia com a natureza, isso foi muito bem vindo e puderam se sentirem casa, sentir que estavam seguindo algo mais "puro", que os conectava diretamente ao universo.

A coisa era bem incrível, pois praticamente era uma escola de magia, valorizando o universo e que exigia muito estudo das pessoas e apresentava coisas que tinham muita lógica. Então imagine de repente você participar de uma sociedade que faz rituais mágicos realmente bem trabalhados e com filosofias que te fazem grande sentido? Muitos ficaram fascinados.

Apesar disso, a ordem começou a sofrer bastante com problemas internos envolvendo o poder, e isso levou ao seu fim no começo do século XX, mas ela não acabou de vez, ao invés disso se quebrou em várias outras ordens, que continuam surgindo até hoje, sendo assim extremamente influentes e com diversos grupos que se dizem a verdadeira continuação da ordem original, inclusive com trabalhos muito bem elaborados também.

Existem ordens que seguiram mais para o lado da ciência e hoje em dia misturam ciência e magia, exigindo profundos estudos de seus membros. Claro que é algo que pode ser visto como bobagem para muitos, mas se você pensar bem, para pessoas da era medieval, a energia elétrica hoje em dia poderia ser vista como magia facilmente. Então algumas ordens estudam aspectos do universo e relacionam a ensinamentos mágicos, algo semelhante ao que a Criptozoologia em relação a animais sobrenaturais.

Um detalhe interessante é que muitos dizem que essa acabou se tornando uma sociedade secreta, e das bem sombrias. Isso porque um dos motivos de seu fim, foram várias denúncias em relação aos seus rituais, e também a membros nada bem vistos pela sociedade, como por exemplo, Aleister Crowley, que é considerado como o “Homem mais perverso do mundo” e foi um membro ativo.

Enfim, a influência dessa ordem foi muito intensa e hoje em dia continua a influenciar, é visto por muitos como algo bastante maligno, e por outros como um verdadeiro símbolo revigorante em relação a “comunidade mágica”. Eu acho que há toda uma beleza nisso, me faz sempre lembrar obras que tanto amo relacionadas a magia de uma forma pura. Mas e vocês, como se sentem em relação a essas comunidades mágicas que seguem de forma realmente séria as coisas por aí? Acham que é coisa do capeta? Acham atraente? Ou tem outra visão? Agora vamos terminar a matéria com um climinha sonoro mágico:

Um comentário:

Miya Seat Lee disse...

Realmente, várias vertentes rosacrucianas, que são mais conhecidas, e algumas outras sociedades mais fechadas, se dizem uma ramificação direta da Gonden Dawn, o que em si, não quer dizer tanta coisa assim, já que a Golden Dawn era mesmo um grande apanhado de várias coisas. Entretanto, surgiu em um momento muito propício e por isso foi tão bem recebida. Hoje seria bem diferente!
Essa relação entre magia e ciência é mesmo bastante intrínseca. Várias descobertas científicas contemporâneas acabaram confirmando algumas crenças pagãs. Paracelso foi um grande estudioso e as pessoas, por muito tempo, só o viam como um bruxo. Algo que sempre achei interessante é a relação de algumas narrativas de Carlos Castaneda x Teoria das Cordas.
O que é oculto acaba causando medo puramente por estar oculto. Talvez a humanidade nunca amadureça de fato para compreender que questionar não é pecado e permaneçam ovelhas para sempre.