Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 7 de dezembro de 2014

Você sabe o que é Cliffhanger? Talvez você esteja preso em um sem saber!

Cliffhanger é mais um daqueles termos em inglês que são referentes a um certo elemento muito comum na cultura pop, mas que nem todo mundo sabe exatamente o que diabos se trata essa bagaceira. Acredito que não exista uma tradução exata para o que significa, mas basicamente é estar pendurado em um penhasco, ou seja, se cair, já era!

Mas indo ao ponto Cliffhangers são aqueles momentos espetaculares que vemos em uma história e que acontece de uma maneira surpresa. Aquela parte em que o mocinho que tanto sofreu na vida, finalmente está de volta ao reino onde todos o humilharam, mas agora ele está seguro, pois o próprio rei do lugar o apoia e você pensa "Caramba, agora todos vão pagar pelo o que fizeram a ele, pois o fodão o ajudará!", mas aí no último momento chega alguém e simplesmente decapita o rei, e bem nessa hora, a história dá uma pausa com o mocinho olhando com cara de assustado.

Então basicamente é aquele momento crucial em que você não tem ideia do que vai acontecer, que você sabe que a coisa ficou muito feia e somente vendo a continuação, você vai saber o que acontecerá. Esse tipo de técnica não é usado em um tipo exclusivo de mídia, mas está presente em tudo quanto é história, e não há também exclusividade para um determinado ponto. Novelas por exemplo, adoram por no final de cada episódio um cliffhanger, alguns bobos, outros que fazem as donas de casa vibrarem "Ahhh, aquela vagabunda agora finalmente vai se dar mal, porque a Lucelma estava no shopping exatamente quando essa mocreia tava tentando seduzir seu homem!". Mas pode acontecer em séries, livros, filmes, e qualquer outro tipo de mídia que conte histórias.

Há também os cliffhangers sacanas, que são colocados bem no final de uma obra, seriados por exemplo, quase sempre terminam com cliffhangers para te inspirar a assistir a próxima temporada. Infelizmente as vezes isso é um abuso, pois séries são canceladas aos montes e produtores quase sempre cometem a incompetência de permitir que isso seja colocado, sem saber se a série será renovada e as vezes simplesmente ficam sem fim. Outros são mais competentes e criam um final alternativo, assim quando estão chegando ao último episódio da temporada, eles decidem qual final irão colocar, e há também aqueles que criam um final para a temporada, mas ao mesmo tempo criam um Cliffhanger, para puxar uma nova história. A mesma técnica é usada em livros e filmes, mas esses são mais seguros de se ter uma continuação.

Um erro comum é confundir cliffhanger com reviravolta, isso porque nem todo cliffhanger é exatamente uma reviravolta na coisa, pode ser só um momento crucial, e até mesmo já ter sido previsto, pode ser aquela coisa que durante a história toda você saiba que vai acontecer, e quando finalmente acontece, você vibra por ter chegado a hora, não precisa. Mas em geral reviravoltas são cliffhangers, pois causam essa sensação. Ou seja toda reviravolta é um cliffhanger, mas nem todo cliffhanger é uma reviravolta.

Enfim, é isso aí, fica mais um termo americanizado para você que gosta de ser descolado e surpreender os seus amiguinhos da escola com o seu fantástico palavreado de cultura inútil. Ò_Ò

3 comentários:

Miya Seat Lee disse...

Adorei! Achei super útil e com certeza vou utilizar com meus coleguinhas na escola!
Nunca mais verei Lucelma e mocréia se encontrarem no shopping, sem lembrar do cliffhanger!

Bruno Arce disse...

O segundo parágrafo por algum motivo me lembra Game of Trhones

Daniel Batista disse...

Tinha um monte desses quando eu assistia Prison Break, era toda hora "ah o cara não dorme então não dá pra cavar", "Ah vão descobrir o buraco na sala de descanso dos pm", "ah 50 mil pessoas descobriram o plano e querem vir junto".