Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

May’s Mysteries: The Secret of Dragonville

Esse é um daqueles jogos que tem um grande toque de inocência e acaba sendo perfeito para se introduzir um irmãozinho mais novo ou priminho ao mundo dos jogos. Além disso consegue ser realmente divertido com seus quebra-cabeças constantes que colocam um pouco de desafio a coisa. Não é um jogo voltado para o público hardcore, mas que certamente pode ser um belo passa tempo, com a única desvantagem em ter apenas o inglês como opção língua, e sendo obrigatório ter no mínimo o nível intermediário.

A história apresenta um casal de irmãos que viajam em um balão com um adulto auxiliando conduzindo o veículo, no entanto com a chegada de uma tempestade, ele acaba caindo e o balão perde o controle, indo parar no chão, deixando a garota desmaiada. Apesar das tentativas de acordá-la, o irmão não consegue e assim parte para procurar ajuda em uma cidade próxima. Ao despertar, a menina vê uma carta deixada e vai atrás, mas ao chegar a cidade, logo descobre que o lugar não é de confiança.

Como podem ver, apesar de ter uma trama desenvolvida, ela é relativamente seca, sendo assim bastante suave para crianças, e realmente sendo perfeita para se jogar com um irmão menor ou algo assim. Apesar de eu não ter jogado com a minha priminha que mora aqui em casa, durante a jogatina eu só imaginava lendo e traduzindo os textos pra ela.

A jogabilidade é de do gênero point and click em primeira pessoa com ambientes estáticos, então você é colocado em lugares onde pode ver o cenário todo, mas não o seu personagem, e também não é possível mover a câmera. Para ir a outros lugares, há setas indicando o lado, quando você clica nelas, um novo lugar aparecerá. Cada ambiente tem os seus elementos de interação, seja outros personagens, objetos para serem coletados, ou mesmo elementos do próprio cenário que precisam de interação.

Existem vários tipos de puzzles, alguns realmente muito gostosos de se jogar, e é notável que existe um toque educativo na coisa, como os quebra-cabeças de matemática. Mas há aqueles que acho que para qualquer idade acaba sendo divertido, como os de música que você tem que ouvir o ritmo e apertar os botões do mouse na hora certa, acompanhando as notas, esse tipo de quebra-cabeça inclusive me deixou cantarolando por um bom tempo.

Graficamente o jogo é razoável, tenho que assumir que os traços não me impressionaram, mas são decentes, lembram bastante os desenhos usados em livros infantis, e há também apresentações com leves animações que são mostradas em quadros que surgem no meio da tela e deixam você ver as coisas acontecendo.

Enfim, certamente May’s Mysteries: The Secret of Dragonville é um jogo legal, mas para o público certo. Sendo assim essa é uma opção que você pode deixar reservada para aqueles momentos em que você estiver querendo fazer alguma criança começar a gostar de jogos, porém é preciso saber um pouco de inglês, pois o jogo REALMENTE usa essa língua para se resolver os problemas. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial.

Nenhum comentário: